Total de visualizações de página

sábado, 25 de janeiro de 2014

Nordeste vai atrair 1,6 milhão de turistas no Carnaval



O movimento será de R$ 1,55 bilhão na região – o que se explica pelo ganho de competitividade dos destinos turísticos e  aumento de visibilidade do país com os grandes eventos

Apenas os estados da Bahia, Ceará e Pernambuco devem atrair 1,6 milhão de turistas para o Nordeste, o que significa um acréscimo de R$ 1,55 bilhão na economia da região. Os dados fazem parte de um levantamento do Ministério do Turismo realizado nas principais cidades brasileiras que celebram a maior festa popular do país.
O acréscimo na economia do turismo é maior que nos últimos anos – e ficará entre 6% e 7%, de acordo com a projeção. Entre as localidades monitoradas, estima-se que o Carnaval reúna 6,6 milhões de turistas e acrescente R$ 6,1 bilhões à economia do país.
O aumento de arrecadação se deve não só ao ganho de competitividade dos principais destinos turísticos do país, como Salvador, Recife e Rio de Janeiro, segundo o Índice de Competitividade do Turismo Nacional, como também ao ganho de visibilidade com os grandes eventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2016.
O carnaval no estado de Pernambuco é o que mais deve atrair turistas na região. De acordo com o levantamento, espera-se que 850 mil pessoas visitem as cidades de Recife, Olinda, Porto de Galinhas e Cabo. A movimentação econômica estimada é de R$ 787 milhões. Este ano, o tradicional bloco de rua de Recife, o Galo da Madrugada, vai homenagear o poeta Ariano Suassuna. Outra novidade é o bloco de samba pernambucano, no pátio do Livramento, em Recife.
O segundo estado nordestino a mais atrair turistas e movimentar a economia do Nordeste é a Bahia. Estão previstos 690 mil visitantes para as cidades de Salvador, Trancoso, Costa do Sauípe e Arraial d´ajuda e um movimento de R$ 639 milhões. Em Salvador, os tradicionais trios elétricos e blocos afros concentram o movimento três circuitos: Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Centro Histórico).
Já o Ceará deve atrair para sua economia R$ 128 milhões nas cidades de Fortaleza, Aquiraz, Jericoacoara e Aracati e atrair 140 mil pessoas.  Em Fortaleza, as festividades ocorrem especialmente na Praia de Iracema, com apresentações de Maracatu; na Avenida Domingos Olímpios, onde desfilam os blocos carnavalescos; e na Praça do Ferreira, local conhecido por celebrar os pré-carnavais.

 

Nenhum comentário: