Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de março de 2014

Turista estrangeiro da Copa chegará a São Paulo entre 18h e 7h


Capital paulista lidera em voos internacionais e tem conexão direta diária com todas as outras cidades-sede e praticamente todos os continentes



- O Observatório do Turismo, núcleo de estudos e pesquisas da São Paulo Turismo (SPTuris - empresa municipal de turismo e evento), realizou um estudo sobre os voos internacionais para São Paulo e cruzou os dados com os dos países emissores de turistas para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Entre outras informações, o levantamento apurou que a maior parte dos voos internacionais chegará à metrópole paulista entre às 18h e às 7h, sendo entre 6h e 7h o horário de pico. Esse resultado foi encontrado considerando as chegadas dos 19 países cujas seleções irão jogar em São Paulo ou terão sua base no Estado de São Paulo. São eles: Bélgica, Bósnia, Chile, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Estados Unidos, França, Holanda, Honduras, Inglaterra, Irã, Japão, México, Nigéria, Portugal, Rússia, Uruguai.

Outro dado verificado pelo levantamento mostra que os principais compradores de ingressos para jogos em São Paulo são de países que tradicionalmente já estão na lista dos maiores emissores de turistas para a cidade, com destaque para destinos da América do Sul, Europa e também os Estados Unidos. Espanhol e inglês são, portanto, os idiomas falados pela grande maioria dos visitantes que virão a São Paulo para a Copa.

De acordo com o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, esses dados são de grande importância para traçar estratégias para receber bem os turistas. "Estamos realizando uma série de estudos sobre a Copa para focar nossas ações nos lugares adequados e da maneira mais certeira possível", diz.

O Observatório do Turismo também apurou que São Paulo não apenas é a cidade com mais voos internacionais no Brasil, mas também possui quase o dobro de frequências da segunda colocada, Rio de Janeiro. A capital paulista possui conexão direta com 51 cidades em 40 países. Já a capital fluminense tem conexão com 29 cidades em 20 países. A elevação do índice se deu graças, principalmente, aos novos voos ligando a metrópole paulista a destinos no continente africano, como Casablanca (Marrocos), Addis Abeba (Etiópia) e Lomé (Togo). Com os três principais aeroportos no entorno, São Paulo também tem conexão direta com todos os continentes, com exceção da Oceania, e atende com voos diários todas as outras cidades-sede da Copa.

No total, são 1.033 voos internacionais diretos semanais no Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos), operados por 49 companhias aéreas. As principais ofertas de voos ligam São Paulo a Buenos Aires (181 voos semanais), Miami (98 voos semanais), Santiago (80), Nova Iorque (59) e Montevidéu (44). As companhias líderes em voos internacionais são TAM, com 37,27% das frequências, LAN (10,8%), GOL (9,8%), American Airlines (7,4%) e United Airlines (4%).

Nenhum comentário: