Total de visualizações de página

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Ministro do Turismo visita Pirenópolis



Gastão Vieira recebe homenagem do prefeito, visita projeto de revitalização de Rio das Almas e local onde será construído o centro de convenções da cidade, com investimentos de R$ 42 milhões do MTur
O Ministro do Turismo (MTur), Gastão Vieira, visita, nesta terça-feira (8) a cidade de Pirenópolis, em Goiás, onde será homenageado pelo prefeito da cidade, Nivaldo Antonio de Melo, pelas contribuições da pasta ao destino turístico. O ministro receberá uma chave simbólica no estilo colonial em cerimônia no pórtico da cidade às 15h30.
Gastão Vieira também visita o projeto de revitalização do Rio das Almas, na Avenida Beira Rio, que recebeu investimentos de R$ 6,85 milhões para a construção de ciclovia, pistas de caminhada e estação de ginástica. Na sequência, vistoria o espaço onde será construído um Centro de Convenções, com investimentos de R$ 36 milhões do MTur. O evento terá a participação de lideranças locais, vereadores e será aberto a jornalistas.
O Centro de Convenções de Pirenópolis começa a ser construído em novembro com investimentos do PAC do Turismo, que destina parte dos recursos para edificações desse porte. O objetivo é descentralizar o mercado de eventos, ainda fortemente concentrado no eixo Rio-São Paulo. O centro de convenções deve beneficiar mais de 250 pousadas, bares e restaurantes.
“O Brasil tem apresentado crescimento representativo no segmento de eventos e feiras. Cabe ao governo de todas as esferas criar condições favoráveis para os ganhos para a economia com esse tipo de atividade serem ainda maiores, gerando emprego, renda e inclusão social”, afirmou o ministro Gastão Vieira.
O setor de turismo de negócios e eventos é o segundo maior fator de atração de visitantes estrangeiros para o Brasil: 25,6% dos turistas internacionais vêm ao país com essas finalidades, e seu gasto médio diário, US$ 127, é quase duas vezes maior que o desembolso dos turistas de lazer.
Os organizadores de eventos e promotores de feira estão entre os segmentos que mais faturaram em 2012 em relação a 2011. O crescimento foi de 23,3% (organizadores) e de 14,9% (promotores) de acordo com a Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo.
O Ministério do Turismo investiu R$ 44,36 milhões em Pirenópolis entre 2007 e 2013, incluindo o empenho de R$ 36 milhões para as obras do centro de convenções. Foram repassados R$ 169 milhões e liberados R$ 90 milhões até o momento para Goiás. Atualmente há 193 obras em execução no estado.
Pirenópolis é uma cidade turística tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1989 pelo conjunto arquitetônico, urbanístico, paisagístico e histórico. Foi avaliada com nota 53,5 no Índice de Competitividade do Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, superior à média do Brasil para as cidades não capitais.
A cidade apresentou crescimento de 76% no pessoal ocupado e de 72% de estabelecimentos nas atividades relacionadas ao turismo (2006 a 2011), além de ter alcançado crescimento de 401% na arrecadação de tributos nas atividades do turismo (2003 a 2011).

 

Nenhum comentário: