Total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de março de 2014

Pousada de Cascais, membro da rede “The Leading Hotels of The World”, passa a ser a primeira unidade hoteleira da Europa a ter um Art District

Art District nasce na Cidadela de Cascais

Grupo Pestana dá vida à arte e inaugurou, a 8 março, novo espaço de criação artística com galerias, open studios e intervenções na Pousada



A Cidadela de Cascais vai tornar-se num sofisticado espaço de criação cultural e acolher o Cidadela Art District (CAD), um projeto arrojado e inovador sob a insígnia do Grupo Pestana. O Cidadela Art District, vai ao encontro de uma política de valorização do patrimônio seguido pelo maior grupo hoteleiro português que, mais uma vez, volta a marcar a diferença ao promover um espaço de desenvolvimento artístico associando a Arte ao Mercado interno e externo de Leisure de Turismo.
quarto da pousada de Cascais


 Sidônio Freitas que me recebeu muito no Pestana da Bahia , agora me recebeu na pousada Cascais, em Cascais, Portugal.


Com este projeto, a Pousada de Cascais, membro da rede “The Leading Hotels of The World”, passa a ser a primeira unidade hoteleira da Europa a ter um Art District. Com a inauguração, a 8 março, a Pousada passou mesmo a adotar a nova designação: Pousada Cascais - Cidadela Historic Hotel & Art District.


O objetivo do projeto é que todos os espaços da Cidadela, desde a Pousada às muralhas da Fortaleza, se transformem em espaços expositivos e que a criação “in loco” seja uma dinâmica constante entre os artistas de residência periódica e os artistas convidados. O Cidadela Art District inclui seis galerias, entre as quais a primeira galeria de arte bruta em Portugal, a Raw Art, seis Open Studios, onde os artistas recebem em pleno processo criativo, 6 Quartos de Autor, a cargo dos artistas residentes e várias intervenções na hotel por um conjunto de artistas residentes e convidados, num verdadeiro movimento de ‘Pousada Take Over’, em que a arte invade todos os espaços.

Na direção artística, o Grupo Pestana conta com Sandro Resende, um dos fundadores do P28, conhecido pelo vasto portefólio e pelas intervenções artísticas de grande mediatismo como o projeto “Contentores”, “Outdoors” ou o mais recente “Janela”. Duarte Amaral Netto, Bruno Teixeira, Paulo Arraiano, Paulo Brighenti , Susana Anágua e Pedro Matos são os artistas residentes e, nas galerias, contam-se a Raw, a estreante CINCO, a Magnética, a Branco, a Viarco e a Allarts.


“Com este projeto o Grupo Pestana volta a marcar a diferença ao aliar a Arte com o Turismo. É um projeto inovador que, acreditamos, terá um enorme sucesso junto do público e que contribuirá para dar visibilidade, lançar e apoiar vários artistas portugueses, não só no país, como, mais tarde, também no estrangeiro. Por outro lado, é também um passo à frente do Grupo Pestana, que se orgulha de oferecer serviços cada vez mais diferenciados aos seus hóspedes”, diz Luís Araújo, administrador do Grupo Pestana.


A agenda do Cidadela Art District integra, por ano, seis Inaugurações bimensais em simultâneo, três concertos anuais e sete intervenções “site specific”, o que torna a Cidadela em um novo agente cultural no Concelho de Cascais. A programação poderá ainda estender-se a outras unidades “Pestana Hotels & Resorts” no país, com a ambição futura de se tornar Internacional.

Além do complexo cultural, os visitantes poderão ainda desfrutar da luxuosa Pousada e de todos os seus serviços, como os dois restaurantes. Enquanto o “Maris Stella” oferece uma
fabulosa vista sobre mar, a “Taberna da Praça”, na Praça de Armas, tem uma imensa variedade de petiscos com origem na cozinha tradicional portuguesa e o “Lobby Bar” uma vasta carta de “short & long drinks” e cocktails.
CIDADELA DE CASCAIS

Inaugurada a 12 de abril de 2012, a Cidadela de Cascais é um dos mais recentes empreendimentos hoteleiros e de lazer do Grupo Pestana. Fica na antiga Fortaleza Nossa Senhora da Luz e é um lugar singular que se caracteriza pela variedade e flexibilidade dos espaços, tanto interiores como ao ar livre. É um destino dentro de um destino com uma oferta diversificada. Com a assinatura da dupla de arquitetos Gonçalo Byrne e David Sinclair, os edifícios foram restaurados de forma a preservar toda a herança histórica, ao mesmo tempo que ganharam vida num projeto de arquitetura moderno e cheio de luz que volta agora a ganhar o brilho cultural de outros tempos.E a pousada de Cascais, tem como diretor geral , Sidônio Freitas que foi diretor geral do Pestana da Bahia e Convento do Carmo, em Salvador.

Sobre o Grupo Pestana:

O Grupo Pestana comemorou em 2012 os 40 anos. Com um percurso de quatro décadas de sucesso, o Grupo tem e gere mais de 90 unidades em Portugal e no estrangeiro, e ainda seis campos de golfe, dois casinos, três empreendimentos de imobiliário turístico, 12 empreendimentos de timeshare, uma companhia de aviação charter e um operador turístico, com o objetivo de oferecer produtos completos e mais atrativos. Na indústria e nos serviços, o grupo de Dionísio Pestana participa na empresa de cervejas da Madeira e na Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, gestora do Centro Internacional de Negócios da Madeira. Ao todo são nove as áreas de negócio onde opera: hotelaria, golfe, casinos, imobiliário turístico, aviação, distribuição turística, timesharing, indústria e serviços.

Na hotelaria, o seu principal negócio, o grupo opera com duas marcas: Pestana Hotels & Resorts e Pousadas de Portugal, cuja gestão da rede assumiu em 2003. São 47 hotéis (23 em Portugal, 1 em Inglaterra, 1 na Alemanha, 9 no Brasil, 3 em Moçambique, 1 na África do Sul, 1 em Cabo Verde, 1 na Argentina, 1 na Venezuela, 1 na Colômbia, 1 em Marrocos, 1 nos EUA, 3 em S. Tomé e Príncipe, 1 em Espanha e 1 em Cuba) e 37 Pousadas em todo o país. Ao todo, são mais de nove mil quartos disponíveis na Europa, em África e na América, sete mil colaboradores e um EBITDA de cerca de 93,7 milhões de euros com mais de 386,3 milhões de euros em receitas, em 2012.

De acordo com a revista norte-americana "Hotels", o Grupo Pestana ocupa a 115ª posição do top 300 das empresas hoteleiras mundiais. Mais recentemente, passou também a ocupar a 26ª posição do European Hotel Survey 2010, no ranking da revista "Hotel Management International".

Nenhum comentário: