Total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de julho de 2013

MUNDIAL DE 2014 APROXIMA BRASIL DO IRÃ



Com o objetivo de aproveitar a Copa do Mundo FIFA 2014 para fortalecer o vínculo entre países de longa distância, Brasil e Irã estudam a possibilidade de ações conjuntas para atrair visitantes de um país para o outro
 
 
O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Flávio Dino, recebeu na última segunda (08), o embaixador do Irã, Mohammad Ali Ghanezadeh, para uma visita de cortesia e tratar de assuntos bilaterais entre os dois países. Na pauta do encontro, políticas de promoção do Brasil no Irã para atração de turistas iranianos e vice-versa. 


Flávio Dino recebe presente das mãos do embaixador do Irã, Mohammad Ali Ghanezadeh
 
 
“Debatemos possíveis parcerias entre os dois países tendo em vista que o Irã  já se classificou para os jogos da Copa do Mundo 2014. Os iranianos poderão aproveitar a oportunidade e conhecer mais dos nossos atrativos”, explicou Flávio Dino, presidente da Embratur.  “Vamos pensar em algumas estratégias de atuação com objetivo de intensificar as ações  de parceria visando aumentar o peso desse mercado para o turismo brasileiro”, ressaltou.

Na reunião, discutiu-se ainda a criação de um plano de ação no mercado iraniano e iniciativas específicas como a realização de eventos de projeção de imagem do país, voltados para segmentos de ecoturismo e turismo de aventura, bem como promover uma agenda de encontros com apoio das embaixadas do Brasil e Irã.

“Podemos ver a possibilidade de uma delegação brasileira fazer uma visita técnica  ao Irã até setembro, e uma delegação iraniana vir ao Brasil com o mesmo propósito, até novembro”, propôs Dino. “Vamos tratar o turismo como uma forma de promoção de imagem positiva para ambos os países”, completou o embaixador.
A reunião contou com a presença da chefe de gabinete Kátia Bitencourt; do assessor da presidência,  Vicente José de Lima do coordenador-geral do Mercado Americano, Alexandre Nacagawa, todos da Embratur, além de representantes da Embaixada do Irã.
 


Nenhum comentário: