Total de visualizações de página

domingo, 16 de março de 2014

Comércio exterior: Marrocos foca em negócios com o Brasil



Delegação marroquina do setor de construção exporá na Feicon e tem agenda de negócios na Câmara Árabe. A entidade realizará um fórum de investimentos Brasil - Marrocos
 A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira recebe, nesta segunda-feira, dia 17, uma delegação de 17 empresários do Marrocos representantes do setor de construção. Os executivos vêm ao Brasil - por meio de iniciativa da Câmara Franco-Marroquina - para participar da Feicon Batimat - 20º Salão Internacional da Construção, que ocorre entre os dias 18 a 21 próximos. Também participam da mostra outras empresas brasileiras associadas à Câmara Árabe, como a Fame, de material elétrico, e a Pado, de cadeados e fechaduras.
“Vamos apresentar à delegação de empresários marroquinos as oportunidades de negócios no Brasil. Também estamos programando para os próximos meses um fórum de investimentos Brasil - Marrocos. O evento será a segunda fase de uma série de ações para fomentar as relações econômicas entre os dois países em parceria com a Agência Marroquina de Desenvolvimento de Investimentos (Invest in Morocco)”, afirmou o diretor-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby.
De acordo com Alaby, o passo seguinte será levar uma delegação multissetorial de empresários brasileiros ao Marrocos para apresenta-los às oportunidades de investimento no país árabe. A primeira fase da ação foi colocada em prática em janeiro deste ano, quando essas informações foram apresentadas à imprensa brasileira de negócios.
DIVERSIFICAÇÃO
A iniciativa está em consonância com a estratégia da Câmara Árabe de promover a diversificação da pauta de exportação brasileira aos países árabes para além do agronegócio, investindo cada vez mais no incentivo à comercialização de produtos mais elaborados e com maior valor agregado. 
Facilitando não só o turismo entre os dois países, a Royal Air Maroc lançou no final de dezembro voo direto Brasil-Marrocos, proporcionando um trânsito mais fácil entre esses parceiros comerciais. Já a Tanger Free Zone, por exemplo, maior zona franca do Marrocos, quer atrair empresas brasileiras para se instalarem ali. O local abriga mais de 450 indústrias voltadas a exportação, sendo 80% delas do setor automotivo.
“Na busca de investidores internacionais, um dos principais atrativos do Marrocos ao comércio exterior é a proximidade do continente europeu a partir do porto de Tanger Med, apenas 14 quilômetros separando o território marroquino do espanhol. Com dois grandes terminais de contêineres em operação e três menores para veículos, passageiros e hidrocarbonetos, o porto é a porta de saída dos produtos marroquinos para a Europa e para outros países africanos”, pontuou Alaby.
 
Sobre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira
A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços, como certificação de documentos, informações de mercado, traduções, realização eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes.
 

Um comentário:

Viagens marrocos disse...

"Grande artigo e óptimo blog! Deixe aproveitar este seu espaço de comentários para apresentar Viagens em Marrocos.
Somos uma equipa de especialistas em turismo por todo Marrocos. Planeamos viagens de sonho em Marrocos, passando por deserto, cidades, montanhas e oásis de uma beleza incrível.
O nosso site é http://www.viagens-em-marrocos.com, e aí pode ver mais detalhes e ideias.
Se estás a pensar em Marrocos, vem experimentar um dos nossos veículos 4x4 e conhecer os segredos mais escondidos.
Obrigado.
Omar"