Total de visualizações de página

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Estudantes embarcam hoje para Portugal


Nesta terça-feira (17), bolsistas selecionados para o projeto do MTur receberam passaportes e vistos para a viagem


Os cinquenta estudantes de Turismo e Hotelaria contemplados com bolsas de estudo fora do país embarcam hoje (17) para Lisboa. Na manhã desta terça-feira, em Brasília (DF), eles receberam passaportes e vistos de viagem em solenidade com recepção do ministro do Turismo, Gastão Vieira, do chefe da Assessoria Especial de Relações Internacionais do MTur, Acir Madeira Pimenta Filho e da ministra conselheira da Embaixada de Portugal, Florbela Paraíba. Eles participam de projeto pioneiro na área, criado e desenvolvido pelo Ministério do Turismo em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o governo português.

“Vocês são privilegiados, pois fazem parte desse novo momento que traz uma nova maneira de encarar o turismo no Brasil”, festejou o ministro Gastão Vieira durante a solenidade. Gastão afirmou que em janeiro de 2014 deve viajar a Portugal para acompanhar o aproveitamento do curso pelos alunos, na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal.

A ministra conselheira da Embaixada de Portugal, Florbela Paraíba, saudou os jovens e falou um pouco sobre a região onde o grupo vai estudar. “Vocês irão visitar Lisboa e Setúbal, que fica na margem sul do rio Tejo, onde ficam as praias da Arrábida e onde está a produção de vários vinhos premiados internacionalmente”, apresentou. O Brasil tem muito a aprender com Portugal: o país europeu recebe 13,9 milhões de turistas por ano, enquanto o Brasil recebe 5,67 milhões de estrangeiros.

Um dos estudantes selecionados é Leonardo Tobias, 20 anos, estudante da UniRio, que se forma em Turismo no fim de 2014. “Essa é uma chance de melhorar o currículo, ampliar o conhecimento e facilitar a inserção no mercado de trabalho. Estou ansioso, é uma oportunidade única e quero aproveita-la ao máximo”, comentou. Tobias mora em Duque de Caxias e, todos os dias, sai de casa às 5h30 para não perder o horário da aula. São duas horas de deslocamento, mas a dificuldade não impede a dedicação. Ele foi o único da família a ter a chance de se graduar. Quando voltar, o jovem planeja voltar para o estágio na Turisrio e trabalhar no receptivo da Copa do Mundo.

Durante a cerimônia, o chefe da Assessoria Especial de Relações Internacionais do ministério, Acir Madeira Pimenta Filho, informou aos jovens que eles terão aulas teóricas e práticas de técnicas de hotelaria, enogastronomia, supervisão de hotéis para qualificação do trabalho, e também aulas de inglês, idioma universal para o mercado de trabalho. Já o representante da Capes, Lívio Amaral, afirmou que os jovens têm, a partir de hoje, uma dupla missão: além de estudar para fazer o turismo brasileiro melhor, eles devem atuar como “embaixadores do Brasil”. “Bebam das informações de Portugal, da cultura e da história daquele país”, recomendou.

Nenhum comentário: