Total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

BNDES aprova R$ 13,7 milhões para implantação do Museu da Natureza, no Piauí



13.12.13

·        Empreendimento, no Parque Nacional da Serra da Capivara, reunirá coleção de fósseis de espécies que ocupavam a região
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a concessão de apoio financeiro de R$ 13,7 milhões à Fundação Museu do Homem Americano, de São Raimundo Nonato (PI), para construção e implantação do Museu da Natureza, dentro do Parque Nacional da Serra da Capivara, no município vizinho de Coronel Dias.
A operação acontece no âmbito do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult), com recursos não reembolsáveis do Fundo Cultural do Banco. A participação do BNDES corresponde a 68% do valor total necessário para viabilização do projeto.
Localizado próximo ao Centro de Visitantes do Parque e de uma fábrica de cerâmica artesanal, o museu abrigará uma coleção de fósseis da macrofauna que ocupava a região e que sobreviveu às mudanças climáticas ocorridas há cerca de 10 mil anos. Alguns desses fósseis são de espécies descobertas na região, enquanto outros são de animais que hoje só existem na Floresta Amazônica.
Com dois pavimentos e uma área construída total de 4 mil m², o Museu da Natureza terá espaço de exposição, restaurante, auditório, lojas, área reservada ao acervo, instalações administrativas e sanitários.
Além dos objetos expostos, serão usados recursos de animação, fotografias, perspectivas digitais e interatividade, assim como projetores, computadores, sensores, telas de cristal líquido e plasma, instrumentos interativos, redes, sonorização, iluminação e sistemas de automação.
O projeto também contempla sistema de segurança, com iluminação de emergência, vigilância eletrônica, alarmes e extintores de incêndio. O museu deverá ser entregue em dois anos.
Parque – Com área de 129 mil hectares e 214 km de perímetro, o Parque Nacional da Serra da Capivara está situado no sudeste do Piauí, ocupando áreas dos municípios de São Raimundo Nonato (maior centro urbano da região), João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias.
Os maiores atrativos para os visitantes são os diversos sítios arqueológicos, com pinturas rupestres pré-históricas características da região. Um deles, o Boqueirão da Pedra Furada, monumento pré-histórico no qual grupos humanos registraram sua cultura durante 29 mil anos em pinturas nas paredes das rochas, é o sítio arqueológico mais antigo das Américas.
Em seu entorno, foi criada uma Área de Preservação Permanente de 10 km, que constitui um cinto de proteção suplementar. A distância do parque a Teresina, capital do Estado, é de 530 km, e a Petrolina, uma das principais cidades do Estado vizinho de Pernambuco, é de aproximadamente 300 km. Ambas dispõem de aeroporto, e o acesso a esses dois núcleos urbanos é a principal via de acesso ao Parque.
Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o parque foi declarado patrimônio cultural da humanidade pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1991. Dentre os mais de mil sítios arqueológicos descobertos na região, 172 estão abertos à visitação, mas protegidos das ações do homem e da natureza.




Nenhum comentário: