Total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

STAR ALLIANCE E AIR INDIA RECOMEÇAM PROCESSO DE INTEGRAÇÃO






Na reunião do Conselho Executivo da Star Alliance, realizado hoje em Viena, os CEO das companhias aéreas membro da Star Alliance decidiram, por unanimidade, recomeçar o processo de integração da Air India.

"A Star Alliance mantém desde há muito tempo a opinião de que a Índia é um mercado da aviação da maior importância, devendo, por isso, estar plenamente representado na Aliança", afirmou Mark Schwab, CEO da Star Alliance. "No entanto, o nível de mudança no mercado interno, nos últimos anos, não tem tornado fácil para uma companhia aérea tornar-se membro de uma aliança."

"O mercado está agora a mostrar sinais de estabilização na Índia. Hoje vemos uma Air India que concluiu, com êxito, a sua fusão com a Indian Airlines e está a constituir uma nova frota, que é a base para uma grande melhoria dos níveis de serviço. É por isso que acreditamos que é este o momento certo para recomeçar o processo de integração", acrescentou.

"Hoje é um dia histórico para a Air India. A decisão de reiniciar o processo de integração na Star Alliance será benéfico para ambas as partes. Estamos gratos pelo entusiasmo, apoio e incentivo com que todos os membros da Aliança acolheram a decisão ", referiu Rohit Nandan, presidente e director- geral da Air India.

A transportadora nacional da Índia foi originalmente aceite como futuro membro da Star Alliance em dezembro de 2007, mas o processo de integração foi interrompido em julho de 2011. A suspensão foi uma decisão conjunta, que permitiu à Air India concentrar-se na conclusão do seu processo de fusão com a Indian Airlines, sem a dispersão de recursos que implica o trabalho necessário para a plena integração na rede da Star Alliance.

Legenda foto: Rohit Nandan, presidente e director- geral da Air India (à direita na imagem) aperta a mão do CEO da Lufthansa Christoph Franz (do lado esquedo) sob o olhar do CEO da Star Alliance Mark Schwab (ao centro à esquerda) e do CEO da Air Canada Calin Rovinescu (ao centro à direita).

Sobre a  Star Alliance

A rede da Star Alliance foi constituída em 1997 como a primeira aliança de companhias aéreas verdadeiramente global, oferecendo alcance mundial, reconhecimento e consistência de serviço aos viajantes internacionais. A sua aceitação pelo mercado tem sido reconhecida com a atribuição de numerosos prémios, designadamente, o de Liderança do Mercado da Air Transport World e o de Melhor Aliança de Companhias Aéreas, atribuído pela Revista Business Traveller e pela Skytrax. Integram a aliança as seguintes companhias: Adria Airways, Aegean Airlines, Air Canada, Air China, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Austrian, Avianca, Brussels Airlines, Copa Airlines, Croatia Airlines, EGYPTAIR, Ethiopian Airlines, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Scandinavian Airlines, Shenzhen Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, SWISS, TAM Airlines, TAP Portugal, Turkish Airlines, THAI, United e US Airways. Globalmente, a rede da Star Alliance oferece mais de 21.900 voos diários para 1.328 aeroportos em 195 países.

Nenhum comentário: