Total de visualizações de página

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Paraguai chega ao ExpoEventos 2013




Paraguai participará novamente do Primeiro Pavilhão de Exposições especializada em turismo de negócios e gestão de eventos na América Latina, que acontecerá de 13 a 15 de agosto, no Centro Costa Salguero, em Buenos Aires, Argentina. O evento é anual e reúne todos os segmentos do Turismo, com encontros/reuniões entre organizadores e fornecedores de toda a América Latina. Durante o evento também será realizado o “Hosted Buyers” (reuniões predefinidas com compradores convidados), atividades acadêmicas e rodas de negócios.

Paraguai se apresenta este ano como um parceiro da International Congress and Convention Association (ICCA), com uma delegação chefiada por especialistas da Secretaria Nacional de Turismo do Paraguai-SENATUR e integrada com representantes da Paraguay Convention & Visitors Bureau-PC&VB, da Entidad Binacional Itaipú, Hotel Casino Acaray, Sheraton Asunción Hotel, Las Lomas Casa Hotel e das operadoras mayoristas DTP Tour Operator e Vip´s Tour.

Turismo de eventos
"O impacto do turismo de convenções/reuniões na economia dos destinos e o crescimento da América Latina" foi o tema desenvolvido por Arnaldo Nardone, presidente da International Congress & Convention Association (ICCA) e conselheiro permanente da Confederação de Entidades organizadoras de congressos e afins da América Latina e do Caribe (COCAL). A apresentação de Nardone foi devido a uma iniciativa da Secretaria Nacional de Turismo do Paraguai, Convention & Visitors Bureau, do Bourbon Convention Hotel e do consórcio Events SA.

A palestra foi realizada no Centro de Convenções da Conmebol, com a presença da Ministra do Turismo, Liz Cramer Campos, diretores de corporações e entidades do setor turístico nacional, operadores e jornalistas de diferentes meios de comunicação.
Arnaldo Nardone fez uma apresentação completa sobre o que é a realização de um congresso e mostrou inúmeros exemplos de grandes eventos realizados em todo o mundo nos últimos anos e o impacto que ocorreu nas economias dos países organizadores.

Os resultados obtidos com a organização de eventos, além do sucesso ocasional, resultou na promoção da cidade e do país, e no desenvolvimento de oportunidades de negócios, o que atrai a atenção de investidores e mostram ao mundo o potencial produtivo promocional do destino, entre outras coisas. Os grandes exemplos recentes são a Feira Internacional realizada em Xangai e os Jogos Olímpicos de Londres.

Ele fez um paralelo entre a situação na Europa, América do Norte e América Latina, indicando as diferenças conceituais entre as diferentes regiões. Observou que os países latino-americanos têm um grande potencial, mas observadores de outros continentes tornam alguns fatores desfavoráveis como o fato de que os países da América Latina não são 100% confiáveis; além de terem uma deficiência como a falta de profissionalismo. “Em geral, somos afetados pela improvisação, não somos criativos e, embora sigamos as tendências, estamos atrasados em tecnologia, não respondemos aos pedidos rapidamente etc.”, disse.


O palestrante estimulou os empresários e as organizações presentes a buscar oportunidades para atrair mais eventos. Ele disse que o Paraguai tem condições de organizar estes eventos e só precisa aplicar a metodologia adequada para fazer uma boa escolha e ter uma boa organização.

Nenhum comentário: