Total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

EMPRESÁRIOS BRASILEIROS PARTICIPAM DO LONDON BOAT SHOW


Segundo estimativa do Consulado Britânico, o mercado náutico do Brasil tem expectativa de crescimento de 10%.

O UK Trade & Investment, departamento do Consulado Britânico do Rio de Janeiro, promove encontros de negócios entre cinco importantes empresas brasileiras do setor náutico com companhias britânicas fornecedoras de equipamentos e serviços de ponta durante a London Boat Show, feira realizada entre os dias 4 a 12 de janeiro que co nta com a participação de mais de 200 empresas do setor.
Segundo estimativa do UKTI, o mercado náutico do Brasil tem expectativa de crescimento de 10% na próxima década. Desde 2011, as equipes comerciais do Consulado Britânico auxiliaram empresas britânicas a adicionarem mais de £ 200 milhões na economia do Reino Unido por meio de parcerias com o Brasil na área de construção naval e náutica.
Em 2013, o UKTI auxiliou a empresa Makefast, produtora de lonas e capotaria para barcos, a entrar no mercado brasileiro. A Makefast tem um plano de negócios de dois anos no Brasil e projeção de rendimentos no valor de £ 500 mil. Novas oportunidades de parcerias serão viabilizadas pelo London Boat Show 2014, segundo André Leal, gerente comercial do UKTI no Rio de Janeiro que lidera a missão que ocorrerá entre 5 e 10 de janeiro.
 "A indústria náutica do Reino Unido une tradição e inovação no desenvolvimento das mais modernas embarcações, produtos e serviços do mundo", diz Leal. "Esperamos auxiliar futuras parcerias entre as principais empresas brasileiras do setor e os fornecedores britânicos". Depois da London Boat Show, Leal lidera uma missão comercial do UKTI entre os dias 13 e 18 de janeiro, com donos de estaleiros e empresários da indústria naval brasileira.
As cinco empresas que vão participar do London Boat Show 2014 a convite do UKTI  incluem Cimitarra, do Rio Grande do Sul, Fribrafort, de Santa Catarina, e Lanchas Coral, do Rio de Janeiro, algumas das principais produtoras brasileiras de barcos e lanchas; assim como as empresas de super iates MCP, baseada em São Paulo, e o INACE.
UKTI
Com uma rede de consultores profissionais no Reino Unido e em mais de 96 mercados internacionais, o UK Trade & Investment (UKTI) é o departamento do governo britânico que ajuda as empresas baseadas no país a terem sucesso na economia global e auxilia empresas estrangeiras a levar investimentos de alta qualidade para o Reino Unido. A equipe do UKTI Brasil trabalha na Embaixada e nos Consulados Britânicos presentes no país.

Hotel Casa do Mar recebe 2014 com grande festa



Começou a contagem regressiva para a grande noite de 31 de dezembro no Hotel Casa do Mar, que receberá 2014 com muito estilo e animação. Localizada na Praia de Tremembé em Icapuí (CE), a Casa do Mar possui uma excelente estrutura e uma localização privilegiada para entrar o ano novo com o pé direito. A noite de réveillon contará com buffet completo, show de fogos e cinco horas de muita animação com a Banda Disco de Vinil. Informações e reservas através do (88) 3432-4155/ (88) 9792-5117 / (88) 9342-3039.

Summerville promove a alegria de adultos e crianças nas férias



No mês de janeiro, o Summerville Beach Resort prepara muitas novidades para começar o ano com o pé direito. Na temporada, o resort de Muro Alto – Porto de Galinhas (PE) estreia mais uma opção de lazer que promete fazer sucesso entre os adultos, um pub. Outro atrativo são as diferentes opções gastronômicas oferecidas pelo resort, que inclui na diária, café da manhã, almoço e jantar. As crianças, claro, também são contempladas com atrações, afinal, o Summerville é o lugar ideal para as férias de verão em família.

Além das tradicionais “Noites Temáticas” e do restaurante Quebramar, este último oferecendo menu degustação à beira-mar de Muro Alto de terça a domingo, o Summerville oferece uma vasta oferta de bufê italiano. A Trattoria, disponível de segunda a sábado, oferece diversidade de massas e pizzas, além de risotos. Para fechar a noite, a pedida é aproveitar um autêntico pub com cardápio de cervejas especiais, videoclipes musicais e esportes exibidos em telões, que promete ser um “point” noturno. O pub funcionará de quinta a sábado no Arrecifes Bar, localizado no lobby do Summer das 22h30 às 02h. Para janeiro também estará na programação especial shows noturnos de diversos ritmos. Forró, Luau, Flashback e Noite Summerville, que inclui apresentações de dança regionais, animarão as noites do resort.

Ainda voltado para adultos, a programação de Esportes e Lazer inclui jogos de integração, torneios de tênis (individual e em dupla mista) e arco e flecha, além de concurso de cerveja e caipirinha. Estão programadas diariamente caminhadas e aulas monitoradas de hidroginástica, ginástica e alongamento, para os amantes de esportes. Uma atividade que promete divertir e ao mesmo tempo levar um pouco de cultura para os hóspedes são as aulas de dança regionais.

Para o público infantil, o Summerville programa show de Mágica com o ilusionista Hugo Henrick, que vem se destacando no segmento e ficou famoso por participar de quadro do programa “Caldeirão do Huck”, da TV Globo. Além da atração de renome nacional, o resort promove show kids e apresentação de teatro com o tema “O Mágico do Sertão”. Oficinas de culinária e de arte também fazem parte da grade de entretenimento, bem como uma atividade que promove o pensamento sustentável desde a infância. Além disso, jogos na praia como a pescaria de siri e, na piscina, vão fazer os hóspedes mirins interagir e se divertir. Isso sem falar no toboágua, que é uma atração à parte para as crianças.

Projetado para oferecer o máximo de privacidade e conforto, o Summerville possui 170 apartamentos e suítes. Dispõe ainda de 32 charmosos bangalôs. O Summerville Beach Resort possui completa área de lazer composta de piscina de 1,2 mil m², que inclui decks molhados, área de bar, cascatas, jacuzzi e ilhas com jardins tropicais. Bares, sauna, fitness center equipado, espaços de massagem e banhos terapêuticos e demais mordomias estão dispostas em uma área verde de cerca de 70 mil m². A estrutura para crianças é um grande diferencial do resort, bem como, os serviços oferecidos.

Serviço:

MÊS DE JANEIRO NO SUMMERVILLE
Local: Summerville Beach Resort
Endereço: PE-09, Acesso Muro Alto S/N – Praia de Muro Alto – Porto de Galinhas (PE)
Período: 01 a 31 de janeiro de 2014
Preço da diária: R$ 1.300 em apartamento duplo Superior*
Inclui: Pensão completa (café da manhã, almoço e jantar servidos nos restaurantes do resort incluso bebidas não-alcoólicas**); Duas (02) crianças de até 12 anos grátis, desde que acomodadas no mesmo apartamento dos pais; Atividades de esportes e lazer diárias, voltadas para todas as idades.
Centrais de Reservas: Recife (81) 3302.4446 ou São Paulo (11) 3070-5159 www.summervilleresort.com.br

* Outras categorias de acomodação, preço sob consulta.
** Água, suco e refrigerante à vontade servido e consumido durante a refeição.

Via Costeira prepara "casa" para chegada do Up!


A concessionária Volkswagen Via Costeira, na Avenida Roberto Freire - Estrada de Ponta Negra, começou dezembro com novo show room para os clientes. Ainda mais amplo e confortável, é possível conferir todos os modelos da marca em um clima agradável num ambiente com ar condicionado. Até fevereiro, o grande lançamento da VW em 2014 será apresentada em todo o Brasil. Trata-se do compacto Up! que vai ser fundamental para a marca assumir a liderança de vendas no mercado mundial e brasileiro. Em breve mais novidades.
O horário de atendimento segue de segunda a sexta-feira das 8h às 19h, sábados das 8h às 12h e domingos, 9h às 13h. Na concessionária é possível comprar toda linha Volkswagen, realizar serviços, financiamentos e adquirir planos de consórcio da marca. O atendimento é prioridade para o Grupo A.Cândido, considerado o maior grupo de concessionárias VW do Brasil. A terceira unidade em Natal será inaugurada no primeiro trimestre de 2014, assim como a segunda unidade em Fortaleza, que já conta com uma concessionária em atuação desde o início de dezembro. Mais informações pelo telefone 84. 3087-1000 ou pelo site: www.viacosteiravw.com.br .

MSC Cruzeiros anuncia investimento de 200 milhões de euros em classe de navios



Descrição: Descrição: W:\_Exclusivo\MSC Cruzeiros\Ferramentas\Imagens\NAVIOS\MSC Lirica\MSC Lirica 04_b.jpgA MSC Cruzeiros investirá 200 milhões de euros nos próximos dois anos em um programa de revitalização dos quatro navios da classe Lirica, em parceria com o estaleiro italiano Fincantieri. Os transatlânticos MSC Armonia, MSC Lirica, MSC Sinfonia e MSC Opera, desta forma, ganharão novos espaços de lazer e entretenimento, inovações tecnológicas, lojas ampliadas e passarão a contar com 200 novas cabines cada.

Os quatro navios da classe Lirica foram construídos entre 2003 e 2005 no STX France em Saint-Nazaire, França. Atualmente, têm 251 metros de comprimento, 60 mil toneladas e tem capacidade para até 2.069 hóspedes. Após o “programa de renascimento” criado pela MSC Cruzeiros, contarão com 275 metros de comprimento, pesarão 65 mil toneladas e comportarão 2.680 hóspedes, ostentando mais cabines para hóspedes e tripulantes. O programa durará ao todo 38 semanas e o primeiro navio da classe a retornar aos mares, após seu renascimento, será o MSC Armonia em novembro de 2014, seguido do MSC Sinfonia em março de 2015, MSC Opera em julho de 2015 e o MSC Lirica em novembro de 2015.

“Quando as quatro embarcações voltarem para o mar estarão totalmente renovados com ainda mais comodidade e conforto aos nossos hóspedes para levá-los a destinos sofisticados ao redor do mundo. Esse extenso programa representa um enorme investimento e, uma vez mais, a dedicação de nossa empresa para elevar ainda mais os padrões, tecnologia e inovação contínua de nossa frota, que ficará ainda mais competitiva”, afirma Gianni Onorato, CEO da MSC Cruzeiros.

Serviço
Facebook / Youtube: MSC Cruzeiros do Brasil
Instagram: msccruisesofficial
Twitter: @MSCCruzeiros

Claro reforça rede para as festas de Virada do Ano e nos locais de maior tráfego durante as férias



A Claro reforçou toda a estrutura de rede para prevenir gargalos sazonais, como os que ocorrem durante as festas de réveillon e ao longo do período das  férias de verão. Devido ao grande número de pessoas se comunicando com amigos e parentes, a rede móvel registra um aumento significativo de tráfego na noite de Ano Novo, em comparação a outros feriados do ano. Por conta disso, as equipes de monitoramento são reforçadas para estarem prontas para remanejamento de rotas e outras ações nos casos de eventuais congestionamentos.
O esquema preventivo inclui o réveillon de Copacabana, onde a operadora ampliou a capacidade das estações rádio-base (ERBs) que atendem o local e ainda instalou seis estações móveis temporárias distribuídas por toda a orla. As praias do litoral fluminense também receberam reforço de cobertura para a virada do ano.
Os investimentos a serem realizados pela Claro em todo o litoral de São Paulo para o período de férias preveem, em média, a ampliação de 40% da capacidade atual de sua rede. Em algumas localidades chegará a 100% de expansão.

Em outras regiões, como no litoral gaúcho, a instalação de antenas que expandem a capacidade da rede local, também garantirá aos clientes mais qualidade nos serviços de telefonia móvel. O mesmo ocorrerá no litoral de Santa Catarina e nas praias do nordeste.


Réveillon de Parnamirim terá festa em Pirangi e Rosa dos Ventos


Uma grande festa para se despedir de 2013 e receber o Ano Novo será realizada em Pirangi e no bairro de Rosa dos Ventos. A Prefeitura de Parnamirim divulgou hoje a programação do Reveillon que terá início às 22h com uma missa campal à beira-mar em Pirangi do Norte. De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Setel), o tradicional show pirotécnico será realizado às 0h nos dois polos: serão 15 minutos de fogos no Trapiche de Pirangi e oito minutos em Rosa dos Ventos. 
Na praia, a animação ficará por conta das bandas Forró de Griff, Forró da Ostentação e os Desembestados (veja os horários abaixo). Em Rosa dos Ventos, a festa também começa às 22h na Praça Juarez Balbino, com Os Desembestados e em seguida Forró da Moda. 

ESTRUTURA
Os palcos que receberão as bandas já estão montados. Para garantir a segurança e conforto de quem estiver curtindo a festa, foram intensificados os serviços de iluminação, limpeza e segurança. 
A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) cuidou da manutenção de todas as lâmpadas em Pium, Cotovelo e Pirangi do Norte e mais 58 refletores da orla. Também foram acrescentados refletores e cordões de luz em locais mais escuros.
Para facilitar a circulação de pedestres, as vias de acesso de carros à praia estão sendo fechadas na tarde de hoje (30). Também foram instalados 20 banheiros químicos nas imediações do local de shows. Outros quatro banheiros ficarão até depois do Carnaval: dois próximos ao Marina Badauê e dois do Bar do Dica.

PROGRAMAÇÃO
Pirangi do Norte
22h – Missa;
23h – Forró de Griff;
00h – Show Pirotécnico;
1h – Forró da Ostentação;
3h – Os Desembestados.

 
Rosa dos Ventos
22h – Os Desembestados;
00h – Forró da Moda.

RIO DE JANEIRO, UM DESEJO MUNDIAL

    RIO DE JANEIRO RECEBERÁ TORCEDORES DE OITO PAÍSES NA COPA DE 2014
 
Torcedores de três continentes virão assistir suas seleções jogarem no Maracanã, uma das arenas mais famosas do mundo e que terá mais jogos na Copa de 2014, totalizando sete partidas
 
SE_Riodejaneiro0580.jpgO Rio de Janeiro está no imaginário coletivo mundial e conhecer uma das mais belas cidades do Brasil é um desejo de milhares de pessoas. Desejo que será realizado por boa parte dos estrangeiros que virá de oito países para assistir a primeira fase da Copa de 2014, na capital carioca. Assim como na Copa das Confederações, o Rio de Janeiro irá receber o jogo mais importante da Copa do Mundo que é a final, no dia 13 de julho de 2014.
 
A primeira partida no Maracanã será entre Argentina e Bósnia, no dia 15 de junho. O país argentino é o principal emissor de turistas para o Brasil, enviando anualmente mais de 1,6 milhão de visitantes aos diversos destinos turísticos do País. “Os argentinos são tão apaixonados por futebol quanto nós brasileiros, e aproveitarão a chance de ver sua seleção disputando a Copa, no Maracanã. Eles virão para assistir aos jogos e aproveitarem as belezas naturais e maravilhas do estado do Rio”, afirmou Flávio Dino, presidente da Embratur. 
 
Outro jogo que deverá atrair uma grande leva de sul-americanos e europeus à capital fluminense acontecerá no dia 18 de junho, quando entram em campo o Chile e a Espanha, e no dia 25 de junho, quando a França jogará contra o Equador. Tanto os turistas vizinhos quanto os europeus, também fãs do futebol, adoram passear no Brasil. Em 2012, 250.586 chilenos ocuparam a 5ª posição no ranking de turistas que vieram ao Brasil. Já os espanhóis, estão na 9ª posição, tendo enviado 180.406 turistas, no mesmo ano.
 
A França ocupa o oitavo lugar no mesmo ranking, tendo enviado ao Brasil, em 2012, 218.626 franceses. “Com a Copa, em 2014, a tradição do futebol na França será mais um incentivo para atrair turistas para o nosso País”, afirma o presidente da Embratur, Flávio Dino. Já do Equador, vieram 26.462 pessoas em 2012, o que coloca o país em 23º no ranking de emissores de turistas ao Brasil.
 
O Chile, a Espanha e a França foram alvos importantes da principal ação de promoção realizada pela Embratur para a Copa do Mundo, o Goal to Brasil. Desde julho de 2012, o Instituto promoveu edições do Goal to Brasil nos principais mercados emissivos e o Chile sediou a primeira edição, em julho de 2012. Já a Espanha recebeu o mesmo evento em janeiro de 2013 e na França, o Goal to Brasil aconteceu em setembro de 2012.
 
Turistas da Bélgica e da Rússia também são esperados para prestigiar os ídolos do futebol na Cidade Maravilhosa na primeira fase do torneio mundial.  Apesar da longa distância que separa o Brasil da Rússia, ela está entre as 20 nações que mais enviaram turistas para terras brasileiras, em 2012. Além disso, os russos estão entre os 18 mercados prioritários para Embratur no trabalho de promoção do Brasil no exterior, tendo ocupado a 18ª posição, em 2012, com 25.141.
 
Recentemente, a Embratur lançou uma campanha no Youtube onde estrangeiros que moram no Brasil apresentam as cidades-sede para os seus conterrâneos. No Rio de Janeiro, um argentino apresentou a cidade onde a seleção de seu país irá estrear. Assista ao vídeo: http://youtu.be/fLd6GMsBgTA
 
 

 
SE_Riodejaneiro1207_baixa.jpgOs turistas que foram aos jogos em Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Fortaleza escolheram a capital fluminense como a segunda cidade a ser visitada durante a estadia no país, segundo pesquisa realizada pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) durante a Copa das Confederações.
 
“A pesquisa confirma o Rio de Janeiro como nosso principal cartão-postal, encravado no imaginário coletivo mundial”, afirma Flávio Dino, presidente da Embratur. “Desde 2006, é a cidade mais procurada pelo turista que vem em busca de lazer”, lembra Dino.
 
“Recentes conquistas reforçam ainda mais o papel do Rio de Janeiro como cartão-postal do Brasil”, continua. Ele cita a escolha do Rio como a primeira cidade a ser reconhecida como Patrimônio da Humanidade na categoria Paisagem Urbana, além dos megaeventos como final da Copa das Confederações e Jornada Mundial da Juventude (JMJ).
 
 
 
 

Demanda e oferta crescem em novembro


Número de passageiros transportados foi recorde em dez anos

A demanda (em passageiros-quilômetros pagos transportados – RPK) e a oferta (em assentos-quilômetros oferecidos – ASK) do transporte aéreo doméstico de passageiros registraram crescimento de 4,59% e 0,60%, respectivamente, em novembro de 2013, quando comparadas com o mesmo mês de 2012. Trata-se do maior nível de demanda no mercado doméstico para o mês de novembro nos últimos dez anos. Com o resultado de novembro, a demanda doméstica do ano acumulou alta de 0,75%, enquanto a oferta acumulada registrou retração de 3,66% no mesmo período.

Entre as principais empresas aéreas brasileiras*, a Azul Linhas Aéreas e a Avianca destacaram-se com as maiores taxas de crescimento de demanda doméstica em novembro de 2013, quando comparadas ao mesmo período de 2012, com alta de 36,45% e 26,03%, respectivamente. Se consideradas somadas as operações de Azul e Trip, essas empresas registraram crescimento de 18% na demanda doméstica no mesmo período. A TAM registrou queda de 5,89% na demanda doméstica de novembro/2013, quando comparada com o mesmo mês do ano anterior. A GOL registrou crescimento de 13,58% no mesmo período. Se consideradas somadas as operações de Gol e Webjet, a demanda doméstica de tais empresas apresentou crescimento de 7% no mesmo comparativo.

Participação de mercado
A TAM e a GOL lideraram o mercado doméstico em novembro de 2013 com participação (em RPK) de 38,81% e de 36,40%, respectivamente. Entretanto, a participação das demais empresas no mercado doméstico cresceu 6,18%, passando de 23,35% em novembro/2012 para 24,79% em novembro/2013. Entre as principais empresas aéreas brasileiras, Azul e Avianca registraram o maior crescimento em sua participação no mercado doméstico em novembro/2013, quando comparada com novembro/2012, passando de 9,92% para 12,94% (crescimento de 30,46%) e de 6,40% para 7,71% (crescimento de 20,49%), respectivamente. Se somadas as operações de Azul e Trip, o crescimento dessas empresas no mercado doméstico foi de 13,26% no mesmo período, passando de 14,51% para 16,44%.

Passageiros transportados
O número de passageiros transportados no mercado doméstico em novembro de 2013 foi de 7,8 milhões, tendo sido o maior para o mês nos últimos 10 anos, com alta de 6,5% em relação a novembro de 2012. No período de janeiro a novembro de 2013 a quantidade de passageiros transportados acumulou crescimento de 0,70% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Aproveitamento de aeronaves
A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos de passageiros (RPK/ASK) foi recorde para o mês de novembro nos últimos dez anos, alcançando 79,27%, percentual 3,96% superior ao de outubro. A taxa de ocupação acumulada de janeiro a novembro de 2013 ficou em 75,84%, contra 72,51% no mesmo período de 2012.

Transporte Interestadual de Passageiros de Longa Distância
Para obter uma visão relativa da evolução da quantidade de passageiros transportados no modal aéreo, foi realizado um comparativo com o transporte rodoviário, considerando-se a quantidade de usuários do transporte rodoviário interestadual de longa distância definido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em percursos com distância superior a 75 km, com diferentes unidades da federação de origem e destino. Nos últimos dez anos, o transporte rodoviário interestadual de longa distância teve uma redução de 12,5% no número de passageiros transportados, passando de 67,2 milhões em 2004 para 58,8 milhões em 2012. No transporte aéreo, observou-se um movimento inverso e acentuado para o mesmo período, com registro de 81,9 milhões de passageiros transportados em 2012, e 29,9 milhões em 2004, o que representou um incremento de 174,2%. Em 2004, o transporte rodoviário era responsável por 69,2% dos passageiros transportados e o modal aéreo, por 30,8%. Considerando os primeiros seis meses de 2013, as empresas aéreas transportaram 59,5% dos passageiros neste mercado e as de transporte rodoviário, 40,5%.

Carga transportada
A quantidade de carga paga transportada no mercado doméstico foi de 37,9 mil toneladas em novembro de 2013, com redução de 3,2% com relação a novembro de 2012. No período de janeiro a novembro de 2013, a carga paga doméstica transportada acumulou crescimento de 4,36%, com 361,5 mil toneladas.

Transporte aéreo internacional

Demanda e Oferta
A demanda do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas brasileiras apresentou crescimento de 7,14% em novembro de 2013, quando comparada com o mesmo mês de 2012. A oferta internacional registrou queda de 2,64% no mesmo período. Após uma série de doze meses consecutivos de crescimento, trata-se da primeira redução na oferta internacional. A demanda internacional registrou alta pelo 13º mês consecutivo, tendo atingido o maior nível dos últimos dez anos para o mês de novembro. No acumulado de janeiro a novembro deste ano, a demanda internacional cresceu 5,05% e a oferta internacional teve alta de 8,78%, ambas comparadas com o mesmo período de 2012.

Participação de mercado internacional
O Grupo TAM e a GOL representaram a totalidade das operações de empresas brasileiras no transporte aéreo internacional de passageiros em novembro de 2013, com 86,77% e 13,23%, respectivamente.

Aproveitamento de aeronaves
A taxa de aproveitamento dos voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras (RPK/ASK) alcançou 79,70% em novembro de 2013, contra 72,42% do mesmo mês do ano anterior, representando uma variação positiva de 10,05%. Trata-se do melhor aproveitamento das empresas brasileiras em voos internacionais para o mês de novembro registrado nos últimos dez anos.

Passageiros transportados em voos internacionais
O número de passageiros transportados por empresas brasileiras no mercado internacional em novembro de 2013 atingiu 484,5 mil, tendo sido o maior para o mês nos últimos 10 anos, com alta de 7,1% em relação a novembro de 2012. No período de janeiro a novembro de 2013 a quantidade de passageiros transportados acumulou crescimento de 4,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. A TAM foi a empresa que mais transportou passageiros no mercado internacional em novembro de 2013, com 349,9 mil. No acumulado de janeiro a novembro, a TAM foi responsável pelo transporte de 4,08 milhões de passageiros em 2013 e a GOL transportou um total de 1,44 milhões.

Carga transportada
A quantidade de carga paga transportada no mercado internacional alcançou 15 mil toneladas em novembro de 2013, com aumento de 3,9% com relação a novembro de 2012. No período de janeiro a novembro de 2013, a carga paga internacional transportada acumulou crescimento de 24,1% em relação ao mesmo período de 2012. A TAM liderou o mercado de carga internacional entre as empresas aéreas brasileiras em novembro de 2013, com 11,2 mil toneladas pagas transportadas, o que representou aumento de 6% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Todos esses dados constam do relatório mensal “Demanda e Oferta do Transporte Aéreo”, que  a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) passa a divulgar a partir deste mês, com mais informações em relação ao formato inicial (“Dados Comparativos”). Para uma melhor compreensão por parte do leitor, além dos dados em planilha, a nova publicação contempla um relatório com gráficos e considerações acerca do comportamento das variáveis no mês de referência e nos últimos dez anos. A inclusão de informações sobre a quantidade de passageiros transportados, carga transportada e participação do modal aéreo no transporte interestadual de passageiros de longa distância, em comparativo com o modal rodoviário, são outras novidades que estão contempladas no novo relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo. O relatório também está disponível na página da ANAC por meio do link a seguir: http://www2.anac.gov.br/estatistica/demandaeoferta.asp.

O relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo é elaborado com base nas operações regulares e não regulares das empresas brasileiras de serviços de transporte aéreo público de passageiros. Mais informações podem ser obtidas no relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo, publicado hoje pela ANAC e disponível no endereço: http://www2.anac.gov.br/demandaeoferta/demandaeoferta/.

*Principais empresas aéreas brasileiras: foram consideradas aquelas que registraram participação de mercado superior a 1%, em termos de RPK.

Assessoria de Comunicação da Anac

GOAL TO BRASIL GERA MILHÕES DE REAIS EM EXPECTATIVA DE NEGÓCIOS PARA O ANO DA COPA

GOAL TO BRASIL GERA MILHÕES DE REAIS EM EXPECTATIVA DE NEGÓCIOS PARA O ANO DA COPA
 
Novo formato do Goal to Brasil gerou, somente nas últimas três edições, cerca de R$ 8,6 milhões em expectativa de negócios para o país
 
GTB_NY01.jpgO Goal to Brasil – Encontros Brasileiros, evento de promoção do país, criado pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), fechou o segundo semestre de 2013 com balanço positivo e gerou boas expectativas para o turismo brasileiro. Apenas nas três últimas edições que aconteceram na Colômbia (setembro), em Los Angeles (outubro) e Amsterdam (novembro), o evento conseguiu obter, em média, R$ 8,6 milhões de reais em expectativa de transações, por meio do turismo, para o próximo ano no Brasil.
 
“Esse levantamento foi realizado somando a média dos valores obtidos em cada um desses eventos. Os números foram identificados a partir dos resultados das rodadas de negócios entre operadores brasileiros e estrangeiros”, explicou a diretora de Mercados Internacionais da Embratur, Leila Holsbach.
 
Em Bogotá, na Colômbia, em 100 encontros comerciais entre operadores brasileiros e colombianos, 81% geraram expectativas de negócios. Este número poderá representar, em média, R$ 3,6 milhões em expectativa de negócios para o turismo do Brasil.
 
Em Los Angeles, nos Estados Unidos, das 90 reuniões realizadas entre os profissionais de turismo, 73% abriram possibilidade de negócios de cerca de R$ 3,2 milhões para os próximos meses. Já em Amsterdam, na Holanda, registrou-se que 67% dos 91 encontros ocasionaram perspectivas de R$ 1,7 milhão, em média, de transações comerciais para o turismo brasileiro.
 
O novo formato do Goal to Brasil, apresentados nas três últimas edições de 2013, traçou outra maneira de incentivo à venda de pacotes turísticos do país. A partir disso, o Instituto realizou esses eventos específicos voltados para operadores de turismo nos países considerados prioritários. Para realização das últimas edições, foram levados gestores das secretarias estaduais e municipais, além de operadores brasileiros. “A principal característica foi estimular a troca de experiências e proporcionar novas parcerias comerciais entre os operadores brasileiros e estrangeiros”, disse a diretora.
 
Neste semestre, as três edições do Goal to Brasil contaram com a presença de 32 operadoras estrangeiras. Desse total, 10 estiveram em Bogotá e nove em Los Angeles. O evento em Amsterdam teve a presença de profissionais de 13 empresas que comercializam pacotes turísticos na Holanda.
 
Para definir quais segmentos e nichos turísticos que serão apresentados em cada um dos mercados, é necessário traçar um estudo do perfil desses países. “Intensificamos o apoio à comercialização dos produtos e destinos turísticos brasileiros por meio da diversidade natural e cultural, da relação com veículos de mídia e das relações com os profissionais de turismo nos mercados. Comercialmente falando, o resultado foi excelente. Percebemos que é realmente eficaz realizar eventos exclusivos do Brasil”, completou Holsbach. Para 2014, ano que o Brasil irá sediar a Copa do Mundo, estão programados mais seis eventos.

O Goal to Brasil
 
Antes de criar um novo modelo para o evento, a Embratur promoveu ao longo de dez meses (julho de 2012 a maio de 2013), 14 encontros, em diferentes países, para divulgar o Brasil como sede da Copa do Mundo Fifa 2014. O projeto formou 3.080 agentes de viagens e operadores de turismo ‘especialistas em Brasil’, e permitiu que 350 jornalistas conhecessem detalhes dos preparativos do país para os grandes eventos esportivos.
 
Cada uma das 12 cidades-sede foi anfitriã das edições que aconteceram no Chile, Argentina, Colômbia, Peru, Uruguai, México, Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Portugal e Canadá.  Na Colômbia e nos Estados Unidos, o Brasil como um todo foi o anfitrião do evento.
 

Ano novo marca centenário da aviação comercial



Celebração do primeiro voo de passageiros abre ano de reflexão
 sobre a contribuição da aviação para a vida moderna

1º de janeiro de 2014 marca exatamente 100 anos do nascimento da aviação comercial. A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) celebra a data convidando todos os interessados em aviação  para uma reflexão sobre a importância da atividade na vida das pessoas.

Do pioneirismo a uma força global
• Em 1º de janeiro de 1914, uma equipe de quatro visionários combinou esforços para realizar o primeiro voo comercial programado.
• Percival Fansler organizou os recursos da linha aérea São Petersburgo-Tampa, que forneceu o primeiro serviço aéreo regular, em Tampa Bay, na Flórida.
• O hidroavião de Thomas Benoist realizou o primeiro voo, com o piloto Tony Jannus no comando.
• O então prefeito de São Petersburgo, Abram Pheil, pagou US$ 400 em leilão para ser o primeiro passageiro do voo de 23 minutos. 

Esses pioneiros não poderiam imaginar as mudanças que se seguiriam. A indústria que começou com apenas um passageiro tornou o mundo menor, fornecendo hoje uma conectividade sem precedentes e aproximando as pessoas de todos os continentes.

Algumas estatísticas demostram o tamanho e a capacidade dessa indústria:
Em média, mais de 8 milhões de pessoas voam a cada dia. Em 2013, o número total de passageiros alcançou 3,1 bilhões, superando pela primeira vez na história a marca de 3 bilhões. Esse número deve crescer para 3,3 bilhões em 2014 (equivalente a 44% da população mundial).

•    Anualmente, cerca de 50 milhões de toneladas de carga são transportadas por via aérea (140 mil toneladas por dia). O valor anual desses bens alcança  US$ 6,4 trilhões ou 35% do valor dos bens comercializados internacionalmente.

•     A aviação oferece mais de 57 milhões de postos de trabalho e gera US$ 2,2 trilhões em atividade econômica, com uma contribuição econômica direta de cerca de US$ 540 bilhões. A indústria de aviação, se fosse um País, ficaria entre as 20 nações com maior PIB.

•     O volume de negócios global da indústria aérea deverá ser US$ 743 bilhões, em  2014, com margem média de lucro de 2,6%.
"Ao longo do século passado, a aviação comercial transformou o mundo de uma maneira impossível de se imaginar ​​em 1914. O primeiro voo ofereceu um atalho pela baía de Tampa. Hoje a indústria da aviação reúne entes queridos, conecta culturas, amplia as mentes, abre mercados e promove o desenvolvimento. A aviação oferece às pessoas ao redor do globo a liberdade de fazer as conexões que podem mudar suas vidas e o mundo", disse Tony Tyler, diretor-geral e CEO da IATA.

“A aviação é uma força em prol do bem comum, e  seu  potencial de continuar mudando o mundo para melhor é quase ilimitado. Sempre foi um trabalho de equipe. Crescer de forma sustentável e difundir os benefícios da conectividade exigirá que a indústria, os governos, reguladores e comunidades locais mantenham-se fieis ao ethos ‘tudo isso juntos’, que foi a base do pioneiro voo. E deve ser guiada pelos interesses de longo prazo de todos cujas vidas são transformadas positivamente pela aviação comercial a cada dia. Cem anos é algo digno de comemoração. E estamos ansiosos para a criação de um legado igualmente notável para o segundo século da aviação comercial.”


Atividades comemorativas

• O site (www.flying100years.com) será lançado em 1° de Janeiro de 2014. Com materiais de referência histórica, o site será um centro de informações interativo sobre a celebração dos cem anos da aviação comercial, mostrando o valor que ela oferece a partir de perspectivas pessoais e econômicas.

• Twitters sobre a aviação do primeiro século serão acompanhados pela hashtag : #flying100

• A IATA é um dos patrocinadores do voo 2014, que está sendo planejado para reencenar o primeiro voo comercial de passageiros utilizando uma réplica do hidroavião Benoist original. O piloto e construtor de aeronaves Kermit Weeks vai decolar de São Petersburgo, na Flórida, e voar pela baía de Tampa, às 10h00 no horário local, retraçando o caminho exato feito por Jannus e Pheil, cem anos atrás.

A IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) representa 240 companhias aéreas e 84% do tráfego aéreo global.  Siga-nos no http://twitter.com/iata2press para notícias específicas à imprensa.



Artigo Antonio Azevedo, presidente da ABAV nacional - Aniversário de 60 anos da ABAV


 ABAV – 60 anos dedicados ao turismo 
Apenas algumas organizações resistem ao tempo, ganhando tradição, acumulando força de influência crescente, ganho de credibilidade e edificando um sistema de representação com respeito à alternância democrática de poder. É com orgulho que digo que a ABAV é uma delas, sempre lutando pelo desenvolvimento turístico do Brasil e pelas atividades das agências de viagens, as quais representam o principal e inigualável canal de distribuição que valoriza todo o setor. 
Por este motivo, me sinto privilegiado, neste ano tão significativo, por ter sido reeleito por nossos pares mais atuantes, líderes incontestáveis, que dedicam grande parte de seu tempo ao apoio aos nossos associados e dignificam o valor da marca de qualidade que nos representa a todos: a ABAV. 
Contudo, ao completar, em 28 de dezembro, seis décadas de atuação, a ABAV pode se orgulhar por reunir 3.500 empresas, que, juntas, representam mais de 80% da força nacional de distribuição personalizada, a qual exerce impacto direto e indireto na vida de milhões de turistas e em mais de 50 setores econômicos do Brasil. 
A ABAV 2014 – Expo Internacional de Turismo, maior evento de turismo das Américas e do Hemisfério Sul, que realizaremos no próximo mês de setembro, será o momento da coroação das comemorações desta data magna, que fazem valer cada instante dedicado ao interesse coletivo, que resulta em mais ganhos para todos. Afinal, os melhores negócios do setor são feitos com as melhores agências. E não há dúvidas de que as melhores agências estão sob a bandeira da ABAV. 
No decorrer destes 60 anos, a entidade vem se destacando pela oferta de milhares de cursos, artigos, projetos e serviços prestados à comunidade com efeito de valorização profissional, sobretudo por meio do prestigiado Instituto de Capacitação e Certificação da ABAV (ICCABAV), cada vez mais próximo dos associados. 
Ao dedicarmos tempo à bandeira da qualificação profissional, espelhando boas práticas para o turismo emissivo e receptivo, contribuímos com os avanços propugnados por políticas públicas consequentes. Convergindo esforços, reduzindo custos e ampliando ganhos setoriais, procurando atender a todos os elos, segmentos e nichos de mercado, cumprimos a obrigação social, econômica, cultural e ambiental reservada à entidade. 
Fugindo de armadilhas que aprisionam egos e retardam a cooperação necessária, avançamos. Após anos de trabalho contínuo e persistente, podemos comemorar a aprovação federal da portaria que reconhece as agências de turismo como o único canal de vendas qualificado e legalmente responsável para realizar a venda de viagens turísticas terrestres. É só inscrever no Cadastur os veículos que compõem a frota da agência. 
Um excelente presente para quem luta há mais de duas décadas para obter a regulamentação da profissão, especificando atribuições complementares àquelas que foram conquistadas em 2011 com a Lei Geral do Turismo. Um marco regulatório que foi um divisor de águas, possível devido à correlação de forças existentes naquela época. Encerramos este ano podendo comemorar os apoios recebidos de vários partidos políticos, de todos os matizes ideológicos, representados pelo colégio dos líderes da Câmara dos Deputados, para colocar em votação plenária e com urgência o Projeto de Lei 5.120/2001, o qual esperamos que finalmente seja aprovado neste ano do sexagenário. 
Às vésperas de mais um Ano Novo, renovamos os nossos compromissos com a valorização das agências de viagens, fortalecendo a marca ABAV como distintivo de excelência, ampliando os benefícios associativos, representando interesses coletivos e, muito especialmente, criando o cenário ideal para o networking e a realização de bons negócios. Porém, é essencial o engajamento no espírito associativo de cada um de nós, acompanhando, participando, contribuindo e apoiando as lutas e atividades de nossa entidade.
Faço votos de que esta história de sucesso continue a ser escrita por muitos anos e por muitas mãos idealistas, pois trago comigo a certeza de que ainda teremos muitos motivos para comemorar. Avante! 
Antonio J. M. de Azevedo
Presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens – ABAV Nacional

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

NOTA- Fogos suspensos na praia de Ponta Negra

NOTA

A Prefeitura de Natal comunica que a queima de fogos prevista para ocorrer na praia de Ponta Negra durante o Reveillon foi suspensa para garantir a segurança da população na área.

Em compensação, a Prefeitura reforçou a estrutura de fogos para a festa na ponte Newton Navarro, passando de cinco para sete núcleos de instalação de fogos de artifício.

A medida foi necessária em virtude de as obras de enrocamento na praia de Ponta Negra ainda não estarem completas, faltando a instalação de alguns pontos de acesso à praia e também em função das obras de urbanização da praia que estão em plena execução, inclusive com a troca de postes de iluminação.

A programação cultural, já anunciada, está confirmada para acontecer no Ponto 7 na avenida Roberto Freire. Com as apresentações de Antonio de Pádua, Banda de Frevo, Lane Cardoso, Camila Masiso, e Khrystal.

A Prefeitura lamenta não poder fazer a queima de fogos na praia de Ponta Negra, local tradicional de encontro dos natalenses e turistas para a festa da passagem de ano, mas entende que é mais prudente em função da segurança de todos, se comprometendo a retomar a programação na praia no réveillon do próximo ano, quando as obras já estarão concluídas. 

2013: ano de recordes para o Turismo de eventos em Natal


Foram 42 eventos, entre captados e apoiados pelo Natal Convention Bureau em 2013; 14 novos associados; e 28 eventos já confirmados para o próximo ano
- O ano de 2013 foi bastante positivo para o Turismo de Eventos em Natal.  Tanto em número de eventos captados e apoiados quanto em eventos realizados, esse foi o melhor ano em termos quantitativos para o setor nos últimos oito anos, desde quando foram intensificadas as atividades de captação de eventos pelo Natal Convention & Visitors Bureau.

Foram 42 eventos, entre captados e apoiados esse ano, contra 34 do ano passado. O número de captações supera 2011, o melhor ano de captações (foram 41) desde então. O número de eventos realizados ao longo de 2013 também foi recorde, com 37 eventos realizados, sete deles internacionais, em vários equipamentos e espaços para eventos na cidade.

Juntos, esses eventos registraram a participação de mais de 38.000 pessoas, gerando uma receita estimada em R$ 106.169.598,15 (valor calculado com base em pesquisa IPDC/Fecomércio 2012).

Para o diretor-presidente executivo do Natal, George Costa, que finaliza sua gestão como executivo do Bureau no próximo dia 31, o sentimento é de dever cumprido. “Ser representante de entidade empresarial é sempre um desafio, pois a dedicação ao interesse coletivo faz com que você deixe de contemplar mais tempo aos seus próprios negócios. Os resultados conquistados pelo Convention mostram que valeu muito a pena. O Natal CVB foi a entidade do turismo que mais gerou divisas para Natal nos últimos anos e gerará ainda mais, pois já temos eventos captados até 2019, e também com a entrada dos novos equipamentos para o setor de negócios que estarão disponíveis a parir de 2014. É um orgulho ter feito parte desta equipe comprometida e eficiente”, finaliza Costa.
Entre as atividades realizadas esse ano pelo Convention Bureau para captar eventos e promover o destino Natal, como também para capacitação de pessoal, destacam-se: quatro viagens de captação; um famtour, reuniões com 59 decision makers, participação em eventos específicos do setor como a EBS – Feira do Profissional de Eventos – São Paulo; IMEX Europa – Frankfurt/Alemanha; EIBTM – Barcelona/Espanha; e o Encuentro Latinoamericano dos CVBs, em Santa Catarina.

A carteira de sócios da entidade passou a contar com 14 novos mantenedores em 2013. O último deles a Arena das Dunas, espaço multiuso que vai ampliar ainda mais as opções de espaços destinados a eventos na capital.

Perspectivas para 2014:

Para 2014, o Natal Convention já contabiliza 28 eventos confirmados para a cidade, entre captados e apoiados. O crescimento na captação de eventos e a ampliação da participação de Natal no segmento de Incentivo estão entre as perspectivas para o próximo ano, em função de um novo cenário que se vislumbra com ampliação da estrutura já disponível, como também com a inauguração de novos equipamentos e espaços para eventos como o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante; o estádio Arena das Dunas e a ampliação do Centro de Convenções de Natal.

Fundado em março de 2000, o Natal Convention & Visitors Bureau (Natal CVB) - fundação sem fins lucrativos - é a entidade do Turismo que trabalha a captação, o apoio e a promoção do destino Natal para o segmento de Eventos e Negócios.

Conta atualmente com 91 mantenedores (empresas associadas), em 25 segmentos, sendo 57 mensalistas de vários setores da cadeia produtiva de eventos e ligadas ao Turismo e 34 da hotelaria.

O Conselho Curador do Natal CVB é órgão de deliberação colegiada, formado por oito conselheiros titulares e cinco conselheiros representantes das seguintes entidades: ABIH-RN; ABRASEL/RN; ABAV-RN; Coohotur e Fecomércio/RN.

O Convention Bureau é membro da Confederação Brasileira dos Convention & Visitors Bureaux (FBC&VB) e da ICCA (International Congress and Convention Association), importante entidade do segmento que analisa e apoia o setor, disponibilizando informações estratégicas para sua atuação. 
 

Prefeitura de Porto Alegre e Caixa Federal assinam liberação do recurso para Centro de Feiras e Convenções


A prefeitura da capital gaúcha e a Caixa Econômica Federal (CEF) assinaram o Termo de Compromisso que autoriza o município a utilizar os R$ 60 milhões captados pela Secretaria Municipal de Turismo junto ao Ministério do Turismo, via PAC Turismo, para a construção de um novo centro de feiras e convenções na Capital. A solenidade de assinatura ocorreu no Paço Municipal no final da tarde desta quinta-feira, 26, pelo prefeito José Fortunati e o superintendente da CEF, Ruben Danilo de Albuquerque Pickrodt, com a presença do secretário municipal de Turismo, Luiz Fernando Moraes, e representantes do trade.

A formalização permitirá dar andamento ao plano de trabalho já entregue à CEF, onde são detalhadas as metas e etapas para implantação do equipamento. Do valor agora autorizado, 5% serão destinados à contratação dos estudos de viabilidade e do projeto básico do  centro de feiras e convenções. O termo de referência para a licitação desta etapa está em andamento no Grupo de Trabalho formado por técnicos de 11 secretarias municipais. 

Os recursos federais para dotar a cidade de uma estrutura que permita disputar com outros destinos nacionais e internacionais a captação de feiras e convenções de grande porte foram assegurados a partir de estudos de viabilidade preliminares encaminhados pela SMTUR ao Ministério do Turismo. É previsto um equipamento estruturado com que há de mais moderno em arquitetura e tecnologia. O novo centro de feiras e convenções deverá ter uma área de feiras de 26 mil m2 locáveis, quase três vezes o maior espaço hoje disponível para feiras na capital, existente na Fiergs. É prevista uma área de convenções de 9 mil m2, com capacidade para 6.450 pessoas sentadas, e estacionamento com 6 mil vagas. O novo centro de feiras e convenções será edificado em uma área de 27 hectares na avenida Bento Gonçalves.

O secretário de Turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Moraes Luiz Fernando Moraes, estima que as obras possam ser iniciadas em 2015. A ideia é fazer um projeto modulado, que possa ser implantado por fases, esclareceu o secretário. Os R$ 60 milhões não são suficientes, então vamos fazer por fases e começar a implantação a partir de 2015. E em paralelo, vamos continuar tentando conseguir recursos com governo federal”, explicou. Segundo o secretário, a primeira fase possivelmente tenha um prazo de dois anos para ser concluída. Ela irá consistir na construção de dois pavilhões, que ocuparão de 26 a 30 mil metros quadrados.

A prefeitura vai gerir a obra e a implantação do Centro, mas o secretário Moraes estima que, uma vez terminado, o local será gerido por uma empresa privada. A tendência hoje no mundo é que haja gestão privada, com edital e licitação, que uma empresa ganhe para fazer a gestão da operação do centro, esclareceu. De acordo com ele, a iniciativa privada tem mais agilidade e tem um perfil comercial que esse tipo de equipamento precisa ter que a área pública não tem. A ideia do centro não é arrecadar recursos com os eventos, mas sim gerar fluxo turístico. As pessoas que veem acabam deixando dinheiro em hotelaria, transporte, essa é a ideia do turismo de eventos”, afirmou Moraes.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Leonelli faz balanço da gestão à frente do Turismo




O secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, que deixa o governo estadual nesta sexta-feira (27), afirmou que sai da administração com o sentimento do dever cumprido e ressalta os resultados obtidos no período 2007-2013. No período, o Estado alcançou nos três principais aeroportos (Salvador, Porto Seguro e Ilhéus) a soma de 25 milhões de desembarques, frente aos 11 milhões registrados no período 2001-2006; atraiu US$ 5,7 bilhões em investimentos privados e registrou investimentos em infraestrutura da ordem de R$ 260 milhões.

Para Leonelli, nos últimos sete anos, houve uma relação inédita dos investimentos em infraestrutura e novos produtos turísticos. “O fato é que saímos da equação turística mais simples, da viagem, da hospedagem e do transporte, para a lógica do turismo como atividade econômica, adensando cadeias produtivas, criando produtos turísticos ligados à produção industrial e artesanal, qualificando mão de obra local, substituindo importações, desconcentrando a atividade e, finalmente, estabelecendo um marco legal e institucional para o turismo com a Lei Estadual, em tramitação na Assembleia Legislativa”.

Investimentos públicos

Nos últimos sete anos, R$ 263 milhões foram investidos em diversas obras e outros R$ 17 milhões em capacitação profissional. “A Chapada Diamantina e o Litoral Sul ganharam sinalização turística e rodoviária nos últimos sete anos, e Imbassaí e Morro de São Paulo ganharam cara nova. “Também iniciamos a sinalização da Costa das Baleias, este ano, além de outras dezenas de projetos em andamento, dentre os quais destaco a requalificação da Feira de São Joaquim”, disse o secretário.

Promoção

No que tange à promoção da Bahia, o Estado participou de mais de 500 eventos nos principais mercados emissores do Brasil e do exterior. “Além disso, conquistamos novos voos internacionais, como os da American Airlines, de Miami, nos Estados Unidos;  os da Air Europa, de Madri, na Espanha; além de Santiago, no Chile; Córdoba, na Argentina; e Montevidéu, no Uruguai.

Interiorização do turismo

O secretário destaca ainda o apoio dado pelo governador Jaques Wagner à pasta, e o desempenho dos colaboradores da Secretaria do Turismo e da Bahiatursa.

Leonelli também enfatiza a interiorização do turismo como uma importante marca, com a conquista de novos voos regionais para destinos como Ilhéus, Porto Seguro, Lençóis, Paulo Afonso, Barreiras e Valença, bem como a expansão do segmento de Turismo Rural. “Saímos, por exemplo, de 12 para 93 empreendimentos rurais”, enfatiza.

“Também criamos ou apoiamos a formação de produtos turísticos novos no interior como o Vapor do Vinho, em Juazeiro e Casa Nova, e a Rota do Chocolate, em Ilhéus, Uruçuca, Itacaré e Una. O São João da Bahia transformou-se em um novo produto turístico e foi fortalecido em mais de 100 municípios”, completou.

Apoio a eventos 

No que se refere ao apoio a eventos culturais, esportivos, geradores de fluxos turísticos, Leonelli disse que os critérios utilizados foram sempre técnicos e que a sua gestão se pautou de forma republicana, sem apadrinhamentos e privilégios.

“Um outro compromisso, o de “redescobrir a Baía de Todos-os-Santos” está sendo rigorosamente cumprido, com ações promocionais, de qualificação profissional e sinalização turística. O Plano de Turismo Náutico e Cultural da Baía de Todos-os-Santos, já aprovado pelo BID, que entrará com 60% dos R$ 200 milhões que serão aplicados na implantação de bases náuticas, resgate de patrimônio histórico, qualificação profissional, gestão ambiental e fortalecimento institucional dos municípios, também está bem encaminhado”, afirma.

Novos produtos, segmentos e serviços

Na estratégia adotada nos últimos sete anos, denominada Terceiro Salto do Turismo da Bahia, foram criados novos produtos, segmentos e serviços, para garantir qualidade, inovação e integração econômica no setor. “Tivemos um grande número de ações, como a criação do Espicha Verão, Salão Baiano de Turismo, GP Bahia de Stock Car, Enoturismo, Festival da Independência (Dois de Julho), o São João como Produto Turístico, além do Disque Bahia Turismo e dos aplicativos Guia Bahia Turismo, São João da Bahia e Reclame Turismo.