Total de visualizações de página

sábado, 11 de janeiro de 2014

Mercosul vai criar rotas integradas para o turismo na região



Ministros do Turismo criam grupo de trabalho para estruturar roteiros turísticos interligados entre os países membros do bloco econômico
Os participantes da XIII Reunião de Ministros de Turismo do Mercosul decidiram criar um grupo de trabalho para definir roteiros integrados entre os países membros. Brasil, Argentina e Venezuela apresentaram propostas que serão analisadas pela equipe técnica em reuniões periódicas. 
Os primeiros roteiros são: as Grandes Quedas D'água, que compreendem o Salto Ángel, na Venezuela, e as Cataratas de Iguaçu, com Brasil, Argentina e Paraguai; e a Rota Natural, que liga Manaus a Islã Margarita. Como mote para ligar os membros do Mercosul, os representantes brasileiros sugeriram roteiros que destacam a beleza natural das praias, incluem destinos culturais e atividades de aventura e ecoturismo. A Argentina incluiu na pauta o Roteiro Turístico das Missões Jesuítas, incluindo o Brasil, o Uruguai, o Paraguai e o próprio país proponente.
"Temos atrativos complementares e devemos estruturar ações conjuntas para otimizar a atração de turistas, principalmente nos mercados de longa distância", comentou o ministro do Turismo do Brasil, Gastão Vieira. Além de roteiros integrados, entraram na pauta da XIII Reunião de Ministros do Turismo do Mercosul a adequação das estatísticas do setor, promoção conjunta do bloco, criação de um fundo de divulgação do Mercosul e a reavaliação do projeto de promoção turística no Japão dos países integrantes. 
O ministro de Turismo da Venezuela, Andrés Izarra, ressaltou a importância do aprimoramento dos números do setor conforme recomendações da Organização Mundial do Turismo. “O turismo é uma das atividade que tem contribuído para o crescimento econômico mundial e melhorar os dados desse tema que é transversal a diversos setores da economia é de fundamental importância", disse.
A reunião dos ministros de Turismo do Mercosul antecede o encontro de presidente dos países integrantes deste bloco econômico, prevista para o próximo dia 31. 

Nenhum comentário: