Total de visualizações de página

domingo, 30 de março de 2014

CNC patrocina WTM Latin America 2014



Entidade representa os direitos e interesses de empresários do comércio de bens, serviços e turismo de todo o Brasil

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) novamente será patrocinadora da WTM Latin America, o evento mais internacional da indústria do turismo no continente americano – que será realizado entre os dias 23 e 25 de abril no Transamerica Expo Center, em São Paulo, simultaneamente à 41ª edição do Encontro Comercial Braztoa (Associação Brasileira de Operadoras de Turismo).

O presidente do Conselho de Turismo da entidade, Alexandre Sampaio, exalta a participação na feira: “nestes tempos de grandes eventos (Copa e Olimpíadas) no Brasil, a continuidade da realização da WTM Latin America reveste-se de um caráter estratégico, ao propiciar ao trade um espaço de negócios entre compradores, vendedores e instituições públicas e privadas – que denotam o vigor comercial turístico da América Latina. Como representante da cadeia produtiva do turismo nacional, a CNC não poderia estar fora deste momento, incentivando o crescimento do setor e interagindo com o trade, assim como a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA)".

Na edição 2013 da WTM Latin America, mais de 1,2 mil expositores de 60 países puderam estreitar laços, fazer novos contatos e, claro, fechar negócios – todos atraídos pelos avanços econômicos e sociais conquistados pelos países na América Latina. E a CNC aposta neste entrosamento com o trade, propiciado pela feira, para ampliar seus contatos e, consequentemente, a atuação no mercado turístico como um todo. Além disso, o amplo trabalho social desenvolvido pela entidade, com forte incentivo ao turismo, apoia perfeitamente o objetivo da feira: trazer o mundo para a América Latina e promover a América Latina para o mundo.

"O crescimento do turismo na América Latina, ainda que modesto em comparação com regiões como Ásia e Oriente Médio, segundo a OMT, demonstra o contínuo interesse de viajantes internacionais de conhecerem o sul e o centro do continente americano. A América Latina dispõe de uma diversidade de produtos e segmentos turísticos para ofertar, como paisagens e natureza exuberantes, monumentos históricos, diversidade cultural – que se reflete no folclore, na culinária e no artesanato – mas, atualmente, também gera uma demanda importante no movimento internacional face uma nova classe média, com poder aquisitivo, que quer viajar para conhecer outros países”, analisa Sampaio.

“Apenas no Brasil, 35 milhões de pessoas ascenderam à classe média em 10 anos, o que fez com que produtos e serviços participassem da feira com o objetivo de seduzir os latino-americanos a visitar seus destinos. E a ampla atuação socioeconômica da CNC, que administra um dos maiores sistemas de desenvolvimento social do mundo – o Serviço Social do Comércio (Sesc) –, contribui e muito para divulgar os atrativos da América Latina. Por isso, esta parceria, que existe desde o ano passado, é fundamental para o sucesso da feira”, conclui Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America.

Mais informações podem ser obtidas em www.wtmlatinamerica.com.

Sobre a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) é a entidade sindical patronal que representa os direitos e interesses de empresários do comércio de bens, serviços e turismo de todo o Brasil, que respondem por cerca de 1/4 do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e empregam formalmente cerca de 16 milhões de pessoas. A CNC administra um dos maiores sistemas de desenvolvimento social do mundo, o Serviço Social do Comércio (Sesc), com atuação nas áreas de educação, saúde, cultura e lazer, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), principal agente da educação profissional voltada para o setor. Juntos, eles atendem mais de 20 milhões de brasileiros por ano.

O Sistema CNC-Sesc-Senac qualifica o turismo nacional com uma oferta de mais de 140 tipos de cursos em unidades do Senac em todo o País, tendo alcançado mais de um milhão de matrículas gratuitas em 2013. Incentiva o turismo social, ofertando, por meio do Sesc, uma rede extra-hoteleira com 43 meios de hospedagem, capaz de receber 18 mil turistas por dia, com foco nos trabalhadores do setor e seus dependentes.

Nenhum comentário: