Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Vêneto, na Itália, leva a passeio por arte, história e cultura


Região mais visitada do país reúne em 18 mil km² atrações para todos os tipos de viajantes
Formada por sete províncias e localizada no nordeste da Itália, a região do Vêneto reúne em uma área de mais de 18 mil km² atrações para todos os gostos e tipos de viajantes. Montanhas, águas termais, cidades históricas e praias integram o universo de belezas naturais e paisagens cinematográficas que fazem da região a mais visitada do país.
O Vêneto é formado pelas províncias de Veneza (cidade única no mundo e admirada por todos), Belluno (porta de entrada do mundo mágico das Dolomitas), Padova (reconhecida pela Basílica de Santo Antonio), Rovigo (famosa pelo Delta do Pó), Treviso (local das colinas do Prosecco), Verona (palco da Arena de Verona e de Romeu e Julieta) e Vicenza (onde é imperdível visitar o Teatro Olímpico).
Todos os anos, a região recebe cerca de 62 milhões de visitantes, atraídos pela variada oferta turística.
Veneza, por exemplo, é um patrimônio cultural único. Atravessada pelo Grande Canal e com atrações turísticas como a ponte de Rialto e a praça de São Marco, a cidade reúne mais de 100 igrejas com obras dos mais famosos pintores e testemunhos de mil anos de fé e história.
Cidades, como Pádua, também guardam instigantes patrimônios de arte. A cidade medieval conta com obras do artista Giotto, pintor e arquiteto italiano, com destaque para a Cappella degli Scrovegni. Pádua também é a casa de Santo Antônio, considerado um dos santos mais celebrados e amados do mundo.
Viajar para o Vêneto é sempre uma nova descoberta. Em Treviso, o turista vai se encantar com palácios históricos, magníficas igrejas e pitorescos canais. A cidade também é considerada a capital da gastronomia vêneta com produtos únicos como o Conegliano Valdobbiadene e o Asolo, ambos famosos Proseccos italianos.
Para os românticos, é a cidade de Verona – conhecida por ser a cidade que inspirou a história de Romeu e Julieta, que se destaca  como um destino perfeito. Com um centro histórico singular, a cidade conta com a Arena e o museu Castelvecchio, que fica em uma antiga fortaleza e é um dos mais interessantes museus de arte italiana e europeia. Vale visitar a lendária Casa e Tumba de Julieta, um símbolo da história de amor mais romântica do mundo.
Os amantes de montanhas e temperaturas mais baixas não podem deixar de visitar as Dolomitas, declaradas Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Esportes de inverno, como esqui e snowboard, são muito procurados pelos turistas nesta região.
Para aqueles que querem relaxar, a área das colinas Euganeas, com as cidades de Abano Terme e Montegrotto Terme, é o maior destino termal da Europa. Lá o turista pode aproveitar diversos banhos em águas termais.
Não importa qual seja o roteiro de sua viagem pela Itália, a passagem pela região do Vêneto será sempre a melhor escolha para apreciar paisagens e experiências incríveis. 
Sobre o Vêneto
Formada por sete províncias e localizada no nordeste da Itália, a região do Vêneto reúne em uma área de mais de 18 mil km² atrações para todos os gostos e tipos de viajantes. Montanhas, águas termais, lagos, cidades históricas, praias, o delta do Pó e a Piedemontana, integram o universo de belezas naturais e paisagens cinematográficas que fazem da região a mais visitada do país.
Entre as várias atrações, o Vêneto inclui oportunidades para compras, com produtos vindos diretamente das principais fábricas da indústria da moda, além de visitas aos produtores de vinhos e de artesanato. 
Legenda
IMG 1: Contraste entre monumentos, igrejas e o mar de Veneza
IMG 2: Região montanhosa do Vêneto
IMG 3: Praia na região do Vêneto

Nenhum comentário: