Total de visualizações de página

sábado, 15 de junho de 2013

TAP apresenta seus novos e colecionáveis amenity kits


 
A TAP apresenta seus novos amenity kits, recicláveis, colecionáveis eNecessaires 2012-13.jpgISEND decorados com reproduções de obras de arte da reconhecida artista brasileira Leda Catunda, da portuguesa Paula Rego e do africano Antônio Ole. Os estojos contêm itens de conforto feitos com materiais 100% naturais e no interior da tampa há um perfil do artista. 
 
Aprofundar a divulgação internacional dos valores da cultura brasileira, portuguesa e africana está ajustado com a estratégia da companhia de valorizar a ligação da TAP aos países de língua oficial portuguesa. 
 
Leda Catunda, natural de São Paulo, nasceu em 1961, licenciada em Artes Plásticas na Fundação Armando Alvares Penteado, completou o doutoramento na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, foi aluna de Regina Silveira, Júlio Plaza, Nelson Leirner e Walter Zanini. Integrou a famosa exposição Como Vai Você, Geração 80? no Rio de Janeiro em 1984 e recebeu o Prêmio Brasília de Artes Plásticas/Distrito Federal na categoria aquisição, em 1990. O kit retrata Ilha Bela, 2008.
 
Paula Rego nasceu em Lisboa, em 1935 e frequentou a ST. Julian’s School, em Carcavelos, onde reconheceram o talento para a pintura. Prosseguiu os estudos na Slade School of Art de Londres, cidade onde fixou residência anos mais tarde. Entre as muitas distinções que recebeu pela sua enorme vitalidade criativa e sua pintura livre, direta e intimista, destaca-se o Grande Prêmio Soquil em 1997 e o Prêmio Celpa / Vieira da Silva de Consagração em 2001. 
 
Antônio Ole artista plástico e fotógrafo, nasceu em Luanda em 1951. Com apenas 16 anos realizou a primeira exposição na sua cidade natal, estreou internacionalmente em 1984, no Museum of African American Art de Los Angeles. Os seus trabalhos que denotam a influência  das raízes africanas, acentuada pela utilização de elementos tradicionais, têm sido aplaudidos em inúmeras exposições, bienais e festivais de arte de todo o mundo com Havana, São Paulo, Sevilha, Berlim, Joanesburgo, Dakar, Amesterdão e Veneza.

ABIH-BA DIVULGA DESEMPENHO DA HOTELARIA EM SALVADOR NO MÊS DE MAIO



A hotelaria de Salvador apresentou em maio uma taxa média de ocupação de 51,22% e diária média de R$ 194,07, gerando um Revpar (indicador ponderado da diária e ocupação) de 99,40. Comparando-se estes resultados com igual período do ano anterior, verifica-se estabilidade na taxa de ocupação (maio de 2012: taxa de ocupação de 52,53%) e aumento de cerca de 8% da diária média, muito provavelmente em função da realização do Stock Car, período no qual verificou-se melhora dos indicadores na maioria dos hotéis pesquisados, equilibrando os resultados no que é tradicionalmente considerado o pior mês para a hotelaria e turismo.

 

Estes dados são fruto da pesquisa Taxinfo, realizada em parceria entre a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis –seções Bahia e Brasil. Em Salvador, participam da pesquisa uma amostra de 25 grandes e médios hotéis, que oferecem 4.357 apartamentos, o que corresponde a cerca 21% do total (20 mil apartamentos ou 40 mil leitos, segundo a Pesquisa de Serviços de Hospedagem de 2011 do IBGE). Os dados são fornecidos mensalmente pelos próprios hotéis ao Portal Cesta Competitiva e a média resultante constitui indicador para avaliar a evolução da atividade de hospedagem em nossa capital.

“Algumas ações em curso como a requalificação de trechos da orla (Boca do Rio, Barra) e o anúncio da modernização do Parque de Pituaçu, indicam que as esferas do setor público estão se articulando para mudanças de fato, necessárias para recolocar Salvador no patamar que lhe cabe dentre as mais bonitas capitais turísticas do país”, pondera Manolo Garrido, Presidente daAbih-Ba.


 

Galeria chocolate lança éclair com inspiração na França


Inspirada nas melhores pâtisseries françaises a Galeria Chocolate traz para você um doce prazer com o lançamento das eclairs. A tradicional  e tão apreciada bomba de chocolate ou de creme, um ícone das confeitarias que viveu seu auge na São Paulo do fim dos anos 80, voltou a ser uma das estrelas entre as boutiques de doces. O chocalatier Daniel Goldberg lança três versões de éclairs para adoçar o inverno deste ano.
Feitas com massa choux leve e aerada (usada para produção de bombas e carolinas, geralmente leva água, farinha e manteiga), as éclairs são recheadas com ganache de chocolate  acrescido de ingredientes variados que dão o sabor final a cada criação.
Com o avanço da técnica da pâtisserie francesa, que evoluiu e passou a exportar suas criações e também mestres confeiteiros para o mundo, a éclair, doce criação dos franceses datada de 1860, retornou com tudo. “Ano passado estive em Paris para estudar a confeitaria francesa. Voltei não só com lembranças na bagagem, mas com muitas ideias e inspirações e as éclairs foram uma delas”, conta o chocalatier Daniel Goldberg.
Élclairs
  - Éclair Renata - Ganache de chocolate branco com redução de aceto balsâmico, 10 cm. R$ 10,20;
 - Éclair Isabela - Ganache de chocolate amargo 70% com redução de vinho do porto, 10 cm. R$ 10,20;
 - Éclair Graça - Ganache de queijo brie com chocolate branco e redução de amora 10 cm,
R$ 10,20.

Sobre a Galeria Chocolate
Em uma localização privilegiada, próxima a alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade de São Paulo, a chocolateria reúne a sofisticação e a elegância em um ambiente agradável e acolhedor no bairro Moema.
Serviço
São Paulo – SP
Rua Gaivota, 779 – Moema
(11) 5051-1302
Horários: terça a sábado e feriado (10h às 20h) e domingo (10h às 18h)

CÂMARA DE COMÉRCIO ARGENTINO BRASILEIRA DE SÃO PAULO COMEMORA 70 ANOS





 


Atual presidente, Alberto Alzueta é um dos responsáveis por
fomentar as relações bilaterais entre Brasil e Argentina.

A Camarbra (Câmara de Comércio Argentino Brasileira de São Paulo), fundada em 20 de dezembro de 1943, tem como principal objetivo intermediar relações bilaterais entre brasileiros e argentinos. Neste ano, a entidade completa 70 anos, atuando desde então focada em concretizar um ambiente de discussão e soluções adequadas às instâncias diplomáticas, governamentais, políticas ou empresariais pertinentes, propiciando o desenvolvimento de negócios dentro dos princípios de ética e liberdade de comércio.

Neste contexto, são desenvolvidas estatísticas, pesquisas e informações relativas ao comércio exterior do Mercosul, prestação de serviços de assessoria relativa ao segmento, além de eventos técnicos e culturais. O Centro de Negócios Córdoba Brasil, é um exemplo dessa atuação a favor de parcerias empresariais. Inaugurado pelo governador de Córdoba, José Manuel de la Sota e do presidente da Camarbra, Alberto Alzueta, em São Paulo, o centro preza principalmente pela cooperação industrial, de extrema significância para ambos os países.

 “Saber que Córdoba escolheu o Brasil para ser seu parceiro estratégico é um contraponto para a realidade atual. Essa aliança estratégica otimiza e fortalece a capacidade de ambos, no âmbito global, principalmente no que diz respeito a produção de alimentos, matriz energética e recursos naturais”, resume Alida Bellandi, atual presidente do Conselho da Câmara.        
                                                  
Além desta troca de cunho comercial entre as regiões, a Camarbra quer promover a troca de conhecimentos entre jovens empreendedores, por meio de missões comerciais de pequeno e médio porte, dirigidas por jovens empresários. Em paralelo, visa incentivar a integração de cursos profissionalizantes, em que argentinos e brasileiros poderão estudar no país vizinho, por meio de bolsas de estudo. “Esse intercâmbio de experiência, informação e projetos são os nossos principais pilares”, explica Alberto Alzueta.

Ao longo dos anos, a Camarbra investe também em outras ações contínuas para estreitar as relações entre Brasil e Argentina, como a tradicional Festa da Amizade e Integração, que é realizada anualmente há 70 anos, com homenagens e premiação a empresas e pessoas que contribuíram para consolidar laços culturais e comerciais entre os dois países. Para 2013, a entidade planeja investir em novas parcerias, com províncias da Argentina, com a Secretaria de São Paulo, com o Governo do Estado de São Paulo – na área educacional, além de incentivar o turismo alternativo de Córdoba.
                                                                                                                 
Você obtém mais informações sobre estas e outras ações da Câmara de Comércio Argentino Brasileira de São Paulo em: www.camarbra.com.br

Sobre a CAMARBRA:
A Câmara de Comércio Argentino Brasileira de São Paulo, fundada em 20 de dezembro de 1943, tem como principal objetivo intermediar relações bilaterais entre brasileiros e argentinos, oferecer estatísticas, pesquisas e informações relativas ao comércio exterior do Mercosul, prestar serviços de assessoria relativa ao segmento, além de organizar eventos técnicos e culturais. Mais informações em www.camarbra.com.br

AUMENTOS EXCESSIVOS EM HOTÉIS SERÃO ENCAMINHADOS À DEFESA DO CONSUMIDOR


Presidente da Embratur, Flávio Dino, anunciou dia 12, o envio do registro dos principais aumentos de preços durante os megaeventos para a Secretaria de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça
 
O presidente da Embratur, Flávio Dino, anunciou, dia (12) em Brasília, dados preliminares do levantamento feito pela instituição a respeito das tarifas cobradas por hotéis durante a Copa do Mundo 2014. A tarifa média do Rio de Janeiro durante os jogos da Copa é de 461 dólares, mais que o dobro da taxa média durante a Copa das Confederações deste ano. Em Fortaleza, que junto com o Rio receberá a maior parte dos jogos, a tarifa média é de US$ 355. Três vezes maior que a tarifa média de US$ 119 durante a Copa das Confederações.
 
 
“Esse aumento não consegue encontrar explicação em nenhuma projeção de inflação, carga tributária ou o chamado custo Brasil”, afirmou Dino. “Por isso, todos os casos considerados abusivos serão encaminhados à Secretaria de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça”.
 
Na avaliação de Dino, esses aumentos, sem explicação, comprometem a principal possibilidade de ganho com os megaeventos: a projeção de imagem do país. “O conjunto de investimentos públicos que está sendo feito para a organização dos eventos visa, além da melhoria de vida da população dessas cidades, a projeção de imagem do Brasil como um ótimo destino turístico”, afirma. Com esses investimentos, Dino acredita que o país pode ter um crescimento sustentado do turismo internacional, que é uma importante alavanca de desenvolvimento econômico. “Mas isso está sob risco, caso os estrangeiros considerem nossos serviços caros”, aponta.
 
Pesquisa de Preços da Hotelaria
 
Após a Rio+20, primeiro da série de megaeventos que o país receberá, a Embratur criou um sistema de monitoramento de preços para que sirva de debate com a sociedade e o setor hoteleiro, a Pesquisa Internacional de Preços da Hotelaria (PPH), publicada no Diário Oficial da União em junho.
 
A pesquisa faz levantamento da média tarifária de hotéis em 10 cidades brasileiras e as compara com 10 cidades no exterior. A pesquisa leva em consideração os turistas que viajam a Negócios e Lazer. São utilizados os seguintes parâmetros: tempo entre a data da consulta e o início da hospedagem, período de estada, destinos pesquisados no Brasil e destinos pesquisados no exterior. Além disso, são catalogados os dados referentes às acomodações de três categorias: econômico, médio e alto conforto e, a menor e maior tarifa encontrada em cada estabelecimento com café da manhã incluso.
 
Os hotéis dos destinos brasileiros que são pesquisados a Negócios são: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Curitiba, Belém, Salvador e Fortaleza. Já a Lazer os destinos são: Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza, Recife, Florianópolis, São Paulo, Manaus, Natal, Foz do Iguaçu e Gramado.
 
No exterior, são analisados os hotéis das seguintes cidades a Negócios: Santiago do Chile, Buenos Aires, Nova Iorque, Paris, Londres, Tóquio, Viena, Dubai, Milão e Frankfurt. E, a Lazer: Santiago do Chile, Buenos Aires, Nova Iorque, Paris, Londres, Miami, Sydney, Barcelona, Rep. Dominicana e Cancún.
 
Para acessar os dados da Pesquisa Internacional de Preços da Hotelaria (PPH), clique no link abaixo:
 
 

TAM lança assistente virtual com sistema de inteligência artificial



 
Desenvolvida pela Next IT, a aplicação da ferramenta
é inédita no setor aéreo brasileiro


 
Desde o dia 13 de junho, os clientes da TAM passaram a contar  com uma nova ferramenta de atendimento. Julia é o nome da atendente virtual que estará disponível no site www.tam.com.br para auxiliar os passageiros a esclarecerem suas dúvidas.
A principal função dela nesta fase inicial é ajudar o cliente a encontrar informações armazenadas no site da companhia. Contudo, o potencial da ferramenta é muito maior. A atendente virtual vai adquirindo conhecimento a cada nova pergunta. Isto porque utiliza um sistema de inteligência artificial, desenvolvido pela Next IT, já utilizado por companhias aéreas como Alaska Airlines e United Airlines, além de Aetna, Amtrak, Gonzaga University e Exército Americano.
Segundo Rodrigo Trevizan, diretor de Vendas Diretas da TAM, grande parte dos clientes que acionam a central de atendimento pelo telefone já acessaram o site da empresa. Contudo, preferem interagir com um atendente para esclarecer dúvidas não solucionadas na internet. “A Julia vai atender essa demanda inicial. A perspectiva é que o índice de satisfação aumente com a localização da informação em segundos, além de liberar a equipe da central de atendimento telefônico para atuar em demandas mais complexas”, detalha Trevizan.

As dúvidas não solucionadas imediatamente serão tratadas por uma equipe de suporte da empresa e as respostas imputadas na rede neural virtual da atendente. Da próxima vez que as mesmas questões forem feitas por outros clientes, a atendente virtual já saberá a resposta. É um processo de aprendizagem, mas a capacidade de processamento é muito maior do que a de um humano. Neste momento, com todo o conteúdo que já foi armazenado, ela pode responder questões genéricas e direcionar para áreas do site. “Esta iniciativa é parte de um objetivo maior que é nosso foco no cliente e em prover para ele informações precisas durante todos os novos processos”, avalia Trevizan.

A experiência de outras companhias aéreas no mundo demonstra que o conteúdo armazenado, com base nas questões formuladas para a atendente virtual, faz com que a empresa conheça cada vez mais as necessidades do cliente. Desta forma, a ferramenta acaba se transformando em um repositório de business intelligence, que contribui para melhorar atendimento, mudar processos e até mesmo orientar a criação de novos produtos.
 

Plataforma tecnológica

A Next IT http://www.nextit.com, empresa selecionada pela TAM para desenvolver o sistema da atendente virtual, foi fundada em 2002, em  Washington (EUA), na cidade de Spokane. Segundo Marcos Davidiuk, diretor de Operações da Next IT no Brasil, a solução de inteligência artificial, desenvolvida por eles, utiliza técnicas de Programação de Linguagem Natural (NLP), em conjunto com uma tecnologia aplicada que permite a compreensão da intenção das perguntas feitas pelos usuários indo além da busca por palavras chave.
 
O sistema é capaz de fornecer respostas considerando o contexto de onde as perguntas são feitas além de dados personalizados dos usuários, consumidos de sistemas de CRM (sistema de gerenciamento de relacionamento com o cliente) ou dicas deixadas pelos clientes durante a conversação. Assim o processo de inteligência vai sendo construído com base em diversas fontes.

Davidiuk explica que o sistema, criado pela Next IT, para companhias aéreas parte de um modelo comum de linguagem, denominado Alme. Esta plataforma traz o benefício do aprendizado adquirido em função das milhões de perguntas feitas pelos usuários. “Depois da implantação, cada empresa pode customizar o modelo e adequá-lo a suas necessidades”, destaca o executivo.
 
Para implantação do modelo da TAM foi utilizada a solução de SDL BeGlobal, que permite  tradução para o idioma português. O modelo de linguagem Alme incluiu novos termos e especificidades da TAM, bem como respostas que estão alinhadas com o posicionamento de marca da empresa.
 
“Ter a TAM como nosso primeiro cliente no Brasil é uma grande honra para a Next IT e estamos trabalhando para que nossa tecnologia colabore com a missão da TAM em prestar sempre o melhor serviço a seus clientes” afirmam os sócios da Next IT do Brasil Edsá Sampaio e Henrique Cardoso.
                     
Sobre a TAM
 
A TAM (www.tam.com.br) opera voos diretos para 42 destinos no Brasil e 18 na América Latina, nos Estados Unidos e na Europa. Por meio de acordos com empresas estrangeiras, chega a outros 92 destinos internacionais, incluindo a Ásia. A companhia foi fundada em 1976. É a líder do mercado doméstico, com market share de 38,4% no último mês de abril. Também detém a liderança entre as companhias brasileiras que operam rotas para o exterior, com 88,7% do mercado em abril. A TAM atende seus clientes com Espírito de Servir e busca tornar as viagens de avião cada vez mais acessíveis ao conjunto da população. É pioneira, entre as companhias aéreas brasileiras, no lançamento de um programa de fidelização. O TAM Fidelidade, que possui hoje 10 milhões de associados, já distribuiu mais de 25 milhões de bilhetes por meio de resgate de pontos e faz parte da rede Multiplus. É membro da Star Alliance e, desde 27 de junho de 2012, a companhia faz parte da holding LATAM Airlines Group S.A, resultado de sua associação com a LAN Airlines S.A. Esta associação gera um dos maiores grupos de companhias aéreas do mundo em malha aérea, oferecendo serviços de transporte de passageiros para cerca de 135 destinos, em 22 países, e serviços de carga para aproximadamente 144 destinos, em 27 países, com uma frota de 318 aviões.



Pelourinho terá forró no palco e futebol em telões de LED


Iniciativa da Bahiatursa é voltada para baianos e turistas

Os mais de 90 mil visitantes de outros estados e países que passarem por Salvador, durante a Copa das Confederações, terão motivos de sobra para visitar o Pelourinho, principal cartão-postal da cidade. Além da intensa programação com os principais artistas de forró do Brasil, o local terá ainda exibição gratuita dos jogos da competição, com destaque para os dias de jogos do Brasil e da partida Nigéria e Uruguai, que será realizada na Arena Fonte Nova.

Dois telões de LED em alta definição serão montados pela Bahiatursa no Largo do Pelourinho e Terreiro de Jesus para baianos e turistas acompanharem de perto o futebol e participar de um arrasta-pé animado. No dia 20, data do confronto entre nigerianos e uruguaios, um trio de forró fará a prévia do jogo e, quando a bola parar de rolar, a festa no Terreiro ficará por conta de atrações como Trio Nordestino e Cangaia de Jegue. No Largo do Pelô, o principal nome será o de Quininho de Valente.

No dia 22, quando a Fonte Nova receber o clássico Brasil x Itália, o forró ficará por conta de um trio pé de serra e dos já consagrados Adelmário Coelho, Eugênio Cerqueira, a banda Laços do Forró e Gennaro, O Tocador. No Largo do Pelô, tocarão Jota e Cia., Celo Costa e Lui Muritiba.

Na noite de São João (23), haverá Nigéria e Espanha no telão, e no palco, A Volante do Sargento Bezerra, Genival Lacerda, Bruninho do Acordeon e Carlos Vilella (Terreiro), além de Banda Cactus, Forró Culé de Xá e Edd Bala (Largo).

O mesmo esquema com futebol e arrasta-pé será mantido nas semifinais, decisão do terceiro lugar e final. A grade completa de atrações está disponível no site www.saojoaobahia.com.br.

Veja abaixo a programação dos dias de jogos:


Terreiro de Jesus
Largo do Pelourinho
20 de junho (quinta-feira)
Trio de Forró
Cangaia de Jegue
Trio Nordestino

22 de junho (sábado)
Trio de Forró
Adelmário Coelho
Eugênio Cerqueira
Laços do Forró
Gennaro, O Tocador

23 de junho (domingo)
A Volante do Sargento Bezerra
Genival Lacerda
Bruninho do Acordeon
Carlos Vilella

24 de junho (segunda-feira)
Trio Virgulino
Gilberto Gil
Bicho de Pé

26 de junho (quarta-feira)
Trio de Forró
Val Macambira

27 de junho (quinta-feira)
Trio de Forró
Virgílio

28 de junho (sexta-feira)
Gereba
Estakazero
Jó Miranda

29 de junho (sábado)
Carlos Pitta
João Sereno
Cicinho de Assis

30 de junho (domingo)
Trio de Forró
Del Feliz
Zelito Miranda
Santanna, O Cantador

20 de junho (quinta-feira)
Trio de Forró
Atração Local
Quininho de Valente

22 de junho (sábado)
Atração Local
Celo Costa
Lui Muritiba
Jota do Forró

23 de junho (domingo)
Trio de Forró
Banda Cactus
Forró Culé de Xá
Edd Bala

24 de junho (segunda-feira)
Zabumbaião
Sarapatel com Pimenta

28 de junho (sexta-feira)
Ú Tal do Xote
20 Xotear
Zé Gomes

29 de junho (sábado)
Ton Ton Flores
Acarajé com Camarão
Rosa Bahiana

30 de junho (domingo)
Atração Local
Chambinho do Acordeon
Forrozão Língua de Sogra


Hazbun assina com a BHG parceria no Riveira de Ponta Negra


Fato consumado, a BHG S. A. – Brazil Hospitality Goup, assinou um Memorando de Entendimentos com a Construtora Hazbun para a incorporação do Riviera de Ponta Negra na cadeia de hotéis de alto padrão internacional Golden Tulip.
Já em fase avançada de construção.O moderno projeto original da arquiteta Olga Portela já recebe o acabamento da fachada e se prepara para um novo lançamento no mercado imobiliário.
O empreendimento terá uma torre residencial com serviços exclusivos e 120 apartamentos e a outra funcionará um hotel com a bandeira Golden Tulip com 168 quartos incluindo um business center, área de lazer, salas de eventos, restaurantes e galeria de lojas.
A BHG será sócia do projeto com participação minoritária e também responsável pelo investimento e implantação da parte de mobílias e equipamentos para melhor funcionamento da operação. O diretor de operações Reginaldo Olivi estará em Natal na próxima segunda feira para concluir a operação.
A BHG é uma das principais empresas de hotelaria do país, com hotéis próprios e administrados divididos nas categorias 3, 4 e 5 estrelas. A companhia é a responsável pela marca Golden Tulip na América do Sul e obtém capital aberto, com ações negociadas no Novo Mercado da Bovespa.

UM MUNDO DE AVENTURAS SOBRE AS ÁGUAS DE PORTO DE GALINHAS

AS ÁGUAS DE PORTO DE GALINHAS

Balneário de Porto de Galinhas é reduto de
excelentes opções de esportes aquáticos

O stand up paddle é mais nova modalidade que cresce no Brasil
Quinto destino turístico de lazer mais procurado do Brasil, Porto de Galinhas representa também uma ótima escolha para esportes náuticos. Uma dica é a praia de Maracaípe. Com quatro quilômetros de extensão e caracterizada pelas ondas fortes e constantes que chegam a 2  metros de altura, é frequentada por surfistas e praticantes do longboard.

Já no Pontal de Maracaípe, os ventos favorecem a prática do kitesurfe, no qual é utilizada uma prancha tracionada por uma pipa. O esporte de origem francesa mistura técnicas de voo livre, windsurfe, esqui aquático e surfe. Para usar as “pranchas voadoras”, é preciso treinamento especializado, oferecido pela Escola Pernambucana de Kitesurfe e pela PWS. O balneário possibilita a prática de windsurfe, caiaque e passeios de lancha e jet ski.

O stand up paddle, também conhecido como SUP, chegou do Havaí para ficar no Brasil e ganha mais adeptos especialmente em Porto de Galinhas. Desde o ano passado, o Pontal do Maracaípe reúne praticantes do esporte com cada vez mais simpatizantes. É uma excelente opção de condicionamento físico, fortalecendo braços, pernas e abdômen e indicado para iniciantes do esporte.

Para Carlos Chalaça, competidor de kitesurfe (wave) e stand up paddle (wave) e vencedor do último Gold Island em Itapuama, o local é um dos melhores do mundo para a prática de esportes náuticos. “Desde os 15 anos já praticava esses esportes que começavam a virar febre no Brasil. E o Pontal é o lugar onde você pode encontrar de tudo: ondas grandes, pequenas, piscinas naturais, fundos de corais e o Rio Maracaípe”, destaca.

Para o presidente da Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG), Otaviano Maroja, o balneário oferece aos turistas e esportistas de plantão, amadores ou profissionais, uma infraestrutura cada vez mais ampla de hospedagem e de serviços. “Não à toa, todos os anos a praia torna-se sede do Campeonato Mundial de Surfe”, ressalta.

Sobre a Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas

Entidade privada sem fins lucrativos, a AHPG foi criada no início de 1992 e representa os principais hotéis e resorts de Porto de Galinhas. Quinto destino em turismo de lazer mais visitado do país no ranking das operadoras, e o primeiro do Estado de Pernambuco, apresenta uma oferta hoteleira de 13 mil leitos. Além de belas praias e piscinas naturais, o destino oferece esportes náuticos, uma gastronomia sofisticada, rico artesanato e muitas opções de entretenimento. Por dez anos consecutivos, Porto de Galinhas foi considerada a melhor praia do Brasil pelos leitores da revista Viagem & Turismo. Em 2012, conquistou pela segunda vez o Top of Mind entre as praias do País.

Mais informações: (81) 3552-1205

Cidades secundårias do nordeste são destaque em painel do Brasil Hospitality Investment Conference




A relevância econômica e o crescimento dos parques industriais das médias e pequenas cidades tem atraído cada vez mais redes hoteleiras a estes pólos.


Durante o evento, que marcou oficialmente o inicio das operações da Questex no Brasil, realizado nos dias 13 e 14 de junho no hotel Tivoli Mofarrej em São Paulo, os anúncios foram animadores no reforço ao desenvolvimento das chamadas cidades secundárias.

A Rede Vert Hotéis,  que trabalha com os hotéis Ramada, do grupo Wyndham,  maior empresa do mundo no setor, viu nestas cidades, boas oportunidades de investimento. O primeiro dos contratos fechados para instalação de hotel fora do sudeste, foi o Ancore em petrolina, distante 721 km de recife, com 124 quartos e investimento em torno dos dez milhões de reais. Há negociações para futuras instalações em Suape, na cidade do Cabo de Santo Agostinho, também em Pernambuco; Itabuna na Bahia; Mossoró no Rio Grande do Norte e Arapiraca em Alagoas.

A rede Accor,  líder absoluta de mercado com 176 hotéis em funcionamento no Brasil, está presente em todas as capitais e muitas cidades do interior do nordeste, já são vinte e cinco hotéis em funcionamento e outros vinte e cinco em fase de instalação.  Este ano, inaugurou uma unidade Ibis em Mossoró, e até o fim de 2013, o Ibis Vitória da Conquista, na Bahia. Em 2014, a expectativa é colocar em funcionamento o Ibis Imperatriz e Ibis Bacabal, ambos no Maranhão.  O Investimento da rede no nordeste para os próximos três anos será proximo a um bilhão de reais gerando algo em torno de 2 mil empregos.


Em alguns estados, o crescimento das chamadas cidades secundárias, tem sido de tal relevância, que deixa pra trás as capitais, como é o caso por exemplo de Juazeiro do Norte no Ceará, que cresceu 32% em 2012, enquanto a capital, Fortaleza, cresceu 30%, de acordo com dados levantados pela empresa de pesquisa mercadológica, DataStore. Por outro lado, o avanço do contingente populacional e econômico, não tem sido acompanhado pela oferta de hotéis. O público, cada vez mais exigente, tem que na maioria das vezes se contentar com empresas familiares e hotéis e pousadas improvisados.

Em pesquisa realizada pela universidade de são Paulo, constatou-se que 75% dos hotéis das cidades secundárias tem gestão familiar, enquanto apenas 25% é gerenciada por redes de hotelaria. Falta de profissionalização aliada a carência de mão de obra, são alguns dos entraves do setor.

"Com a melhoria da renda da população, aumento do poder aquisitivo, a força de trabalho que antes seria potencialmente atuante no setor de hotelaria, estå migrando paulatinamente", afirma Amilcar Mielmiczuk, diretor-financeiro Da Vert Hotéis. Os espaços de formação de mão-de-obra estão prioritariamente qualificando para o setor de tecnologia, além disso, a velha cultura do movimento migratório de estados mais pobres em busca de trabalho nos grandes centros urbanos se inverteu ou, no mínimo diminuiu substancialmente, como era a antiga movimentação nordeste-sudeste. "Esta acontecendo inclusive o contrario, trabalhadores do sudeste, retornando aos seus estados de origem por conta do boom econômico que toma a região", completa. Busca-se mais qualificação e melhores empregos.

Apesar do crescimento, 104 milhões de pessoas no Brasil ainda ocupam a base da pirâmide econômico-social, entre eles, as classes B, C e D que agora viajam a negócios e querem qualidade. Por isso, há a preferência das redes por inaugurarem nestas cidades, hotéis business, os chamados budgets, de baixo e médio custo. Melhorar a qualidade dos produtos é justamente o que buscam as redes com a entrada nos mercados do interior, a padronização dos serviços.

 

EMBRATUR APRESENTA CESTA DE PRODUTOS PARA ATRAIR TURISTAS AO MUNDIAL 2014


 
A um ano da competição esportiva com maior repercussão no mundo, o presidente da Embratur vai anunciar, no Centro Aberto de Mídia, no Rio de Janeiro, o conjunto de ações de promoção do Brasil no exterior
 
 A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) organiza uma série de ações para divulgar e promover o Brasil no exterior  aproveitando a janela da Copa 2014, que projetará a imagem de, ao menos, 12 cidades brasileiras em todo o mundo. Um novo site, aplicativo para celular e tablets, além de promover nossas festas juninas e a  beleza de nossas  cidades históricas  são  alguns dos destaques que constam na cesta de produtos que o Instituto está desenvolvendo para atrair cada vez mais turistas estrangeiros ao Brasil.  Essas ações serão apresentadas, em detalhes, para a mídia internacional e nacional, no Centro Aberto de Mídia, localizado no Forte de Copacabana, Rio de Janeiro, na próxima terça-feira (18).
 
A Copa do Mundo FIFA 2014 vai coincidir com a realização das festas juninas, uma das maiores manifestações culturais do país. Pensando em promover os festejos e os destinos turísticos, a Embratur lançará um edital no valor de R$ 4 milhões para que as cidades divulguem as atrações típicas do mês de junho em feiras, workshops e seminários.
 
“A megaexposição do Brasil no período do mundial será uma excelente oportunidade para incentivar a movimentação dos turistas entre um jogo e outro, além de mostrar para os 20 mil jornalistas de todo o mundo a nossa diversidade cultural”, afirmou o presidente da Embratur, Flávio Dino .  
 
As cidades e os monumentos históricos também estão no pacote que a Embratur enfatizará durante as ações de promoção do Brasil no exterior nos próximos 12 meses. Um edital no valor de R$ 2 milhões será lançado pelo Instituto para promover as cidades reconhecidas como patrimônio cultural. O anúncio foi feito pelo presidente da Embratur durante reunião com secretários estaduais e municipais de turismo. “Nesse campo, o Brasil já tem um vasto potencial muito pouco explorado”, frisou Dino.
 
Na área das tecnologias e da comunicação virtual, o Instituto está preparando um novo site de promoção do país que auxiliará o turista a preparar uma viagem ao Brasil. Além disso, o viajante tem a possibilidade de conhecer virtualmente todos os estados e destinos turísticos brasileiros.
 
A Embratur também colocou à disposição dos turistas um aplicativo para smartphones, o Brasil Mobile  que funciona como um guia turístico. O aplicativo tem informações sobre as cidades-sede da Copa e permite ao turista estrangeiro aprender algumas frases em português.
 
 
Competitividade
Além de promover e divulgar os destinos e produtos turísticos brasileiros no exterior, a Embratur também está preocupada em dizimar a imagem de que o Brasil é um país caro. As altas tarifas cobradas pelos hotéis em algumas cidades e a dificuldade em conseguir passagens aéreas a preços razoáveis levaram o presidente da Embratur a tomar algumas providências para  coibir abusos. Uma delas é a realização da Pesquisa Internacional de Preços da Hotelaria, monitoramento feito em 10 cidades brasileiras e 10 cidades do exterior para comparar as tarifas cobradas nos hotéis.
 
Faltando exatamente 365 dias para o pontapé que dará início ao grande espetáculo do futebol mundial, a equipe de economistas da Embratur constatou que os preços praticados por alguns hotéis de cidades-sede sofreram aumento de até 376% .
 
“Esse aumento não consegue encontrar explicação em nenhuma projeção de inflação, carga tributária ou o chamado custo Brasil”, afirmou Dino. “Por isso, todos os casos considerados abusivos serão encaminhados à Secretaria de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça”.
 
Abrir a aviação doméstica para que empresas estrangeiras passem a operar no país é outro ponto considerado fundamental para incrementar o turismo brasileiro. “A política de céus abertos já acontece na União Europeia e deu excelentes resultados, com preços bem competitivos. Precisamos refletir sobre a questão aqui no Brasil”, ressaltou o presidente.
 

ESTUDAR NA ARGENTINA OFERECE O MELHOR CUSTO BENEFÍCIO PARA INTERCAMBISTAS



No mercado há sete anos, Educar já contribuiu para a formação pessoal e profissional de aproximadamente 4.500 estudantes na encantadora terra do tango.

Muitos estudantes possuem o sonho de fazer um intercâmbio, de modo a adquirir experiência cultural, pessoal e educacional em outros países. As empresárias Juliana e Ana Paula Cunha, também faziam parte desse grupo e por isso, moraram na Argentina, durante 10 anos. Período em que puderam adquirir conhecimentos e trocar experiências.

Retornando ao Brasil, perceberam um nicho de mercado pouco explorado, o intercâmbio estudantil para países do Mercosul. Diante disso, criaram a EducAR,  agência especializada intercambio estudantil com a Argentina, focada em estreitar o relacionamento entre Brasil e Argentina por meio da educação. Atuando como intermediadora em todos os trâmites legais que englobam o processo do intercâmbio, a EducAR oferece total assessoria para os estudantes, desde os passos iniciais, moradia, matrícula e trabalho.

Visando oferecer novas possibilidades para aqueles que almejam ter domínio de uma língua estrangeira, cursar a universidade fora do país, ou até mesmo especializar-se em uma área especifica, a empresa dispõe de curso de espanhol, especializações e graduação em um dos países mais charmosos da América do Sul - a Argentina, com suas diversas opções de cidades, tais como Buenos Aires, Rosário, Córdoba, Mendoza e Ushuaia.

Os cursos de graduação em Medicina, Engenharia, Arquitetura, pós-graduação e cursos curtos em diferentes segmentos, como Cinema, Gastronomia e Fotografia, são realizados nas melhores escolas e universidades da Argentina e para ingressar, não é preciso realizar provas de vestibular, pois o sistema de ingresso à universidade pública UBA – Universidad de Buenos Aires segue o sistema europeu de ensino, ou seja,  o ingresso à universidade é por mérito individual de avaliação, durante o primeiro ano da faculdade.

“Com uma vantagem cambial excelente, os estudantes que optam por viajar a Argentina, conseguem multiplicar o dinheiro. Vale muito a pena, além claro, do aprendizado obtido neste período” – pontua Juliana Cunha, sócia diretora da EducAr.

Adequando o pacote para as reais necessidades dos seus alunos, a EducAR disponibiliza pacotes a partir de R$ 1.890 reais. Divididos em: Básico, que inclui toda a documentação e legalização; Flex que também engloba busca de alojamento e trabalho e um tour acadêmico à universidade, e o Premium, o mais completo dos pacotes, com traslado, seguro saúde internacional e curso de espanhol. Com um ótimo custo benefício, investir em um intercâmbio para a Argentina possui inúmeras vantagens.

Com sede em São Paulo e uma filial Buenos Aires – Argentina, a agência possui parceria com as principais universidades públicas e privadas do país como: UBA (Universidad de Buenos Aires); UAI (Universidad Abierta Interamericana); USAL (Universidad Del Salvador); fundacíon Héctor Barceló; UCA (Pontificia Universdad Católica Argentina); Hospital Italiano e Universidade Maimónides.

Conheça mais sobre a Educar em: www.educarintercambios.com

Ministério do Turismo confirmou apoio ao 3º Festuris JPA, em Foz do Iguaçu

Imagem inline 1
Marcelo Borella e Claudio J S Junior no Festival das Cataratas

Ministério do Turismo confirmou apoio ao 3º Festuris JPA,  em Foz do Iguaçu 
O Coordenador Geral de Eventos do Ministério do Turismo, Marcelo Borella, confirmou no dia 12, no Festival do Turismo das Cataratas, em Foz do Iguaçu, o apoio do Governo Federal ao 3º Festuris JPA.
A participação do Ministério do Turismo no evento acontece num momento muito oportuno para o turismo nacional.  De acordo com os dados da 9ª Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo, realizada pela Fundação Getúlio Vargas e divulgados no último dia 06 em Brasília (DF), o setor do turismo cresceu 13,1% em 2012 em comparação com o ano anterior. O levantamento registra outros índices positivos para o setor em 2012 e projeções otimistas para 2013. De acordo com a pesquisa, o crescimento no faturamento médio esperado para 2013 é 7,5%. As empresas entrevistadas informaram que vão investir este ano, 13,3% do faturamento do ano passado, especialmente na ampliação dos negócios.
“Os empresários estão muito otimistas e a expectativa é de crescimento nos próximos anos”, disse o Ministro do Turismo Gastão Vieira durante a apresentação dos resultados da pesquisa. Vieira também salientou que “O levantamento indica para este ano elevação esperada de custos abaixo da expectativa de aumento de faturamento, que é de 7,5%, o que indica espaço para novos investimentos”.
Outros dados da pesquisa estão disponíveis no site do ministério ou no link: www.turismo.gov.br/turismo/noticias/todas_noticias/20130606-1.html
 

www.festivalturismojoaopessoa.com.br | 55.83.3245.6856

ICCABAV divulga grade de cursos para o mês de junho


Capacitações visam qualificar profissionais que atuam no setor de viagens e turismo e são realizadas nas sedes das ABAVs estaduais
Durante toda a próxima semana, o Instituto de Capacitação e Certificação da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ICCABAV) promoverá, na sede da ABIH-RN (Rua Major Afonso Magalhães,127 - Areia Preta),  o curso “Iniciação ao GDS – reservas, tarifas e emissões de bilhetes”. O objetivo é credenciar os participantes na venda de Transporte Aéreo Internacional na IATA/ BSP Brasil a partir do sistema Amadeus ou Sabre.
Entre terça e quarta-feira (19), a ABAV-PR (Travessa Nestor de Castro, 247) sediará o curso “Potencializando os resultados através do marketing pessoal”, que visa orientar os agentes de viagens acerca da importância da construção de uma imagem sólida no ambiente de trabalho. Na mesma data, a ABAV-SE promoverá, na sede do Sebrae- SE (Av. Tancredo Neves, 5.500), a capacitação “Excelência no atendimento para profissionais do turismo”, cuja finalidade é apresentar as habilidades, competências e ações práticas que ajudam a aprimorar o desempenho do colaborador.
Já na segunda-feira (24), a ABAV-RJ (Rua Senador Dantas, 76) promoverá o curso “Câmbio – como as agências de viagens podem utilizá-lo para aumentar seus resultados”. O treinamento será voltado para o mercado de câmbio brasileiro e apontará as possibilidades de negócio que representa para o setor como um todo. OK
Por sua vez, supervisores, gerentes e diretores de agências de turismo poderão participar do treinamento intitulado “PRV – Planejamento de Remuneração Variável para Agências de Viagens”, agendado para os dias 24 e 25 de junho na sede da ABAV-MG (Rua Aymorés, 1.297). Na oportunidade, serão apresentadas diretrizes gerais, conceitos e técnicas referentes ao assunto. OK
Na última quinta-feira do mês de junho, dia 27, o foco será “Planejamento operacional em turismo de eventos”, treinamento que será realizado na ABAV-MS (Rua da Paz, 1478) e que tem como intuito discutir aspectos específicos no atendimento a eventos, sobretudo de negócios, bem como o desempenho técnico da agência enquanto organizadora dos mesmos. OK
Para apresentar uma visão mais ampla dos mapas, discorrer sobre curiosidades geográficas dos diferentes destinos e numerar técnicas que facilitem a memorização do Mapa Mundi, o ICCABAV promoverá o curso “Geografia Internacional”, nos dias 28 e 29 de junho, na sede da ABAV-ES (Rua Dr. Eurico de Aguiar, 130).  OK
Serviço:
Iniciação ao GDS – reservas, tarifas e emissões de bilhetes
Data: 17,18,19,20 e 21 de junho
Onde: Sede da ABIH-RN – Rua Major Afonso Magalhães,127
Horário: das 18h00 às 22h00
Preço: R$50 para associados e R$80 para não associados
Informações: (84) 3222-3125 ou abavrn@veloxmail.com.br
Potencializando os resultados através do marketing pessoal
Data: 18 e 19 de junho
Onde: Sede da ABAV-PR – Travessa Nestor de Castro, 247, 1º andar – cj. 16
Horário: das 18h00 às 22h00
Preço: Gratuito para associados e R$60 para não associados
Informações: (41) 3223-3411 ou assessoria@abavpr.com.br
Excelência no atendimento para profissionais do turismo
Data: 18 e 19 de junho
Onde: Sede do Sebrae-SE – Avenida Tancredo Neves, 5.500
Horário: das 18h00 às 22h00
Preço: Gratuito para associados e não associados
Informações: (79) 3214-2564 ou abav@abavsergipe.com.br
Câmbio – como as agências de viagens podem utilizá-lo para aumentar seus resultados
Data: 24 de junho
Onde: Sede da ABAV-RJ – Rua Senador Dantas, 76 – Centro
Horário: das 18h00 às 22h00
Preço: R$60 para associados / R$ 80 para estudantes e R$100 para não associados
Informações: (21) 3231-7799 ou abavrio@abavrio.com.br / presidente@abavrio.com.br
PRV – Planejamento de Remuneração Variável para Agências de Viagens
Data: 24 e 25 de junho
Onde: Sede da ABAV-MG – Rua Aymorés, 1.297, 7º andar
Horário: das 18h30 às 22h30
Preço: R$100 para associados e estudantes / R$250 não associados
Informações: (31) 3213-3433 ou abavmg@abavmg.com.br
Planejamento operacional em turismo de eventos
Data: 27 de junho
Onde: Sede da ABAV-MS – Rua da Paz, 1.478, sala 10
Horário: das 08h00 às 12h00 / das 14h00 às 18h00
Preço: R$20 para associados / R$ 25 para estudantes / R$ 40 não associados
Informações: (67) 3326-6464 ou abavms@abavms.com.br / abavms@uol.com.br
Geografia Internacional
Data: 28 e 29 de junho
Onde: Sede da ABAV-ES – Rua Dr. Eurico de Aguiar, 130 – Praia do Canto
Horário: 28 de Junho: das 18h00 às 21h00
              29 de Junho: das 08h00 às 13h00
Preço: R$90 associados / R$ 110 para estudantes / R$130 para não associados
Informações: (27) 3325-8531 ou abaves@abaves.com.br
Sobre o ICCABAV
Os cursos realizados pelo Instituto de Capacitação e Certificação da ABAV – ICCABAV têm como objetivo a qualificação dos profissionais do setor de turismo. Atualmente, o Instituto oferece uma grade com mais de 150 cursos, disponíveis em todo território nacional, que visam o aperfeiçoamento dos serviços prestados e o espírito empreendedor dentro das agências de viagens.

LICITAÇÃO DOS EBTS SEGUE PARA SEGUNDA ETAPA



 
Embratur e empresas habilitadas abrem envelopes que contêm a proposta técnica

Aconteceu no dia 14, a segunda etapa para a licitação que contratará as instituições privadas que serão responsáveis por manter 13 EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) da Embratur no exterior. Segundo o presidente da Comissão Especial de Licitação, Austerlitz Bringel Erse, a segunda sessão teve o propósito de dar continuidade dos trabalhos, realizando a abertura dos envelopes número 2, que contemplam a proposta técnica.

Estiveram presentes representantes das duas empresas que foram habilitadas na primeira fase da licitação: Cunha Vaz e Associados, Consultores em Comunicação, e Promo Inteligência Turística. “Após abrir os envelopes, as propostas foram rubricadas e disponibilizadas aos licitantes para análise”, explicou Austerlitz.

Em seguida, o presidente da Comissão encerrou a reunião e informou que, após análise de documentos, o resultado da etapa será publicado no Diário Oficial da União. “Após isso, partiremos para a última etapa do processo de licitação, que é a abertura dos envelopes de preço”, finalizou.

Escritórios Brasileiros de Turismo

Serão 13 novas unidades avançadas de promoção turística do Brasil na América do Sul, América do Norte, Europa e Ásia. A empresa contratada deverá prestar serviços técnicos especializados em marketing de relacionamento e mapeamento de mercado turístico, com coleta de dados para inteligência comercial em âmbito internacional. A expectativa da Embratur é de, no segundo semestre, retomar o relacionamento diário dos EBTs com a rede de distribuição do turismo.

De acordo com o edital, as unidades serão distribuídas da seguinte forma: América do Sul I, com base em Buenos Aires, para atender Argentina, Uruguai e Chile. Já o EBT América do Sul II, deverá ter base em Lima, e realizar atividades para atender Colômbia, Peru, Bolívia, Paraguai, Equador e Venezuela.

A América do Norte contará com três escritórios: América do Norte I, com base em Nova York, atenderá os estados de Nova York, Flórida, Geórgia, Pensilvânia, Ohio, Massachusetts, Nova Jersey, Washington D.C, Michigan, Carolina do Norte, Virgínia, Indiana, Maryland, Carolina do Sul, Connecticut, Vermont, Delaware, Rhode Island, Maine, New Hampshire, Tennessee, Alabama, Kentucky e Virgínia Ocidental. Já o EBT América do Norte II, sediado em Los Angeles, atenderá os estados da Califórnia, Arizona, Nevada, Washington, Utah, Kansas, Colorado, Oregon, Montana, Wyoming, Havaí, Alasca e México.

O escritório América do Norte III, fixado em Chicago, deverá atender os estados de Ilinóis, Idaho, Missouri, Arkansas, Oklahoma, Nebraska, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Texas, Minnesota, Iowa, Wisconsin, Novo México, Louisiana, Mississippi e também o Canadá. Para o mercado da Ásia, o Escritório Brasileiro de Turismo terá como base a cidade de Tóquio (Japão).

Na Europa, unidades serão instaladas em Amsterdã (Holanda), Frankfurt (Alemanha), Madri (Espanha), Paris (França), Milão (Itália), Lisboa (Portugal), e Londres (Reino Unido).