Total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Estudantes embarcam dia 17 para Portugal



Projeto do MTur com a Capes vai levar 50 bolsistas para capacitação em Portugal
 
Na semana que vem, o estudante do 6º semestre de Turismo Davi Melão fará sua primeira viagem internacional. De São Paulo, leva uma bagagem cheia de “expectativas”: vai estudar Hospitalidade e Turismo por dois meses em Portugal, graças a um projeto de cooperação técnica do Ministério do Turismo com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o governo português. 
A parceria vai permitir que 50 bolsistas participem do projeto de qualificação na Escola de Hotelaria e Turismo da cidade de Setúbal. Davi, que já trabalhou na central de reservas de um hotel, em uma agência de turismo e em um balcão de informações de aeroporto embarca dia 17 e fica até fevereiro. “Quem faz intercâmbio sempre diz que é muito bom. Esse sempre foi o meu sonho”, contou Davi, morador de São Miguel Paulista (SP). 
Na escola portuguesa, os estudantes aprenderão técnicas avançadas das diversas modalidades de administração hoteleira – com foco nas áreas de gerência, supervisão de hotéis e enogastronomia, entre outras. Os bolsistas também estudarão inglês. O curso terá 226 horas de aula, incluindo teoria e prática. 
O grupo de jovens selecionados para o intercâmbio embarca dia 17, em Brasília, rumo a Portugal. Antes disso, na mesma data, eles participam de uma solenidade na embaixada portuguesa para apresentação da programação do curso e entrega dos vistos aos estudantes. Leia mais aqui. 
RECONHECIMENTO
Davi Melão tem 24 anos e forma-se em Turismo pela Anhembi Morumbi em 2014. Segundo ele, foi indicado pelo coordenador do curso para participar do projeto porque apresenta ótimo desempenho nas atividades acadêmicas. Além da boa nota no ENEM, a breve mas importante experiência profissional do estudante também contou a seu favor. Na faculdade, tem bolsa de 100% pelo Prouni. Do contrário, "não teria condições de estudar numa universidade", afirma.
 

Nenhum comentário: