Total de visualizações de página

terça-feira, 23 de julho de 2013

Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais completa 21 anos de fundação





 
 No início do mês de julho a Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta) completou vinte e um anos de fundação. “Ao longo desses anos a Belta conquistou um grande respeito pela forma como cria estratégias para promover a educação internacional no Brasil”, disse Carlos Robles, presidente da Belta.
 
Fundada em 1992, a Belta foi a primeira associação do segmento de educação internacional na América Latina. Desde 2005 é responsável pela promoção do Brasil como destino de educação para estudantes internacionais em parceria com a EMBRATUR, através da divulgação do programa “Study in Brazil”. Em 2012 entrou para o seleto grupo do Hall da Fama, calçada da fama do setor de educação internacional, ao conquistar pela quinta vez o prêmio STM Star Awards de Associação de Agências de Intercâmbio na premiação LTM Star Awards, evento organizado pela Study Travel Magazine, revista britânica especializada no mercado de educação internacional.
 
“A Belta reúne cerca de 70 membros que englobam agências de intercâmbio brasileiras, instituições internacionais e instituições brasileiras que operam com receptivos internacionais e todos eles passaram por uma avaliação técnica, financeira e étnica para serem aprovados como associados”, diz Carlos Robles ao falar das empresas que constroem o nome da Belta. “Para se tornar membro da Belta é necessário passar por uma comprovação de prestação de serviço de qualidade e atuação conforme Estatuto Social e regido pelo Código de Ética da associação”. Durante o processo são levantados dados sobre o tempo de atuação da empresa no mercado de educação internacional, inscrição cadastral no Ministério da Fazenda e na Prefeitura, cartas de recomendação de empresas brasileiras e estrangeiras do setor dentre outros documentos.
 
Além de trabalhar com empresas reconhecidas pela qualidade de serviço prestado, o que dá mais segurança ao estudante, a Belta atua na prestação de serviços para o público final fornecendo informações e orientações para quem quer desenvolver alguma atividade, seja de estudo, de trabalho ou de estágio no exterior. Através do site da associação (www.belta.org.br) os internautas podem verificar quais empresas são associadas à Belta, saber mais sobre os destinos, obter informações sobre cursos de intercâmbio, eventos organizados pelas agências, promoções de programas para quem quer planejar a viagem no exterior e entrar em contato diretamente com a associação e com as agências associadas.
 
E neste semestre, entre os dias 29 de setembro e 02 de outubro, a Belta promoverá, com a Asociación de Centros de Idiomas - SEA de Argentina -, entidade que reúne escolas e universidades que trabalham pelo desenvolvimento do turismo acadêmico e cultural, o IV Congresso Internacional de Turismo Idiomático, um dos mais importantes encontros anuais do setor de educação internacional e que ocorrerá pela primeira vez no Brasil. Para mais informações acesse a página oficial do evento:   www.turismoidiomatico.org.ar
 
 
Perfil das agências de intercâmbio brasileiras
A pesquisa “Mercado de Educação Internacional e de Intercâmbio do Brasil”, encomendada pela Belta (Associação Brasileira de Operadores de Viagens Educacionais e Culturais) em 2013, traçou o perfil das agências de intercâmbio brasileiras.

Os dados apresentados na pesquisa mostraram que a maior concentração de agências de intercâmbio no Brasil está na região Sudeste do país. Das agências entrevistadas, associadas e não associadas à Belta, 33,8% disseram atuar no mercado de educação internacional há mais de 15 anos e 62,6% dos profissionais possuem nível superior completo.

Outro fator que pode ser considerado um ponto positivo para quem procura programas de estudo no exterior é que a maioria das empresas tem entre seis a dez funcionários, e esses profissionais possuem experiências de mais de cinco anos em vendas de cursos de intercâmbio.

O resumo da pesquisa “Mercado de Educação Internacional e de Intercâmbio do Brasil” 2013 pode ser visualizado no site. www.belta.org.br

Nenhum comentário: