Total de visualizações de página

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Ecoturismo atrai público do Viaja Mais



Idosos, aposentados e pensionistas demonstram interesse por destinos que incluem cenários de natureza

Os cenários naturais do país estão atraindo idosos, aposentados e pensionistas para os pacotes de ecoturismo do Viaja Mais Melhor Idade. Entre os mais acessados estão Trancoso e Itacaré (BA), Chapada dos Guimarães (MS), Bonito (MS) e Maragogi (AL). Há pacotes que incluem passagem aérea, refeições e hospedagens. Outros oferecem apenas passeios avulsos.
O ecoturismo é o segmento turístico que mais cresce no mundo (entre 15 e 25% ao ano), de acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT). O ecoturismo corresponde à motivação de cerca de 10% dos turistas, com faturamento anual de US$ 260 bilhões no mundo.
De acordo com o IBGE, o Brasil tem 23,5 milhões de pessoas acima de 60 anos, o que corresponde a 12,1% da população brasileira. Nesta primeira fase do programa, o site oferece ofertas de operadoras de turismo e agências de viagem. Em uma segunda etapa, haverá pacotes oferecidos diretamente por clubes de férias, meios de hospedagem (hotéis, pousadas, albergues) e empresas de cruzeiros marítimos.
"É um público crescente com disposição para viajar e conhecer o país, que pode ajudar ainda mais a estimular o turismo doméstico", diz o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz.
Os destinos variam de acordo com a vocação da cidade escolhida. Há cruzeiros (Grand Amazon) pelos rios da maior floresta tropical do país que incluem safári fotográfico, um passeio de contemplação de botos e visita a um povoado indígena, com desconto de 20% para o público da terceira idade.
De acordo com a Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), a população com mais de 60 anos deve movimentar R$ 1,62 bilhão no mercado de turismo este ano, 8% a mais que em 2012.
Por meio de parceria com os bancos do Brasil e Caixa Econômica Federal, as empresas têm a opção de parcelar as ofertas ao público em até 48 vezes com juros reduzidos. Para participar do programa, as agências de viagens ou as operadoras de turismo precisam estar inscritas regularmente no Cadastur, vinculadas a uma entidade parceira do MTur (atualmente o Programa possui parceria com ABAV e BRAZTOA) e oferecer benefícios ou vantagens exclusivas para o público da terceira idade.
O Viaja Mais Melhor Idade já promoveu a venda de 599 mil pacotes de viagem desde que foi lançado (setembro de 2007 a dezembro de 2010). Os destinos mais procurados na primeira edição foram Natal (RN), Fortaleza (CE), Lins (SP), Caldas Novas (GO) e Serra Gaúcha (RS).
Nas primeiras três semanas de estreia (entre 04/09 a 26/09), o Viaja Mais ofereceu 230 pacotes para 66 destinos. O site foi acessado por mais de 153 mil internautas e tem mais de oito mil acessos diários. Na edição anterior da campanha (2010) eram 40 destinos e 61 mil visitas de internautas no mesmo período.  


Assessoria de Comunicação- Ministério do Turismo

Nenhum comentário: