Total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Porto Alegre avança na preparação das oficinas de Turismo Criativo para o Acampamento Farroupilha da Copa



Prosseguiu nesta semana a preparação das pessoas que irão trabalhar na recepção dos visitantes do Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa 2014,  que acontecerá a partir de 11 de junho, em Porto Alegre. Realizada pela Escola Social de Turismo, da Secretaria  Municipal de Turismo (SMTUR), as palestras ocorreram na terça-feira, 15, e na quarta-feira, 16, na sede da  1ª Região Tradicionalista, no bairro Tristeza.

Cerca de 120 representantes de entidades tradicionalistas participam da iniciativa nas duas noites quando receberam noções básicas sobre hospitalidade e bem receber, a importância da atividade turística e sua cadeia produtiva, além de informações atualizadas dos principais atrativos da cidade.

A motivação do pessoal dos piquetes é grande, principalmente diante da possibilidade de mostrar a cultura gaúcha para pessoas de todo o mundo que estarão em Porto Alegre para a Copa.  “Divulgar o trabalho realizado pelo nosso piquete é o que nos anima”,  ressalta Eduardo Santos, do Piquete Campo a Fora.

No ano passado o grupo participou do projeto “Turismo de Galpão”, desenvolvido no Acampamento Farroupilha pela SMTUR em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, a 1ª Região Tradicionalista e Fundação Cultural Gaúcha. Dentro do conceito do Turismo Criativo proposto pelo projeto, onde o visitante interage com a cultura local, o piquete realizou oficinas de confecção de cestas a partir da palmeira nativa.
Essa preparação também está sendo de grande aproveitamento para Salete Trindade, do Piquete Tropilha Crioula. Responsável pela parte de gastronomia do piquete, ela buscou formas de se comunicar melhor com os visitantes. “Dicas de como apresentar os nossos cardápios para os estrangeiros são detalhes importantes que precisamos saber”, disse Salete.
Certamente irá  ajudá-la a conquistar esses objetivos a distribuição , durante o curso,  de  exemplares dos Guias Básicos de Idiomas, série editada pela SMTUR em português/inglês e português/espanhol, que apresenta vocabulário e diálogos simples e básicos para a comunicação com estrangeiros.

Além do tema recepção e bem receber, a qualificação compreenderá ainda os módulos segurança alimentar, gestão ambiental, segurança do visitante e formação do gaúcho. Ainda neste mês ocorrerão novos workshops dias 29 e 20. Até meados de maio, terão sido capacitados 350 integrantes de piquetes.

Diferencial - Na edição especial do Acampamento Farroupilha durante o Mundial, todos os 86 piquetes tradicionalistas irão realizar oficinas e atividades estruturadas dentro do conceito do Turismo Criativo. Aprender a assar a carne à moda gaúcha, experimentar ou conhecer os detalhes da indumentária da prenda ou do peão, ou ainda informações sobre a procedência das danças gauchescas, por exemplo, é o rico material que será trabalhado nas oficinas estruturadas para turistas durante o Acampamento.
“A maioria das nossas danças veio de fora, possuem raízes na Europa, e certamente a historia de como elas vieram parar em nossos galpões  irá atrair o interesse do turista estrangeiro”, destaca Elomir Malta, Conselheiro do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Para Malta, a gastronomia também deverá ser um atrativo especial, dentro do conceito do Turismo Criativo. “ Comer churrasco o turista pode fazer em qualquer restaurante, mas degustar a carne e aprender a preparar o fogo, a diferença entre a brasa do carvão ou da lenha, tipos de churrasqueiras ou o sal utilizado, por exemplo, o visitante só encontrará no nosso acampamento”, completa o tradicionalista. A montagem do Acampamento Farroupilha Extraordinário começa no dia 23 de maio.
 

Nenhum comentário: