Total de visualizações de página

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

MAP apresenta novos ATR-72



Com a presença do presidente do Banco da Amazônia, Valmir Pedro Rossi, e outras autoridades aeroportuárias, empresa amazonense mostra aeronaves incorporadas à frota.
            O presidente da MAP Linhas Aéreas, Marcos Pacheco, acompanhado do vice-presidente, Marcos Fernandes Pacheco, recebeu o presidente do Banco da Amazônia, Valmir Pedro Rossi, na manhã desta sexta-feira, no hangar da empresa no aeroporto Eduardo Gomes, para apresentar as duas novas aeronaves ATR-72 recentemente incorporadas a frota da empresa. “Foi o apoio do Banco da Amazônia que possibilitou essa aquisição, através de financiamento no valor de R$ 35 milhões a serem pagos em 120 meses”, explicou o vice-presidente Marcos Fernandes Pacheco, responsável pela direção executiva da empresa.
            Para o presidente do Banco da Amazônia, o momento foi muito especial. Impressionado com a beleza dos aviões expostos no pátio, Walmir Pedro Rossi disse que este tipo de ação é o que torna o Banco da Amazônia tão diferenciado no mercado financeiro do Norte do País. “Nossa visão não é apenas financeira. Queremos participação de ações como essa, que geram empregos e oferecem melhor condição de vida para o povo da Amazônia”, disse ele.
            Os dois novos aviões ATR-72, com capacidade para 70 passageiros, começam a operar regulamente em novembro, quando a MAP Linhas Aéreas já deverá as autorizações da Agência Nacional de Aviação (Anac) para operar nos aeroportos solicitados. Mas mesmo antes de voar os aviões já estão gerando emprego. “Para cada aeronave, precisamos de seis tripulações de quatro pessoas. Só aí já estamos gerando 48 novos empregos por contados dois aviões. Fora mecânicos, pessoal de terra em Manaus e nas outras bases”, completo Marcos Pacheco.
            No momento, a MAP Linhas Aéreas opera com duas rotas regulares: Manaus/Parintins/Manaus e Manaus/Lábrea/Manaus. Mas em breve as duas serão ampliadas. O voo para Lábrea deve ser estendido até Porto Velho (RO) já em novembro, passando a ser o primeiro voo interestadual da nova empresa. Já a rota para Parintins será ainda mais ampliada, chegando a Belém (PA) com escalas em Itaituba, Santarém e Altamira.
            Para isso, o gerente comercial da MAP Linhas Aéreas, Marconi Chagas, passou a semana em Belém fechando os últimos acordos com a Infraero para a implantação do balcão da empresa no aeroporto da capital paraense. Esta rota deve entrar em operação até o fim do ano. “Já estamos com tudo quase pronto. Dependemos apenas da autorização da Anac”, comentou Marconi Chagas.
            Outras duas rotas estão sendo disponibilizadas e também devem entrar em operação ainda este ano. A primeira, ligando Manaus a Tabatinga, com escala em Tefé, e a outra que vai até São Gabriel da Cachoeira, passando por Coari e Eirunepé. “Temos condições de voar ainda para muitos outros destinos. Nossa meta é chegar a Rio Branco (AC), Macapá (AP) e até Cayena”, disse Marcos Pacheco.
            A MAP Linhas Aéreas decidiu investir em aeronaves da companhia Franco-Italiana ATR, Avions de Transport Régional , porque essa empresa é a pioneira neste segmento, com mais de 1200 aeronaves vendidas em todo o Mundo. Atualmente, mais 180 empresas, espalhadas por cerca de 90 países, operam com este tipo de equipamento, cuja credibilidade já pode ser comprovada inclusive com as aeronaves operadas com sucesso na região amazônica.

Nenhum comentário: