Total de visualizações de página

quinta-feira, 6 de março de 2014

ABEAR impulsiona qualificação no setor de transportes


Com foco original na aviação, projeto de formação de líderes ganha adesões de outros modais
 
O que começou como uma iniciativa da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) para promover a qualificação dos profissionais de nível gerencial das empresas aéreas com vistas à formação de líderes para o futuro se tornou um projeto de todo o setor de transportes e que deverá trazer benefícios para outros setores e toda a sociedade. Tiveram início no mês passado as aulas da primeira turma do Programa de Especialização lato sensu em Gestão de Negócios do Transporte, desenvolvido pelo Instituto de Transporte e Logística (ITL), vinculado à Confederação Nacional do Transporte (CNT), em parceria com Fundação Dom Cabral, responsável pela condução das aulas e pelo oferecimento de recursos adicionais de ensino e referência. Além de representantes do setor aéreo, o curso envolve alunos dos setores rodoviário, ferroviário, hidroviário e de logística.
 
“O curso se enquadra dentro de um conjunto amplo de esforços da ABEAR de investimento em pessoas. O resultado é que, por meio da educação, garantimos o desenvolvimento sustentável da aviação nacional nos próximos anos pelo aprimoramento dos bons profissionais que já fazem parte das equipes, agregando mais conhecimentos à experiência prática de que dispõem e aproveitando a familiaridade deles com a cultura própria das companhias”, conta Adalberto Febeliano, consultor-técnico da ABEAR e responsável pelos projetos educacionais da entidade. Para ele, “ao apresentarmos o projeto à CNT, que deu apoio inestimável desde o princípio, outros modais de transporte foram sensibilizados. Como resultado, chegamos ao curso desenvolvido pelo ITL/FDC, que recebe agora sua primeira turma, mas já com interesse manifestado para outras edições”.
 
O transporte aéreo conta com 10 alunos nessa edição. Daniel Tkcacz, gerente de Planejamento da AZUL, é um deles e relata as impressões iniciais: “Apesar de o curso ter começado há pouco, as minhas percepções são positivas. Além de melhorar a parte profissional aperfeiçoando questões técnicas da área de transportes e adquirindo novas práticas de gestão com a minha equipe, terei mais interação com outros modais do transporte, podendo trocar experiências com profissionais de outras empresas”.
 
O curso, oferecido por meio de bolsas integrais, tem como requisito grau superior completo e nível básico de Inglês. Conta com 40 alunos por turma e tem a duração de 14 meses e carga de 360 horas. Desse total, 80% são encontros presenciais, realizados a cada dois meses, na sede do SEST/SENAT, em Brasília. Cada um dos encontros é complementado por atividades à distância, fechando a carga horária. Ao final do curso os participantes entregam um projeto de conclusão, que busca cruzar os ensinamentos teóricos e práticos, que são avaliados por uma banca avaliadora. Outros projetos da ABEAR no desenvolvimento dos profissionais estão prestes a ter início e incluem cursos básicos de qualificação para o setor de transportes (incluindo um específico para pessoas com deficiência), cursos técnicos de formação para carreiras do transporte aéreo, especializações para pilotos e bolsas de formação avançada para profissionais do setor (incluindo programas de Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado). 
 
 
ABEAR
A ABEAR foi criada em 2012 pelas cinco principais companhias aéreas brasileiras – AVIANCA, AZUL, GOL, TAM e TRIP, com a missão de estimular o hábito de voar no Brasil. Entre suas estratégias de atuação estão planejar, implementar e apoiar ações e programas que promovam o crescimento da aviação civil de forma consistente e sustentável, tanto para o transporte de passageiros como para o de cargas. As empresas fundadoras representam 99% do mercado, empregam 57 mil pessoas, dispõem de mais de 450 aeronaves e fazem cerca de 2.700 voos diários. A entidade tem ainda mais duas associadas: TAM Cargo e TAP.
 
 

Nenhum comentário: