Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de março de 2014

Copa abre novas vagas para o setor



A expectativa é que as atividades turísticas gerem empregos em centros de atendimento ao visitante, jogos da Copa, além de postos de trabalho em bares, restaurantes e hotéis

A Copa do Mundo pode gerar 380 mil empregos temporários no país em 2014, de acordo com um estudo realizado pela Value Partners Brasil, uma empresa de consultoria de gestão, a pedido do Ministério do Esporte. As novas vagas serão oferecidas especialmente por bares e restaurantes, em cargos como recepcionista, atendente e garçom.
Esta é uma das razões que tem levado o Ministério do Turismo a investir em qualificação profissional. O objetivo é incentivar o bom atendimento ao turista por meio do Pronatec Turismo, um programa de qualificação profissional que prepara os trabalhadores do setor em 54 atividades turísticas. O programa tem 125 mil pessoas matriculadas e 36 mil vagas abertas nas cidades-sede da Copa para cursos de garçom, auxiliar de cozinha, agente de informação turística, entre outros. Os cursos são oferecidos pelo Senac, Senai, Sesc e Sesi, institutos federais e estaduais de educação.
“O trabalhador que está diretamente em contato com o turista é o nosso principal cartão de visitas. Ao investir em mão-de-obra contribuímos também com a formação do indivíduo e com o desenvolvimento do setor”, diz Vinicius Lages, ministro do Turismo.
Há cerca de mil vagas para interessados em trabalhar nos quatro jogos da Copa que acontecem em Manaus. As vagas são para vendedor, atendente, caixa e recepcionista, todas para profissionais que comprovem fluência em língua inglesa. A remuneração diária varia entre R$ 120 a R$ 170. O trabalhador também recebe vale transporte e vale alimentação, de acordo com a Secretaria de Estado do Trabalho e o Sistema Nacional de Empregos (SINE).
Os Centros de Atendimento ao Turista devem gerar 50 novas vagas em Fortaleza, de acordo com a Secretaria de Turismo do Estado do Ceará; 20 novos postos em Brasília, segundo a Secretaria de Turismo do Distrito Federal; e mais 30 vagas para bacharéis ou técnicos de cursos de Turismo em São Paulo, de acordo com a empresa de turismo e eventos da cidade de São Paulo, a SPTuris.

Nenhum comentário: