Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Secretários pregam integração e divulgação do turismo do Nordeste



Secretários de turismo do Nordeste, integrantes da Comissão de Turismo Integrado da região (CTI Nordeste) estiveram reunidos durante a manhã desta quinta-feira (24), no Praiamar Hotel, dentro da programação do 2º Seminário de Desenvolvimento Turístico no Nordeste, que acontece em Natal até domingo. O encontro, presidido pelo secretário estadual de Turismo do RN e vice-presidente da CTI Nordeste, Renato Fernandes, também contou com a presença do secretário Carlos Henrique Sobral, da pasta de Políticas para o Desenvolvimento, do Ministério do Turismo.

Entre os assuntos discutidos, mudanças para uma das principais feiras de turismo do Brasil (ABAV); a formatação da próxima edição da Brazil National Tourism Mart (BNTM 2014); o lançamento da Revista Curta Nordeste; a viabilização do Projeto Guia 4 Rodas; o andamento do Guia Rota 101 Nordeste; e a inclusão das capitais nordestinas, bem como as cidades de potencial turístico às reuniões da CTI Nordeste; e ainda a adesão de um modelo de caixa rápido para transações internacionais a ser implantado em hotéis, para melhor conforto e segurança dos turistas.

Caixas rápidos para turistas
O assessor da Travel ATM, Fernando de Almeida, explicou que embaixadas em todo o mundo têm divulgado em suas páginas na internet a dificuldade de se conseguir moeda local no Brasil. A legislação brasileira proíbe a troca de moeda estrangeira fora do país. E mesmo aqui são “pouquíssimas” casas de câmbio disponibilizadas à atividade. A opção do turista são as agências bancárias, sempre mais desconfortáveis e inseguras.

“No Rio Grande do Norte, como em outros estados, o turista estrangeiro encontra uma casa de câmbio no Aeroporto, onde costuma sacar apenas o básico para um táxi, por exemplo, e depois encontra dificuldade para sacar mais porque praticamente só sobram as agências bancárias ou o câmbio do mercado negro. Resultado: ele deixa de gastar o que normalmente gastaria ou compra dinheiro falso”, atesta Fernando de Almeida.

“Outro problema lamentado é que apenas 5% dos caixas convencionais aceitam cartões estrangeiros. Então, o turista desembarca no aeroporto, coloca seu cartão em um caixa, e não funciona. Coloca no segundo, no terceiro e nenhum aceita. Ele pensa logo que seu cartão tem problema e não tenta mais, gastando apenas o que tem no bolso, reduzindo ainda mais a receita que poderia deixar ao turismo local”, ressalta Fernando de Almeida.

Por isso, a Travel ATM formatou um caixa eletrônico específico para transações com cartões internacionais (Visa, Master e derivados, que cobrem 98% do mercado internacional).  Esses caixas seriam instalados em hotéis, conforme solicitação dos hoteleiros, para maior conveniência, conforto e segurança dos turistas. Esse modelo também contribuiria para eliminar a má divulgação pelas embaixadas da insegurança no país aos turistas estrangeiros.

Segundo Fernando de Almeida, esses caixas são abastecidos com até 10% do volume de dinheiro de um caixa convencional, para evitar maior visibilidade e consequentes tentativas de arrombamento. Esse caixas são controlados pelo Banco Central, instalados, mantidos e acompanhados em tempo real pela ATM – empresa presente em 80 países. Interessados em instalar o caixa, entrar em contato com Fernando de Almeida (55 11 99642-8465) ou com o diretor geral da empresa, Poly Pantin (55 11 2424-4230).

Mudanças sugeridas à ABAV
 Durante o encontro também foi avaliada a participação dos estados nordestinos durante a feira promovida pela Agência Brasileira de Agentes de Viagem (ABAV), realizada este ano no Rio de Janeiro. O principal lamento na avaliação dos secretários nordestinos de Turismo foi os dois últimos dias da feira, dedicados ao público final e com corredores praticamente vazios, onerando despesas das secretarias. Os preços abusivos cobrados para instalação dos estandes também foram reclamados.

Ficou decidido no encontro que será encaminhado um relatório com todas as observações levantadas pelos integrantes da CTI Nordeste presentes à reunião e levadas à organização da ABAV, firmando um posicionamento consensual da Região. O representante do Ministério do Turismo presente, Carlos Henrique Sobral, também sugeriu um evento mais itinerante, fugindo do eixo Rio-São Paulo e sendo promovido também nas capitais do Nordeste.

BNTM 2014
A Brazil National Tourism Mart foi criada em 1992 pela CTI Nordeste com o objetivo de aproximar o trade turístico nacional – hoteleiros, agentes de viagens, operadoras de turismo e companhias aéreas – das operadoras turísticas dos principais mercados internacionais para o Brasil, visando o fluxo turístico na Região Nordeste. Este ano, o evento acontece em Pernambuco.

Segundo o presidente da Empresa Pernambucana de Turismo, André Correia, ainda está em estudo o local do evento: se na nova Arena construída para a Copa, ou no novo porto de Recife. As datas prováveis serão entre 27 e 30 de março. “Caso seja no porto, podemos usar a hospedagem de navios ancorados, até mesmo para reuniões, já que o período de cruzeiros terá terminado”, sugeriu Correia.

Também ficou agendado, durante a reunião, encontro realizado no prédio da CTI NE, em Recife, com o presidente da Embratur, Flávio Dino e com o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para 12 de novembro. Na pauta, a ajuda financeira para o evento, da ordem de R$ 800 mil.

Divulgação e integração
O lançamento da esperada revista Curta Nordeste, patrocinada pelo Ministério do Turismo, também foi tema levantado durante a reunião. A ideia é que seja realizado durante o Festival de Gramado, para divulgar os destinos nordestinos pelo Sul do país.

O projeto do Guia 4 Rodas – outra publicação dedicada ao turismo integrado do Nordeste -, editado pela Editora Abril, está na iminência de ser viabilizada exclusivamente pelo MTur, sem repasse financeiro aos Estados, evitando burocracias.

Outro guia importante à divulgação nordestina é o Guia Rota 101 – uma das ações oriundas do macro projeto da Rota 101 Nordeste, realizado em junho, em Natal. Nesta publicação serão dedicadas 70 páginas para cada um dos quatro estados participantes: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Segundo o secretário Renato Fernandes, falta apenas formatar o edital para iniciar as publicações.

Para a próxima reunião da CTI Nordeste, ficou acordado cada secretário de Turismo apresentar quais feiras e eventos da pasta pretende participar no próximo ano para levantarem quais existem em comum entre os Estados. A intenção da CTI Nordeste é cobrar, de forma integrada, menores custos para a participação dos Estados nordestinos nestes eventos.

Programação do Seminário
Durante a tarde desta quinta-feira, foi realizada ainda a reunião do Fórum Nacional dos Secretários de Turismo (Fornatur), também no Praiamar, com presença do presidente da CVC, Luiz Eduardo Falco. Na programação noturna, visita ao Forró com Turista, em Petrópolis. O 2º Seminário de Desenvolvimento Turístico no NE é realizado pela Setur RN em parceria com a ABIH.

Segue a programação dos próximos dias:

25 de outubro (sexta-feira)

- 9h: Saída para visitação à Arena das Dunas (Estádio para a Copa de 2014) e encerramento das atividades

- 12h30 às 14h: Almoço com os hoteleiros, secretários estaduais, senadores, deputados federais e estaduais

Local: Praiamar Natal Hotel & Convention

- 14h15 às 17h: II Seminário de Desenvolvimento Turístico do Nordeste

Local: Praiamar Natal Hotel & Convention

- 17h às 19h: Solenidade de entrega do título de Cidadã Norte Rio Grandense à Senadora Lídice da Mata

Local: Praiamar Natal Hotel & Convention

- 20h30: Jantar

Local: Restaurante Fogo e Chama

Rua: Dr. José Augusto de Medeiros, 10, Praia do Meio


26 de outubro (sábado)

- 10h: Saída para visitação ao Polo Turístico do Litoral Sul

- 13h: Almoço

Local: Restaurante Paçoca de Pilão

Av. Dep. Márcio Marinho, 5708, Praia de Pirangi

- 15h30: Saída para visitação ao polo turístico “Tibau do Sul” (Praia de Pipa) para a apresentação de projetos de desenvolvimento turístico


27 de outubro (domingo)

Dia livre

Nenhum comentário: