Total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Maior fórum de debates do turismo brasileiro, Fórum PANROTAS - Tendências do Turismo 2014 acontece em abril, em São Paulo


Evento reúne principais líderes políticos e empresariais do turismo nacional e internacional para debater desafios, conquistas e oportunidades para o setor
 O Fórum PANROTAS chega à 12ª edição como o principal fórum de debates do turismo brasileiro ao reunir os líderes, os formadores de opinião e os profissionais mais representativos do setor de turismo em dois dias de intenso compartilhamento de informações e experiências no setor.
O encontro será realizado nos dias 1 e 2 de abril, no Centro Fecomercio de Eventos, em São Paulo. Durante dois dias, os participantes irão assistir a palestras, debates e painéis com tópicos variados focando os desafios e tendências do segmento no Brasil e no mundo.
No ano passado, o evento teve a participação de 1,1 mil pessoas, metade formada por executivos com poder de decisão, entre presidentes, vice-presidentes, sócios e diretores de empresas ligadas ao mercado de hotelaria, aviação, operadoras de turismo, agências de viagens, cruzeiros, entre outras. A programação geral do evento está no site www.panrotas.com.br/forum e as inscrições já estão abertas e podem ser feitas on-line.
Em 2014, entre as principais temáticas eleitas estão a tecnologia e os desafios da comercialização de viagens on-line, a Olimpíada de 2016, a aviação e os aeroportos brasileiros, a economia do turismo, as novidades na hotelaria, o marketing, o empreendedorismo e sucessão no setor. Conheça alguns palestrantes já confirmados para a edição de 2014:
  • Christopher Rodrigues, presidente do Visit Britain, órgão oficial de turismo da Grã-Bretanha desde 2007
  • Eugenio Mattar, CEO da Localiza e membro do Conselho de Administração da companhia
  • Ken Buchanan, presidente executivo de Gestão de Receita do Aeroporto Dallas – Fort Worth International Airport
  • Wilco Sweijen, diretor de Marketing do Amsterdam Airport Schiphol
  • João Nunes, diretor do Aeroporto de Lisboa
  • Julio Bruno, vice-presidente de Negócios Globais do Trip Advisor
  • Luiz Eduardo Falco, presidente da CVC
  • Paulo Sérgio Kakinoff, presidente executivo da Gol
  • Arnie Weissmann, vice-presidente senior da Travel Weekly, líder editoral de publicações para o profissional de turismo nos EUA

O TURISMO NO BRASIL E NO MUNDO
O turismo internacional teve resultados acima das expectativas, com um adicional de 52 milhões de pessoas viajando pelo mundo em 2013, de acordo com o último Barômetro Mundial do Turismo, divulgado pela Organização Mundial do Turismo (OMT). A OMT prevê que as chegadas internacionais aumentem de 4% a 4,5% em 2014 — estimativas acima de sua previsão em longo prazo de 3,8% de crescimento ao ano entre 2010 e 2020.

Já os brasileiros nunca viajaram tanto. O Brasil é hoje o 12º país em montante de receitas gastas no Exterior, também de acordo com os dados da OMT. Por conta disso, o mercado e os viajantes brasileiros têm sido assediados pelos principais destinos do mundo e nunca houve tantas representações internacionais de destinos turísticos e empresas nas mãos de companhias brasileiras. Por outro lado, viajando mais, os brasileiros também começam a cobrar serviços de mais qualidade, como oferecidos em alguns dos grandes destinos globais.

No que diz respeito aos turistas internacionais que visitam o Brasil, segundo dados divulgados pela Embratur em janeiro, os viajantes estrangeiros deixaram US$ 6,7 bilhões na economia brasileira em 2013, consolidando crescimento de mais de 170% nos últimos dez anos. Além disso, os turistas estrangeiros devem injetar US$ 9,2 bilhões (cerca de R$ 22 bilhões) na economia brasileira em 2014, segundo estimativa da Embratur. Caso a previsão seja confirmada, isso representará um crescimento de 38,5% em relação a 2012, quando foram geradas US$ 6,64 bilhões (R$ 15,6 bilhões) em divisas internacionais.

Apesar de ter sido o melhor resultado da história do Brasil, os números ainda são considerados por especialistas aquém do potencial brasileiro, já que em total de turistas recebidos, o Brasil ficou estagnado durante muito tempo. Em 2012 (2013 ainda não foi divulgado), 5,7 milhões de estrangeiros visitaram o Brasil. No ano 2000, o Brasil recebeu 5,3 milhões de estrangeiros e o crescimento em 12 anos foi de apenas 400 mil novos visitantes.

Contudo, o turismo é o setor da economia brasileira que mais capta divisas para o País na conta de serviços, que registra receitas e despesas em transporte, viagens, seguros, royalties e aluguel de equipamentos. Atualmente, o setor de Viagens e Turismo contribui diretamente com R$ 150,6 bilhões para o PIB brasileiro ou 3,4% do total. Se forem consideradas as contribuições diretas e indiretas, esse número sobe para R$ 402 (9,1% do PIB).

Viagens e Turismo gera 3 milhões de empregos diretos no Brasil e 8,5 milhões de postos de trabalho diretos e indiretos, sendo responsável por mais de 8% do total de empregos no País, de acordo com dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC / wttc.org).
O Fórum PANROTAS 2014 acontece em aliança institucional com CNC Sesc Senac e patrocínio de CVC, Gol, American Airlines, GJP Hotels & Resorts, Sabre, Tap Portugal, GTA, Esferatur, Totvs Reserve, Best Western, Bysense, Farecompare, Localiza e Royal Palm Plaza. A área de gastronomia será tematizada pelo Estado de Pernambuco e a assessoria de Imprensa é realizada pela B4T.

Nenhum comentário: