Total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Copa: jogo em Recife tem quase metade de estrangeiros



Atrativos naturais, celebrações juninas e legado cultural serão opções entre os turistas brasileiros e estrangeiros que visitarem Pernambuco. Até o momento, o jogo entre Croácia e México, em Recife, registra o maior percentual de venda de ingressos para visitantes de outras nacionalidades (46%) 

As praias paradisíacas de águas quentes, os ritmos do frevo e do maracatu e o delicioso bolo de rolo são alguns atrativos do estado de Pernambuco que a grande quantidade de estrangeiros que acompanhará os jogos da Copa do Mundo de 2014 vai conferir durante o torneio.
Dos ingressos vendidos para o jogo entre as seleções da Croácia e México, marcado para o dia 23 de junho, em Recife, 46% foram para compradores que moram fora do país, sendo a maioria (18%) residentes nos Estados Unidos.
Na própria capital Recife, bares, restaurantes, quiosques e opções de esportes estão à disposição dos turistas na praia de Boa Viagem. Passear pela orla, conhecer igrejas históricas como a Madre de Deus e a Capela Dourada, curtir um dos espaços verdes como o Parque da Jaqueira, e assistir a um espetáculo no tradicional Teatro de Santa Isabel ou no moderno Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu são opções para quem está na cidade para ver os jogos.
A cidade de Olinda, a sete quilômetros da capital, possui uma forte vitalidade cultural. Artesãos, artistas plásticos, músicos e escritores moram e trabalham no município. São cerca de 80 ateliês em atividade, a maioria nos bairros do Carmo, Varadouro e Amparo, sendo que uma única ladeira, a rua do Amparo, reúne uma dúzia de ateliês. Inspirados pela colorida beleza do lugar, que condensa morro, mata, mar e construções ancestrais, os artistas trabalham com materiais e técnicas distintos da carpintaria, escultura, fotografia, pintura, cerâmica e artesanato.
Entre as praias do estado destacam-se Porto de Galinhas, Carneiros e o arquipélago de Fernando de Noronha, um dos mais belos paraísos naturais da costa brasileira. Lá está a Baía do Sancho, recentemente eleita uma das dez praias mais bonitas do mundo e a primeira entre as brasileiras.
Os turistas da Copa  desembarcam no nordeste no mês das festas juninas. Forró, quadrilha, fogueiras e comidas típicas certamente serão encontradas pelos turistas que visitarem Caruaru, município a 130 quilômetros de Recife e que disputa o título de maior festa junina do país.

Acessibilidade para as cidades-sede
O Ministério do Turismo (MTur) está investindo R$ 98,5 milhões em obras de acessibilidade em nove cidades-sede da Copa. O investimento faz parte da Matriz de Responsabilidades da Copa, um documento que determina valores a serem investidos para o mundial e define o papel dos governos federal. estaduais, municipais e de agentes privados.
A capital pernambucana e o município de Olinda são contemplados com R$ 7 milhões para obras em atrativos prioritários como a Orla de Olinda, o Marco Zero, a Orla de Boa Viagem, Palácio dos Governadores e Rua do Amparo. São obras de calçamento, rampas de acesso e corrimãos para cadeirantes, estacionamentos especiais e pavimentação com pedras direcionais para deficientes visuais.  
“Obras de acessibilidade nos atrativos turísticos contribuem para a qualidade de vida da população e ampliam o acesso a turistas com deficiência, idosos, crianças e gestantes”, disse o ministro do Turismo (MTur), Gastão Vieira.

Atendimento ao turista
O atendimento em idioma estrangeiro é uma ação prioritária do MTur para receber bem os turistas que desembarcam no país durante Copa do Mundo de 2014. Com o objetivo de atender melhor o visitante de fora e o turista brasileiro, o MTur investe em duas ações de grande repercussão: a expansão dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs) e o ensino de idiomas a profissionais ligados ao turismo.
Em Recife, foram investidos R$ 4,9 milhões para implantação de um novo CAT no bairro da Bomba do Hemetério e reformas dos CATs do aeroporto, Praia de Boa Viagem, rodoviária, Mercado de São José, Pátio de São Pedro, Praça do Arsenal e Parque D. Lindú.
O aprendizado de um segundo idioma, como o inglês e o espanhol, além da Língua Brasileira de Sinais (Libras) está sendo realizado pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, o Pronatec Turismo. Entre os profissionais beneficiados estão taxistas, agentes de turismo, além de policiais civis e militares, guardas municipais e corpo de bombeiros, todos em contato direto com os visitantes. Além do curso de idiomas o Pronatec oferece mais 44 cursos com foco do atendimento ao turista.

Nenhum comentário: