Total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Ortobras vai lançar o Mamuth no Festuris


Equipamento que visa deixa aeroportos mais acessíveis será apresentado ao público
Referência quando o assunto é acessibilidade, a Ortobras, de Barão (RS), apresentará seu mais novo produto no 25º Festival do Turismo de Gramado. Com o projeto Mamuth, a empresa dá mais um passo em direção ao objetivo de levar acessibilidade a todos os lugares, tornando a vida mais prática, acessível e igual para todos. O novo aparelho, que será instalado em diversos aeroportos do Brasil, traz mais segurança e praticidade a todos os usuários.
Expositora do evento desde 2012, a Ortobras apresentou no último ano um elevador acessível, que foi instalado junto à sala de imprensa. Neste ano, o Mamuth também dará acesso ao mezanino do Serra Park, onde se localizam as salas de imprensa e de coletivas. “Com isso, estamos provocando a acessibilidade total no local da feira”, diz o diretor do festival Eduardo Zorzanello.
Desenvolvido dentro do conceito de sustentabilidade, atendendo às novas normas de acessibilidade da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e de acordo com os princípios da ONU - Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, o Mamuth veio para revolucionar a acessibilidade nos aeroportos de todo o mundo, combinando espaço e conforto para proporcionar um embarque acessível de passageiros em todas as situações. Com sete metros de altura, 15 metros de comprimento e quatro metros de largura, a estrutura será apresentada em uma parceria da Ortobras com a Infraero. A empresa gaúcha venceu a licitação para instalar o Mamuth em pelo menos 20 dos 64 aeroportos brasileiros, sendo que a participação no Festuris tem como um dos principais objetivos mostrar o produto ao mercado internacional.
Como funciona?
Em sua posição remota (quando o avião está estacionado na pista), o equipamento conta com um sistema de acoplamento ao ônibus, com isso os passageiros embarcam direto na aeronave sem tocar na pista. Uma vez que desembarcam do ônibus, o Mamuth oferece dois meios de elevação até o interior do avião: uma escada ampla e segura, com degraus projetados para garantir a máxima agilidade e conforto ao passageiro, ou um elevador vertical, com capacidade para três pessoas.
Quando se fala em segurança, ao utilizar o Mamuth o passageiro está protegido de qualquer exposição climática desfavorável, bem como da circulação de veículos e equipamentos de apoio e suprimentos das aeronaves. Um estabilizante hidráulico garante total sustentação do módulo, evitando movimentos laterais, e corrimãos foram pensados para auxiliar quando necessário.
Para complementar o projeto, por meio de uma iniciativa Ortobras e Infraero, foi desenvolvido o Elo, que são módulos fixos na pista que criam um caminho em forma de túnel do portão de embarque até o Mamuth, eliminando a necessidade da construção de pontes de embarque. Sempre focando na acessibilidade, segurança e no conforto dos passageiros, os módulos do Elo são construídos em estrutura metálica, envidraçados e totalmente climatizados.
“A Ortobras não tem dúvidas de que esse projeto irá beneficiar milhões de pessoas com mobilidade reduzida que viajam todos os dias em aeroportos do país, como deficientes físicos, pessoas com crianças de colo, pessoas carregando bagagem, pessoas com lesões temporárias de acidentes ou que tenham passado por algum processo cirúrgico, além de idosos e obesos com dificuldade de locomoção.”
 

Nenhum comentário: