Total de visualizações de página

terça-feira, 16 de julho de 2013

Agentes de viagens discutem inadimplência e concessão de crédito durante Fórum Executivo da ABAV-SP


Evento contou com a participação de Joandre Ferraz, consultor jurídico da entidade, e representantes da AMAT – Soluções de Crédito
Foi realizada, na manhã de hoje (16), a 36ª edição do Fórum Executivo da ABAV-SP. A partir do tema “Como as agências de viagens podem se prevenir da inadimplência”, Joandre Ferraz, consultor jurídico da entidade, discorreu sobre a importância de os profissionais que atuam no setor de turismo trabalharem com contratos detalhados.
“Eles devem explicar muito bem o modus operandi de entrega do bilhete aéreo, por exemplo, para que depois isso possa ser devidamente cobrado caso seja necessário”, afirmou. O advogado ressaltou, ainda, que estes documentos devem discriminar ao máximo as características que compõem a prestação de serviço e que podem prever a cobrança de multas em casos de não pagamento de determinado compromisso financeiro.
Durante a reunião, Ferraz alegou que e-mails trocados com o cliente ou com o fornecedor devem ser guardados, uma vez que podem comprovar que o contato, de fato, ocorreu. “Ninguém compra um pacote de viagens de pronto; existe todo um processo envolvendo dúvidas referentes a valores, horários, voos e hotéis”, pontuou.
Defensor da existência de contratos, inclusive no ambiente virtual, o consultor enfatizou que os documentos devem ser enviados antecipadamente aos clientes, caso contrário eles poderão alegar falta de conhecimento prévio.
Abordando este mesmo assunto, Valdir Antonio Xambre, representante da AMAT – Soluções de Crédito, empresa especializada em soluções de crédito e em amenizar os problemas de falta de pagamento, explicou que a análise de crédito depende de uma completa checagem dos dados do interessado: CPF, limite de crédito e valor da compra (Pessoa Física); CNPJ e contrato social (Pessoa Jurídica).
Para evitar futuras inadimplências e garantir a saúde financeira da corporação, Xambre declarou que a empresa deve monitorar sua carteira de clientes diariamente. O mesmo zelo deve ser adotado antes da admissão de um novo funcionário. Nesta situação, aconselha-se checar a ficha cadastral completa do indivíduo, últimas três experiências profissionais e certidões cíveis, criminais e referentes à Justiça do Trabalho.
A última etapa do Fórum Executivo foi liderada por Luiz Lira, também da AMAT, que aproveitou a oportunidade para apresentar o sistema AMAT, desenvolvido em parceria com a Serasa Experian e o qual fornece informações em todo o território nacional para ajudar na concessão de crédito. A ferramenta permite que o usuário tenha acesso a todos os produtos da empresa: disponibilização de relatório sobre comportamento restritivo financeiro, comportamento em negócios das empresas, cadastro de Pessoas Físicas, negativação de inadimplentes e consultas de cheques, entre outros.

Nenhum comentário: