Total de visualizações de página

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A Amadeus se associa à Couchbase para melhorar o processo de compra de viagens pela Internet


·         A empresa provedora de tecnologia NoSQL e de código aberto vai respaldar a Amadeus com suas aplicações de disponibilidade, garantindo uma precisão total no cálculo de tarifas online, em tempo real.

·         Ambas companhias também vão colaborar para incluir mais flexibilidade à arquitetura orientada a serviços (SOA) da Amadeus em toda a sua linha de produtos.

 A Amadeus, provedor tecnológico de referência para a indústria mundial de viagem, anuncia parceria estratégica com a Couchbase - empresa situada na Califórnia, principal provedor de tecnologias de bases de dados NoSQL e de código aberto e responsável pelo projeto de código aberto Couchbase - que tem como objetivo uma gestão de dados de alto rendimento para melhorar a experiência de compra de viagens pela Internet.

Para tanto, a Couchbase vai respaldar a Amadeus nas suas aplicações de disponibilidade, assegurando que os viajantes que queiram reservar tarifas online somente visualizem preços atualizados e disponíveis para sua compra depois do processo de busca. Cabe destacar que este nível de precisão nas tarifas em tempo real somente pode ser alcançado diante de uma infraestrutura de gestão de dados muito eficaz, na qual a informação seja replicada em questão de milésimos de segundo. Essa primeira atividade piloto com a Couchbase será aplicada imediatamente em todas as soluções online disponíveis por meio das redes de distribuição da Amadeus.

Com as milhões de opções de voos que há disponíveis hoje em dia - por meio de pesquisas e agências de viagens online que proliferam em todo o mundo -, a precisão do cálculo de tarifas em tempo real é de vital importância para a experiência de compra pela internet, já que evita a frustração dos viajantes de não poder finalizar o processo online.

Como parte do acordo, as duas empresas também vão colaborar para trazer mais flexibilidade à arquitetura orientada a serviços (SOA, por suas siglas em inglês) da Amadeus em toda a sua atual linha de produtos. Isto vai dar a oportunidade de desenvolver novos produtos e aplicações ou de ampliar as carteiras de produtos vigentes. Está previsto que os protótipos sejam implantados em 2014 e que esta nova classe de aplicações chegue ao mercado nos próximos anos.

De forma geral, esta parceria também vai garantir à Amadeus:

·         rendimento elevado e constante (latência menor que um milésimo de segundo);
·         escalabilidade através de múltiplos centros de dados;
·         elasticidade para suportar as frequentes ampliações de capacidade das séries de servidores da Amadeus, necessárias para gerenciar o crescimento do tráfego;
·         mudanças sem interrupções na topologia e persistência de dados para dar suporte em um ambiente com uma elevada introdução de informação.
Para a Couchbase, esta parceria vai proporcionar, em primeira mão, opiniões de um grupo de usuários especializados, permitindo entender melhor as necessidades dos clientes quanto ao desenvolvimento em grande escala e de alto rendimento.

“A Amadeus conta com um sólido legado na criação de produtos e serviços únicos e, frequentemente, revolucionários, ajudando assim nossos clientes no seu processo de inovação, tanto no presente como olhando pro futuro. No entanto, esta inovação só é possível se adotamos a última e a melhor tecnologia, de novos motores de bases de dados emergentes até modernos marcos de desenvolvimento de aplicações web”, explica Dietmar Fauser, vice-presidente de Arquitetura, Qualidade e Governança da Amadeus. “Ao mesmo tempo, estamos comprometidos em utilizar unicamente aquelas tecnologias que nos permitam resolver os desafios que enfrentamos diariamente no setor de viagens. Assim, este acordo com a Couchbase permitirá que a Amadeus otimize sua solução de rendimento e baixa latência, o que facilitará sensivelmente o conceito e exploração das nossas exigentes aplicações online, melhorando de forma evidente a experiência de compra pela Internet durante o processo. Devido a esta associação, nosso SOA passará a ser mais flexível, o que vai nos permitir que desenvolvamos mais rápido novos avanços em matérias de produtos e aplicações”.

“O acesso aos dados em tempo real com uma latência inferior a um milésimo de segundo está se tornando um fator fundamental para facilitar uma experiência de usuário de máxima qualidade”, comentou Bob Wiederhold, conselheiro delegado da Couchbase. “A Amadeus é considerada o provedor líder em soluções tecnológicas para o setor de viagem e turismo, e apresenta alguns dos requisitos de escalabilidade e rendimento mais exigentes do mundo. Ao ser especialista em uma escalabilidade de NoSQL sem precedentes no setor, assim como no rendimento entre centros de dados, a Amadeus é um sócio estratégico perfeito”.

A Amadeus utiliza amplamente arquiteturas de código aberto nos seus negócios. Até a data, a Amadeus já realizou a transição de sistemas proprietários para Linux para explorar o Altéa, seus sistema de gestão de passageiros (PSS, sua sigla em inlglês), enquanto algumas das suas principais inovações online (como Amadeus e-Retail™, Amadeus Dynamic Website Manager™ e Amadeus Extreme Search™) foram desenvolvidas com software de código aberto. Além disso, em 2012, a Amadeus ARIA™ Templates - no marco tecnológico fundamental da companhia - passou a ser um sistema de código aberto, permitindo assim que os desenvolvedores externos pudessem utilizá-lo gratuitamente pela primeira vez.


Sobre a Amadeus

A Amadeus é a principal parceira tecnológica do mercado global de viagens e turismo. Os clientes atendidos incluem provedores de viagens (companhias aéreas, hotéis, locadoras de carros, empresas de transporte ferroviário, linhas de ferry-boat e outros), vendedores (agências de viagens e websites) e compradores (empresas e viajantes).

O grupo Amadeus emprega cerca de 10 mil pessoas pelo mundo, com sedes centrais em Madri (Sede Institucional), Nice (desenvolvimento) e Erding (operações), assim como 73 Organizações Comerciais Amadeus locais globalmente.

O grupo opera sob um modelo de negócios transacional. No ano fiscal terminado em 31 de dezembro de 2012, a companhia apresentou receita de 2,9 bilhões de euros e EBITDA de 1,107 bilhão de euros.

A Amadeus está listada na Spanish Stock Exchange pelo símbolo "AMS.MC" e faz parte do IBEX 35 index.

Para mais informações sobre a Amadeus, acesse: http://www.amadeus.com

Acompanhe as novidades da Amadeus nas mídias sociais:
Facebook: www.facebook.com/amadeusbrasil
Blog:
www.amadeus1a.com.br
Twitter: @amadeus1a

Nenhum comentário: