Total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Claudio Magnavita, é o novo secretário de turismo do Estado do RJ

Foto-Cláudio
Setur-RJ terá gestão participativa com trade turístico
O Governador Luiz Fernando Pezão nomeou, nesta quinta-feira, 10/04, Claudio Magnavita como novo Secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro. Jornalista, 54 anos, especializado em turismo e aviação ocupava o cargo de Subsecretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, para o qual foi nomeado em maio de 2013. É conselheiro titular do Conselho Nacional de Turismo - CNT, do Ministério do Turismo, do qual integra o Grupo Gestor do Conselho Nacional, sendo um dos responsáveis pela redação do Plano Nacional de Turismo 2013/2016 e do Documento Referencial do Turismo 2011/2014. É, ainda no Conselho do Mtur, coordenador da Câmara de Segmentação Turística. Foi nomeado, em 2013, conselheiro titular do Conselho Consultivo da ANAC- Agência Nacional de Aviação Civil.
 
O novo Secretário já foi diretor da TurisRio (Companhia Oficial de Turismo do Estado do Rio de Janeiro), da Bahiatursa (Empresa Oficial de Turismo da Bahia), da Emtursa ( Empresa Oficial de Turismo da Cidade de Salvador) e diretor da Secretaria de Esportes e Turismo do Estado de São Paulo. Na imprensa escreve para o Jornal de Turismo e foi repórter especial do Jornal do Brasil e Gazeta Mercantil. O primeiro programa de turismo e aviação em rede nacional de televisão foi apresentado por Magnavita e veiculado pela Rede CNT e, anteriormente, pela Rede Record.
Na área cultural, Cláudio Magnavita também tem atuação marcante. Foi produtor dos musicais Cole Porter, Company, Cantoras do Rádio, Carmem Miranda By Dusseck, Caminito, Cantores do Chuveiro e autor dos musicais Constellation e Comunitá.
A nomeação do Governador foi comemorada pelo trade turístico. Alexandre Sampaio, Presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e do Conselho de Turismo e da Câmara Empresarial de Turismo da CNC(Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) disse considerar fundamental, mesmo num período de transição, termos uma indicação do trade de turismo na Secretaria de Estado de Turismo. “Isso é um processo que demonstra a sintonia do poder público com a iniciativa privada, já que teremos um porta voz das posições e necessidades do segmento e um interlocutor dentro da esfera pública. Oxalá que outras secretarias de turismo, a exemplo do Rio de Janeiro, tenham suas secretarias estaduais de turismo, mesmo que seja nesse momento de transição, ocupadas por alguém que realmente represente a indústria do turismo”, afirmou Alexandre.
Para Alfredo Lopes, Presidente da ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro) é a primeira vez que uma indicação do trade turístico é atendida por um governante no Rio. "Como Subsecretario, Magnavita seria o sucessor natural do Ronald Ázaro na Setur, dando continuidade a um trabalho que foi reconhecido pelas lideranças turísticas fluminenses. O nome do novo Secretário foi referendado pelas entidades que compõe o Conselho Estadual de Turismo, na ultima reunião do CET, recebendo o apoio de todo o setor" lembra Lopes.
Para o novo Secretário a gestão da Setur-RJ será participativa. "O meu primeiro ato é criar o comitê gestor com representantes dos principais setores produtivos do turismo para estabelecer uma rotina de gestão compartilhada. Os principais projetos da Setur terão a participação direta do trade turístico. Estaremos seguindo o exemplo dos principais destinos internacionais que atuam de forma conjunta: Governo e iniciativa privada", afirma Magnavita.
"Ronald Azaro iniciou esta interação com a minha própria indicação como Subsecretário. O apoio que recebi do Ázaro, que é hoteleiro, foi fundamental para está nova fase. Estamos implantando o planejamento estratégico em parceria com a iniciativa privada que transcenderá os nossos oito meses de gestão. Com o apito final da Copa do Mundo deixaremos de ser um das doze cidades sedes e seremos a única cidade Olímpica. O Estado do Rio será o centro das atenções nós próximos três anos" complementa o novo secretário estadual.

Nenhum comentário: