Total de visualizações de página

terça-feira, 15 de abril de 2014

Espaço Expo Artesanato será um dos destaques do 3º Salão Baiano de Turismo




A produção artesanal do estado terá espaço garantido na terceira edição do Salão Baiano de Turismo. Durante todos os dias do evento, que acontecerá de 8 a 10 de maio no Centro de Convenções da Bahia, o público visitante encontrará produtos diversificados distribuídos nos 18 estandes da Expo Artesanato. Dentre os materiais, destacam-se as peças que utilizam técnicas em cerâmica, renda, tecelagem, madeira, mosaico e cabaça.

Presente desde a primeira edição, o espaço é uma iniciativa promovida pela Bahiatursa e pela Secretaria de Turismo do Estado, em parceria com o Instituto de Artesanato Visconde de Mauá. A prioridade é que os produtos comercializados possuam uma relação de identidade com o destino Bahia.

“O turista quando vem para um destino, ele não vem apenas porque um lugar é bonito, mas também porque tem uma cultura rica. No Salão de Turismo procuramos reunir vários aspectos que demonstram a riqueza da cultura baiana, e o nosso artesanato é um desses elementos importantes para a atração dos turistas”, ressalta Weslen Moreira, diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa.

Os artesãos serão selecionados pelo Instituto Mauá e um dos critérios utilizados é que os profissionais possuam o selo “A Bahia Feita à Mão”, realizado em parceria com o Ibametro, Sebrae-BA e o Programa do Artesanato Brasileiro. A certificação através do selo valoriza o trabalho do profissional e é uma garantia de qualidade do produto apresentado.  A gerente de promoção e comercialização do Instituto Mauá, Rosemary Aguiar, afirma que a exposição gera grande expectativa entre os artesãos, não somente pela visibilidade que proporciona aos trabalhos, mas também pela oportunidade de geração de renda.

A artesã Vera Cruz é uma das selecionadas para participar do evento e promete trazer para o seu estande as famosas baianas atrevidas. “Elas são as mais procuradas e vendidas. O público acha engraçado porque elas são bem atrevidas mesmo, com mão na cintura e nariz empinado”, comenta. As baianas são confeccionadas em cabaças e muitas delas representam as festas populares religiosas, com roupas coloridas e a técnica que simula o bordado Richelieu, através da pintura em relevo. 

Já Edna Marta, que lida com o artesanato há mais de 20 anos, demonstra estar empolgada em participar pela primeira vez do evento. “Vai ser uma ótima oportunidade pra divulgar e comercializar os meus produtos”, destaca. Com uma produção voltada para o turismo, a artesã levará para a exposição os bustos de crioulas em cerâmica, com tamanhos que variam de 15 a 25 centímetros.

SERVIÇO:
Salão Baiano de Turismo
Data: 8,9 e 10 de maio, no Centro de Convenções da Bahia
Horário: 14hs às 20hs (quinta e sexta)
9hs às 14hs (sábado)
Informações e inscrições: (71) 3117-3008 (Núcleo de Regionalização)
regionalização@bahiatursa.ba.gov.br


Nenhum comentário: