Total de visualizações de página

segunda-feira, 17 de março de 2014

Turismo passa pente fino em obras da Copa



Videoconferência vai reunir representantes das cidades-sede para analisar a situação das 39 obras previstas para o mundial

A partir desta segunda-feira (17), uma equipe do MTur se reúne, em videoconferência, com estados e municípios das doze cidades-sede para avaliar a situação de cada uma das 39 obras previstas para estarem prontas até o mundial de futebol.
São projetos que contemplam a sinalização turística, a acessibilidade dos destinos, reformas e construções de Centros de Atendimento ao Turista (CATs), todos contemplados pela Matriz de Responsabilidades da Copa. “O objetivo é obter um diagnóstico da situação de modo a estipular um cronograma final de entregas”, explica Neusvaldo Lima, diretor de Infraestrutura Turística do Ministério do Turismo.
No total, os 39 contratos pactuados representam um investimento de R$ 180,3 milhões. Em uma das pontas da videoconferências estará a equipe do MTur; na outra, representantes de estados e municípios contemplados, representantes da Caixa Econômica Federal, órgão que gerencia o repasse dos recursos, e representantes da Controladoria-Geral da República. Cada projeto será avaliado em uma seção exclusiva, de 17 a 25 de março.
Uma das cidades, Brasília, terá dois contratos analisados, o que representa um investimento de R$ 4,3 milhões. Um deles, prevê a colocação de 1.242 placas de sinalização turística. Mais de cem delas, confeccionadas em três idiomas, já foram instaladas nos principais pontos turísticos de Brasília e arredores, como mostra a foto.
Feitas em aço trincado para suportar o desgaste natural do tempo, as placas receberam uma película de proteção para facilitar a limpeza em caso de pichações, de acordo com a Secretaria de Turismo do Distrito Federal. O investimento total foi de R$ 1,3 milhão, incluindo recursos do Ministério do Turismo e contrapartida do governo distrital.

Nenhum comentário: