Total de visualizações de página

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Parceria Brasil/Portugal: alunos já podem se inscrever



Estão abertas as inscrições para o programa que irá selecionar 50 estudantes brasileiros para curso de formação profissional em Portugal

Os estudantes interessados em aperfeiçoar suas qualificações em Hotelaria e Turismo poderão se inscrever a partir desta terça-feira (15) em processo seletivo que irá selecionar 50 estudantes para um curso de qualificação na Escola de Turismo e Hotelaria de Setúbal, em Portugal. As inscrições se estendem até o dia 7 de novembro.
Para se inscrever, é necessário que o aluno se certifique de que a instituição de ensino na qual está matriculado esteja cadastrada no programa. De acordo com dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), cerca de 90 instituições se cadastraram durante o período previsto em edital.
A partir do dia 7 de novembro, com o fim das inscrições dos estudantes, cada instituição de ensino superior poderá indicar e homologar, no máximo, cinco alunos para participar do processo seletivo. Na sequência, uma Comissão Especial composta, majoritariamente, por servidores integrantes do Ministério do Turismo e da Capes analisará os documentos dos candidatos indicados e selecionará os cinquenta estudantes mais bem classificados de acordo com os critérios estabelecidos no edital.
Poderão participar do programa alunos de graduação que estejam cursando, no mínimo, o 2º ano do Bacharelado em Turismo e/ou Hotelaria ou o 4º semestre do curso de Tecnólogo da mesma área. Além disso, os alunos devem ter nota igual ou superior a 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2009.
Uma vez selecionado, cada estudante aprovado terá direito a uma bolsa de estudos que cobre custos com hospedagem, alimentação, auxílio-saúde e bilhete aéreo internacional. O bolsista deverá, durante o curso, dedicar-se integralmente às atividades de capacitação e, ao final do período, terá um prazo de 60 dias para apresentar um relatório com as atividades desenvolvidas na Escola de Setúbal.
“A ideia é que, ao regressarem, estes estudantes se tornem difusores do conhecimento aprendido fora, de forma a contribuir para a melhora na prestação de serviços no País, com vista aos megaeventos”, diz o ministro do Turismo, Gastão Vieira.
O curso terá duração de 226 horas/aula, incluindo aulas teóricas e práticas, e ocorrerá no período de 6 de janeiro a 19 de fevereiro de 2014. “É preciso buscar a competência onde ela estiver, este tem sido um dos segredos usados pelo Japão, Coréia e atualmente pela China, que investem nos melhores centros de ensino pelo mundo para transferir conhecimentos valiosíssimos em muitas áreas”, afirma o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz.
“Com esse curso, os estudantes vão ter a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos sobre todos os aspectos envolvidos na cadeia de produção do turismo, desde elementos ligados à arrumação de quartos até técnicas mais refinadas de gastronomia. Ao regressarem, usarão em seu ambiente de trabalho o cabedal de conhecimentos adquiridos, com ganhos de produtividade ”, explica o chefe da Assessoria Especial de Relações Internacionais do MTur, Acir Pimenta Madeira Filho.
Para mais informações consulte edital ou escreva para a Assessoria Especial de Relações Internacionais do Ministério do Turismo pelo endereço eletrônico bolsa@turismo.gov.br ou pelo telefone (61) 2023 8289.

Nenhum comentário: