Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Gramado entrega a Comenda dos 100 Anos a 14 cidadãos

Diretores do Festuris, Marcus e Marta Rossi  e Eduardo Zorzanello
Entre os homenageados, a empresária Marta Rossi se destacou por projetar a cidade internacionalmente ao lado da sócia Silvia Zorzanello

Uma cerimônia que se repetirá apenas daqui a dez décadas foi marcada pela emoção e alegria na noite desta terça-feira (17), no Teatro Elisabeth Rosenfeld, na Câmara de Vereadores de Gramado. A Comenda dos 100 Anos, promovida pelo Legislativo, juntamente com o Executivo e a Visão Agência de Desenvolvimento da Região das Hortênsias, foi entregue a 14 pessoas que desenvolveram atividades de suma importância na construção do município, que em 2013 completou seu centenário. Uma das homenageadas, a empresária Marta Rossi, foi escolhida como oradora da noite, destacando a iniciativa de “repassar a história da cidade a limpo, na voz de representantes da comunidade”. “É com grande emoção e honra que recebo a Comenda dos 100 Anos de Gramado, em meu nome e de minha eterna sócia e amiga Silvia (Zorzanello)”, destacou.
O professor Romeo Riegel, membro da Comissão Organizadora “Gramado 100 Anos” – um apaixonado pela cidade e estudioso de sua história e cultura – propos a entrega da honraria, que foi dividida em sete patamares, desde a fundação de Gramado até a projeção internacional da cidade. Marta Rossi e Silvia Zorzanello foram indicadas pelo trabalho de divulgação e promoção do município, que hoje é considerado o melhor destino turístico do Brasil. O médico Luiz Carlos da Silveira, proprietário do Kurotel – Centro Médico de Longevidade e Spa, que igualmente atuou de forma intensa para mostrar a cidade ao mundo e já recebeu em seu empreendimento celebridades dos quatro cantos do planeta, recebeu a mesma menção.

NOITE DE EMOÇÃO
A noite começou com a apresentação do Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de Gramado, seguida pela entrega da Moção 14/2013 ao prefeito Nestor Tissot, pelos 20 anos de serviços públicos prestados ao município. As homenagens aos 14 laureados foram realizadas em ordem cronológica: fundação do município (área administrativa e caminhos religiosos), concepção do turismo como meta prioritária de crescimento, retomada do desenvolvimento, modernização da atividade turística, consolidação empresarial e projeção internacional de Gramado como melhor destino turístico do Brasil.
O prefeito Nestor Tissot destacou que Gramado comemorou em 2013 seus 59 anos de emancipação política e, hoje, é copiada e invejada no Brasil e no mundo. “Temos empregos em abundância, qualidade de vida invejável e um povo que vive feliz. Devemos isso a pessoas públicas e empreendedores da iniciativa privada que construíram a cidade tendo o turismo com sua atividade principal”, disse. Municípios pequenos e outros de maior porte, lembrou Tissot, buscam em Gramado referências para a fórmula do sucesso no segmento, destacando que o Natal Luz é um dos cases de sucesso. “A festa surgiu há 28 anos, em um momento de baixa movimentação, e se tornou o maior evento de Natal do Brasil e um dos mais importantes do mundo de forma geral.” Para o chefe do Executivo, “empreendedorismo, luta, coragem e vontade” são marcas dos gramadenses, que na década de 1940 buscaram alternativas para o turismo, quando hotéis faliram e os veranistas deixaram de frequentar a região.
O presidente da Câmara de Vereadores, Ilton Gomes, destacou o orgulho por ter organizado a entrega da Comenda juntamente com a equipe de servidores da Casa, que se dedicou, ao lado da prefeitura e da Visão, a promover uma noite inesquecível. “Os homenageados recebem o prêmio com justiça, porque eles e seus familiares ajudaram a escrever a história de Gramado. São testemunhas de uma história de 100 anos”, ressaltou. Ele ainda lembrou que a comissão organizadora teve o cuidado de laurear pessoas e não empresas, pois elas representam a comunidade como um todo. Além de Tissot e Gomes, o juiz de Direito Cyro Púperi compos a mesa de autoridades, com a presença de todos os vereadores gramadenses no palco.
A sessão solene foi encerrada com apresentação do Grupo Bocalis e Orquestra Jovem de Gramado. Na sequência, os homenageados, seus familiares e convidados celebraram a Comenda com coquetel nos jardins da Câmara.

Os laureados

1.        Fundação do Município:
Área Administrativa:Major José Nicoletti Filho (in memoriam) – presidiu as etapas iniciais da fundação de Gramado. Executou leis por caminhos tortuosos, mas que agradaram a população. Entre as curiosidades, por sua atuação ganhou o primeiro automóvel a circular pelas ruas da localidade.
Pedro Benetti (in memoriam) – esteve entre os habitantes que mais contribuíram para o desenvolvimento do Distrito de Linha Nova, que deu origem ao município. Foi comerciante de secos e molhados no local onde hoje está instalada a Câmara de Vereadores.

Caminhos Religiosos:
Pastor Julius Ziegler (in memoriam) – Pároco da emancipação, veio da Alemanha e tinha como responsabilidade disseminar fiéis evangélicos. Recebia seu salário pelas horas percorridas a cavalo na localidade. Trouxe o famoso sino alemão que até hoje é tocado na Igreja do Relógio.
Padre José Scholl (in memoriam) – Conhecido por suas poesias, escritos e pinturas inspirados em Gramado, é autor do hino da cidade. Viveu em Gramado de 1950 a 1956 – exatamente no período da emancipação política, que ocorreu em 54.

2.       Concepção do Turismo como meta prioritária de crescimento:
Leopoldo Rosenfeldt (in memoriam) – fundador dos bairros Planalto e Bavária, que doou ao município. Responsável pela construção dos Lagos Negro e Joaquina Rita Bier e da Carrieri. Seus atos difundiram a visitação à região, motivo pelo qual é considerado o “Pai do Turismo Gramadense”.
Oscar Knorr (in memoriam) – foi um dos primeiros “gramadenses por opção”. Vindo de Porto Alegre, criou um parque com o seu nome (onde hoje está situada a Aldeia do Papai Noel) e disseminou a ideia de cultivo de hortênsias para identificar a região, além de ser o mentor da Festa das Hortênsias.

3.       Retomada do desenvolvimento:
Walter Bertoluci (in memoriam) – promotor da independência política de Gramado, foi um deputado influente e colocou em prática muitas das ideias de Rosenfeldt e Knorr. Criador da Festa das Hortênsias.
Horst Volk – vereador, prefeito, deputado estadual e secretário de Estado, foi presidente da Ortopé e comandou a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). O empresário gerou muitos empregos para os gramadenses, contribuindo para o desenvolvimento econômico da cidade e a divulgação nacional com a marca de calçados infantis. Foi o criador do Festival de Cinema, que projetou Gramado internacionalmente junto à sétima arte. Como última tarefa, apoiou o moderno serviço de pronto-socorro do Hospital São Miguel.

4.       Modernização da Atividade Turística:
Pedro Henrique Bertolucci – atuou como prefeito durante 18 anos, sendo responsável pela consolidação turística. Destaca-se pela implantação da Rua Coberta, reformulação da Avenida Borges de Medeiros e Praça Major Nicoletti. Compreendeu a cidade com todo seu potencial para o turismo e promoveu sua administração com olhos nesta concepção. Também determinou a ordenação do arvoredo gramadense.
Nelson Dinnebier (in memoriam) – considerado o mais peculiar político gramadense, governou de forma natural e confiante. Era denominado como um administrador equilibrado e sistemático nos 12 anos à frente do Executivo. Sempre se referiam a ele como o prefeito que “discursava sem falar”. Faleceu durante mandato, em 2000.

5.       Consolidação Empresarial:
José Francisco Perine (in memoriam) – fundador do primeiro grande hotel da “Gramado moderna”, o Serra Azul, abriu a rodovia Taquara-Gramado e é considerado um importante empreendedor no desenvolvimento do município.
Clarindo Tisott – preside a Famastil, maior empresa da cidade. Tem uma fidelidade incondicional à localidade da Várzea Grande e destaca-se pela força empresarial e ordem sucessória familiar. Durante a cerimônia, os Tissot foram citados como os mais fortes candidatos a receber a Comenda dos 200 Anos.

6.       Projeção Internacional de Gramado como melhor destino turístico do Brasil:
Marta Rossi e Silvia Zorzanello (in memoriam) – a dupla de empresárias gramadenses é responsável por alavancar Gramado no cenário turístico mundial, especialmente a partir da criação do Festuris – Festival do Turismo de Gramado, em 1989. Destacam-se ainda pelo papel dinâmico e influente das mulheres no desenvolvimento da cidade. Marta hoje comanda a empresa Marta Rossi & Silvia Zorzanello – Feiras e Empreendimentos ao lado do filho Marcus Vinícius Rossi e de Eduardo Zorzanello, filho de Silvia, falecida em 2010.
Luiz Carlos Silveira – o médico fundou o Kurotel, considerado um dos dez melhores spas do mundo em práticas de conservação da saúde. Trabalha intensamente na promoção de Gramado e recepciona celebridades em seu empreendimento, projetando a cidade internacionalmente.
O discurso da oradora

Em um discurso de dez minutos, a empresária Marta Rossi agradeceu pela honraria e por ser eleita como representante do grupo de 14 homenageados. Em seu discurso, destacou:

“Permitam-nos ainda, estender a gratidão aos nossos familiares, base sólida que sustenta cada degrau conquistado ao longo de nossas vidas. Abraçar nossa equipe de trabalho, imbatível, abraçar meus sócios Marcus e Eduardo e meu companheiro Sérgio.”

“Oportuno se faz destacar e aplaudir a iniciativa da Câmara de Vereadores, Secretaria da Cultura e Agência Visão que, com o apoio do professor Romeo Riegel, no decorrer deste ano, em homenagem aos 100 anos do município, repassou a história de Gramado a limpo, na voz de representantes da comunidade, revendo o passado e propondo reflexões sobre o futuro de nossa cidade.”

“Honra-me a distinção em falar em nome dos homenageados, grandes obreiros de nossa história, personalidades que cultuamos e em quais nos inspiramos no decorrer de nossas vidas para realizar nosso trabalho.”

“Aprendi no berço, com meus pais, Otávio e Anita, a respeitar e aplaudir aqueles que conquistam e constroem. Aprendi o valor da humidade, da união e do diálogo. Aprendi que para crescer é preciso aglutinar e nunca dividir.”

“Construímos uma jovem e pujante história, com sucesso atrás de sucesso, reconhecida de ponta a ponta do Brasil e agora a caminho da internacionalização.”

“O orgulho de ser cidadão gramadense norteou nossas vidas e não podemos deixar que isto se perca no tempo. Temos que ter a firme determinação que nossa causa maior é Gramado.”

“Tenho consciência que Silvia e eu fizemos um trabalho extremamente valoroso para a cidade mas, sinceramente, com muita humildade, pequeno, diante da grandeza dos demais homenageados. É que nosso trabalho ainda está por ser concluído. Nossa empresa plantou, com os olhos sempre voltados para o futuro. Poderíamos ter escolhido ser pedra, mas escolhemos ser semente.”

Fotos: Eduardo Saueressig

Homenageados: 14 pessoas (algumas in memoriam, representadas por familiares) receberam a honraria

Oradora: Marta Rossi recebeu o prêmio do professor Romeo Riegel

Conquista: Marta comemorou a entrega do prêmio com os sócios Marcus Vinícius Rossi e Eduardo Zorzanello

Marta e Silvia: dupla de empresárias gramadenses foi destaque pela projeção internacional da cidade
(crédito Beth Sulzbach – arquivo/2008)

Nenhum comentário: