Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Bahia pode sediar Salão Náutico




Integrantes do Ministério do Turismo e Governo da Bahia, por meio da Setur e da Bahiatursa, estão negociando a realização em 2013 ou 2014, em Salvador, da Bahia Boat Show, feira náutica internacional. As conversas estão ocorrendo na São Paulo Boat Show, da qual o secretário Domingos Leonelli participa representando o governador Jaques Wagner.
O evento, que é o maior da América Latina, foi aberto oficialmente nesta sexta-feira (28), com a presença do chefe do Executivo paulista, Geraldo Alckmin, do secretário Leonelli e de empresários do setor.
Segundo o presidente da feira e diretor da Revista Náutica, Ernani Paciornick, o evento de São Paulo deve movimentar mais de R$ 300 milhões, em seis dias de negócios. Para o secretário Domingos Leonelli, a principal justificativa para a realização de uma feira como essa na Boa Terra é o investimento de US$ 85 milhões na infraestrutura náutica da Baía de Todos-os-Santos. “A única coisa que falta à Boat Show é o mar da Bahia”, acrescentou.

TRIP realiza feirão de passagens a partir de R$ 59,90 nesse final de semana



A TRIP Linhas Aéreas, maior companhia aérea regional da América do Sul, realiza um novo feirão de passagens neste final de semana. As vendas poderão ser feitas pelo portal www.voetrip.com.br ou agências de viagens a partir das 18h dessa sexta, 28, até às 6h de segunda-feira, 1º de outubro.

As passagens, disponíveis a partir de R$ 59,90, são válidas para embarque no período entre os dias 17 e 30 de outubro – exceto feriados e de acordo com a disponibilidade de assentos. Essa promoção encerra a campanha Azul e Trip 100 destinos, 100 razões para voar, 100 horas de promoções.

Origem
Destino
Valor (R$)
Aracaju
Maceió
59,90
Belo Horizonte (Confins)
Montes Claros
59,90
Belo Horizonte (Confins)
Uberlândia
59,90
Curitiba
Maringá
59,90
São Paulo (Guarulhos)
Bauru
59,90
São Paulo (Guarulhos)
Marília
59,90
Natal
Recife
59,90
Montes Claros
Belo Horizonte (Pampulha)
87,90
Belo Horizonte (Pampulha)
Uberlândia
87,90
Belo Horizonte (Confins)
São Paulo (Guarulhos)
87,90
Belo Horizonte (Confins)
Campinas
87,90
Belo Horizonte (Confins)
Vitória
87,90
Rio de Janeiro (Santos Dumont)
Vitória
87,90
São Paulo (Guarulhos)
Joinville
87,90
São Paulo (Guarulhos)
Londrina
87,90
Cuiabá
Campo Grande
98,90
Belo Horizonte (Confins)
Goiânia
98,90
Belo Horizonte (Pampulha)
Ubá
98,90
Curitiba
Campinas
98,90
Cascavel
São Paulo (Guarulhos)
109,90
Ipatinga
Belo Horizonte (Pampulha)
109,90
Ilhéus
Salvador
109,90
São Paulo (Guarulhos)
Juiz De Fora
109,90
São Paulo (Guarulhos)
Maringá
109,90
São Paulo (Guarulhos)
Uberlândia
131,90
Araçatuba
São Paulo (Guarulhos)
164,90
Cuiabá
São Paulo (Guarulhos)
164,90
Belo Horizonte (Confins)
Porto Alegre
164,90
Goiânia
Palmas
164,90
Salvador
Vitória
164,90
Cuiabá
Porto Velho
175,90
Belo Horizonte (Confins)
Recife
175,90
Manaus
Porto Velho
175,90
Belém
Belo Horizonte (Confins)
219,90

Sobre a TRIP Linhas Aéreas (www.voetrip.com.br)
 
Com 14 anos de atividade, a TRIP é hoje a maior companhia aérea regional do Brasil e também da América do Sul com a maior frota de ATRs em operação no mundo. Com 60 aeronaves que operam em mais de 80 cidades do País. É controlada pelos Grupos Caprioli e Águia Branca, ambos com tradição em transporte de passageiros. Em 2011, a TRIP registrou faturamento bruto de R$ 1,1 bilhão.

A qualidade de seus serviços, processos e produtos renderam em 2011 importantes títulos, entre eles, ‘Melhor Companhia Aérea regional da América do Sul’, pesquisa internacional da Skytrax com mais de 18 milhões de consumidores de 100 diferentes nacionalidades. Foi ainda, a primeira entre as aéreas em ‘Governança Corporativa’, pela Istoé Dinheiro. Por três anos consecutivos, a revista de bordo ‘Voe’, foi premiada como o melhor veículo customizado do Brasil, de acordo com a revista Propaganda.

Meliá Hotels International Brasil promove campanha “É FÁCIL SONHAR”



Para comemorar o mês das crianças, a Meliá Hotels International Brasil estará promovendo a campanha corporativa “É fácil sonhar”.

O objetivo da campanha é intensificar a aliança mundial entre o UNICEF e a Meliá Hotels International e arrecadar fundos em prol da instituição. Normalmente durante todo o ano, os hóspedes podem doar R$ 1,00 ao UNICEF, porém durante o período de 01 de outubro a 31 de dezembro, eles poderão doar R$ 10,00 para a campanha e receberão uma especial “máscara de dormir” em agradecimento.

A campanha conta também com a participação voluntária de todos os colaboradores, que terão a opção de contribuir com o UNICEF.

O QUE É UNICEF?

UNICEF é uma agência criada em 1946 por decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas. Seu propósito inicial foi ajudar as crianças da Europa depois da Segunda Guerra Mundial. E desde o princípio, sua vocação tem sido a de trabalhar pela infância sem distinção de raça, nacionalidade ou religião e estabelecer a proteção de seus direitos acima de qualquer interesse.

O QUE FAZ O UNICEF?

Trabalha para conscientizar a sociedade sobre os problemas que afetam a infância, mobiliza recursos para financiar os programas que apoiam em mais de 150 países em desenvolvimento e dá resposta às emergências humanitárias que afetam as crianças e suas famílias.
Seu trabalho nos países em desenvolvimento é melhorar as condições de vida das crianças e garantir que seus direitos a sobrevivência, a educação de qualidade e a proteção aos abusos se cumpram.

Sobre a Meliá Hotels International

Fundada em 1956 em Palma de Mallorca (Espanha), a Meliá Hotels International é uma das maiores companhias hoteleiras do mundo, além de líder absoluta do mercado espanhol. Na atualidade, dispõe de mais de 350 hotéis distribuídos em 35 países
nos 4 continentes, comercializados sob as marcas:  Gran Meliá, Meliá, ME, Innside, TRYP by Wyndham, Sol e Paradisus. O Club Meliá, único clube de lazer e férias entre as hoteleiras espanholas, complementa a oferta de produtos e serviços da Companhia.

Sobre a Meliá Hotels International no Brasil

A Meliá Hotels International está no Brasil desde 1992 e mantém escritório corporativo em São Paulo. Atualmente administra diversos empreendimentos localizados nas cidades de São Paulo, Angra dos Reis, Brasília e Campinas sob as marcas Meliá Hotels & Resorts e TRYP by Wyndham. A Meliá Hotels International - Divisão Brasil vem atuando principalmente no segmento de hotéis “business” e também administra o Meliá Angra Marina & Convention, no segmento “resort”. A companhia tem ainda em seus planos a abertura de novos empreendimentos de lazer no Nordeste, além de novos projetos em outras capitais brasileiras.

Brasil Total Receptivos – associação de empresas de receptivos de 23 destinos brasileiros – lançará em breve o seu portal de vendas online.

Brasil Total Receptivos – associação de empresas de receptivos de 23 destinos brasileiros – lançará em breve o seu portal de vendas online. A novidade foi anunciada por  Marcos Teixeira, diretor de operações da Martur e presidente da entidade; e Licério Santos, diretor da All Brazil e vice presidente da entidade, durante uma visita a sede paulista do MERCADO & EVENTOS. Eles foram recebidos por Juan Torres, diretor de projetos especiais do jornal. 

O lançamento oficial da ferramenta acontecerá em novembro, durante o Festival de Turismo de Gramado. Segundo o presidente, o site facilitará a compra de serviços para as agências e operadoras. De acordo com o VP, cerca de R$ 130 mil foram investidos na criação do portal. “Esta era uma ferramenta que faltava no mercado. Pelo portal será possível emitir todos os serviços oferecidos pelos nossos associados e o voucher irá por e-mail para o cliente. E o pagamento será faturado”, explicou. 

Segundo Santos, esta foi uma ação coordenada da associação visando o melhor atendimento de seus parceiros. Além do portal, os serviços de receptivos também serão disponibilizados em sites de compra online. A Brasil Total Receptivos possui 21 associados de 23 destinos nacionais, que atendem tanto o lazer quanto o corporativo. “Não conseguimos mensurar quanto cada segmento representa, pois, depende muito da região,. Por exemplo, Recife e São Paulo são mais eventos enquanto Porto de Galinhas, mais lazer”, explicou Santos.

Costa do Sauípe com preço promocional


Valor dos pacotes com tarifa especial é um presente para os amantes do resort
Viajar para a Costa do Sauípe é um programa e tanto. Imagine com desconto de até 30% para pacotes de sete noites, no período de outubro, novembro e dezembro? Com tarifas promocionais, o resort 100% brasileiro localizado o litoral norte baiano a 76 km de Salvador, é a opção que alia economia, diversão e descanso para toda a família e tranquilidade para o bolso.

O desconto vem ao encontro daqueles que curtem viajar nesta época do ano, em que o calor faz com que o cenário de coqueirais da região, as piscinas e o bar molhado sejam um convite à diversão. Alegria que não para durante a noite. Um diferencial da Costa do Sauípe é a Vila Nova da Praia, local de encontro do resort, com agradável clima nas noites da primavera para acompanhar shows de voz e violão no coreto ou se deliciar em um os diversos restaurantes temáticos do local. E para finalizar a noite com chave de ouro, os hóspedes mais animados seguem para a boate Maremoto - localizada no Sauípe Club – que tem a pista agitada das 23h às 2h da madrugada, de quarta a sábado.

A programação na Costa do Sauípe é divulgada diariamente em totens espalhados por todo o complexo, nos elevadores e na recepção de cada um dos cinco hotéis e cinco pousadas. As atividades vão desde apresentações musicais na Vila Nova da Praia a aulas de hidroginástica, yoga, axé e dança, além de uma grade de atividades especiais para as crianças no Sauípe Kids, tudo incluído no pacote. 

Valores válidos para pacotes adquiridos entre os dias 01/10 a 13/12
Sauípe Premium – Valor total a partir de R$ 1.920,00 ou em até 6X de R$ 320,00.

Valor por pessoa em apartamento duplo com vista resort, com pensão premium inclusive, duas crianças até 12 anos grátis no mesmo apartamento de dois adultos pagantes.
Sauípe Class, Club, Park e Fun - A partir de R$ 1.596,00 ou em até 6X de R$ 266,00. 

Valor por pessoa em apartamento duplo com vista resort, com pensão all inclusive, duas crianças até 12 anos grátis no mesmo apartamento de dois adultos pagantes.
Pousadas – A partir de R$ 798,00 ou 6X de R$ 133,00 

Valor por pessoa em apartamento standard, com café da manhã, uma criança até 12 anos grátis no mesmo apartamento de dois adultos pagantes.

O regime de pensão all inclusive oferece café da manhã, almoço, jantar, consumo de frigobar e consumo nos bares da piscina e do lobby. Bebidas inclusas: água, refrigerantes (Pepsi e Antártica), sucos variados, água de coco, cervejas, vinhos e espumantes (Miolo), caipirinhas, caipiroskas, vodka (Skyy), cachaças e whiskeys (Ballantines e Cutty Sark).

Valor por pessoa em apartamento duplo vista resort para pacotes mínimos de sete noites. Não inclui aéreo e traslado. Parcelamento válido para pagamento com Visa, Mastercard e American Express. Preços e condições sujeitos a alteração sem aviso prévio. Pacote sujeito a disponibilidade. Válido para compras realizadas de 1º de outubro a 13 de dezembro de 2012, e hospedagens de 6 de outubro a 20 de dezembro de 2012 exceto feriados e eventos temáticos. Reservas sujeitas a confirmação e disponibilidade. Não inclui ingressos em períodos onde existam shows ou eventos especiais programados. Nestas datas, para confirmação das reservas, será necessária aquisição dos ingressos, separadamente, nos preços vigentes. Duas crianças até 12 anos grátis no mesmo apartamento de dois adultos pagantes nos hotéis Sauípe Club, Class, Fun, Park e Premium. Uma criança até 12 anos grátis no mesmo apartamento de dois adultos pagantes nas Sauípe Pousadas. 

Para mais informações, acesse www.costadosauipe.com.br, ligue para a central de reservas (11) 3218-4335, (11) 2711-4549, (71) 2104-7020 ou consulte seu agente de viagens.

Curta a Costa do Sauípe no Facebook: www.facebook.com/CostaDoSauipe
Siga a Costa do Sauípe no Twitter: www.twitter.com/ohospede
Acesse o Blog do “O Hóspede do Sauípe”: www.ohospededesauipe.com.br

Sobre a Costa do Sauípe - A Costa do Sauípe está no meio de uma rota ecológica preservada, numa paisagem dominada por coqueirais. São 6km de praia, areia branca, lagos e rios cercados pela Mata Atlântica. Um lugar paradisíaco, com sol o ano inteiro e temperaturas que variam entre 24°C a 33°C. Tudo isso, a apenas 76km de Salvador, em um trecho privilegiado do litoral baiano. A Costa do Sauípe tem cinco hotéis e cinco pousadas para receber de acordo com o estilo de vida de cada hóspede. Todos, prontos para proporcionar uma experiência completa de lazer, diversão, excelente gastronomia e descanso, com o máximo de conforto e infraestrutura internacional. Tudo com a alma da Bahia. O hotel Sauípe Premium, resort da categoria luxo da Costa do Sauípe, recebeu o renomado Certificado de Excelência 2012 pela Trip Advisor.

Costa do Sauípe na ABAV 2012


Resort apresenta programação, o novo espaço para eventos e oferece pacote de réveillon em sorteio
A Costa do Sauipe, maior resort do país localizado no circuito da Linha Verde do litoral norte da Bahia, a 76 km de Salvador, anuncia participação na 40ª edição da ABAV – A Feira de Turismo das Américas, nos dias 24, 25 e 26 de outubro, no Riocentro, Rio de Janeiro.

A presença da Costa do Sauípe nessa edição dá oportunidade aos visitantes da feira conhecerem a grande novidade do resort: a maquete do projeto Arena Sauípe – um espaço multiuso permanente com 5.700m² de área total construída. O projeto chega com a expectativa de ser a melhor solução para eventos corporativos do país, aliada à completa infraestrutura de hospedagem do complexo turístico.

O resort que tem a maior capacidade de hospedagem do país irá mostrar que esse é o diferencial que fará da Arena Sauípe - um espaço de 2.400m² capaz de receber até 3.500 pessoas sentadas e 6.000 em formato show – o maior e melhor espaço para eventos de grande porte em um hotel no Brasil. Ainda na feira, a Costa do Sauípe apresentará programação especial e pacotes para Natal e Réveillon 2013, datas que tiveram lotação máxima em 2011 e nessa temporada.

Réveillon na Costa do Sauípe é disputadíssimo, mas os visitantes da ABAV poderão ganhar um pacote para este período como presente. Além de concorrer a brindes, haverá sorteios diários de pacotes de Réveillon para duas pessoas. Para concorrer, basta comparecer no estande D29 da Costa do Sauípe, na Rua E, Pavilhão 3 e participar das dinâmicas promovidas pela animada equipe do resort 100% brasileiro.

SERVIÇO:

ABAV Nacional
www.feiradasamericas.com.br 
Data: de 24 a 26 de Outubro
Riocentro – Av. Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro 
Horário: das 11h às 18h
Estande: Pavilhão 3, Rua E, stand D29
Fone: (11) 3231-3077 Fax: (11) 3259-8327 - abav@abav.com.br

Para mais informações, acesse www.costadosauipe.com.br ou ligue para a central de eventos (11) 2711-4500, (71) 2104-7680, (11) 2104-7685.

Curta a Costa do Sauípe no Facebook: www.facebook.com/CostaDoSauipe 
Siga a Costa do Sauípe no Twitter: www.twitter.com/ohospede 
Acesse o Blog do “O Hóspede do Sauípe”: www.ohospededesauipe.com.br

SOBRE A COSTA DO SAUÍPE
A Costa do Sauípe está no meio de uma rota ecológica preservada, numa paisagem dominada por coqueirais. São 6 km de praia selvagem, areia muito branca, lagos e rios cercados pela Mata Atlântica. Um lugar paradisíaco, com sol o ano inteiro e temperaturas que variam entre 24°C a 33°C. Tudo isso, a apenas 76 km de Salvador, em um trecho privilegiado do litoral baiano. A Costa do Sauípe tem cinco hotéis e cinco pousadas para receber de acordo com o estilo de vida de cada hóspede. Todos, prontos para proporcionar uma experiência completa de lazer, diversão, alta gastronomia e descanso, com o máximo de conforto e infraestrutura internacional. Tudo com a alma da Bahia. O hotel Sauípe Premium, resort da categoria luxo da Costa do Sauípe, recebeu o renomado Certificado de Excelência 2012 pela Trip Advisor.

Webjet-Pontualidade britânica

Pontualidade britânica

A Webjet foi escolhida pelo governo britânico para transportar David Cameron, primeiro-ministro do Reino Unido, durante a sua visita oficial ao Brasil. O premier e comitiva passaram por São Paulo, Rio e Brasília. Conhecida por ser a empresa aérea com as menores tarifas, a Webjet também é a empresa mais pontual do país há um ano e meio, conquista inédita no setor. Cameron será recebido daqui a pouco pela presidente Dilma, no Planalto.

PASSAREDO OPERA COM NOVOS EQUIPAMENTOS

Desde ontem, dia 27 de setembro (Dia Mundial do Turismo),  a Passaredo Linhas Aéreas passou a operar somente com aeronaves ATR 72- 600 e ATR 72-500, mantendo sua estratégia de buscar melhor custo/beneficio nas operações regionais características da empresa, oferecendo mais conforto e oferta de assentos aos seus clientes. O representante comercial da base da Passaredo Bahia eSergipe, Anderson Oliveira Gomes prestigiou a festa ontem(27) no Gran Stella Maris resort, em Salvador promovido pelo jornal Gazeta on line de Turismo, da festa em homenagem aos melhores do turismo.

Para melhor conhecimento e imagens dos novos equipamentos recomendo que acessem o portal:

http://www.voandomaisalto.com.br/aeronaves/
FOTO  de Anderson Oliveira Gomes do comercial Passaredo base Bahia e Sergipe  

Press trip Porto Seguro Cristina Lira


Na próxima semana todos os detalhes do press trip Cristina Lira Porto Seguro em parceria com a TRIP linhas aéreas, desde Salvador com a participação na festa em homenagem aos melhores do turismo promovido pelo Gazeta do Turismo da Bahia realizada ontem no Gran Stella Maris resort. Fotos e noticias em breve.

Festuris apresenta Salão de Enoturismo



Espaço é promovido pelo Sebrae/RS, com participação do governo gaúcho


O Festival do Turismo de Gramado lança, em sua 24ª edição, o 1º Salão de Enoturismo, promovido pelo Sebrae/RS, com a participação do governo do Estado, através das secretarias de Turismo e Agricultura e apoio institucional do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).
O salão, que estará montado no segundo pavilhão do Serra Park, será totalmente temático. Nele, produtores de vinhos finos farão a aposta no mercado do turismo, apresentando seus produtos a compradores nacionais e internacionais.
Segundo a consultora do Sebrae/RS Luciana Thomé, a inciativa fará com que os produtores das áreas rurais participem da iniciativa. Está em negociação a presença de dois Estados, além do Rio Grande do Sul. “Para a realização das ações que acontecerão no salão, o embasamento principal foi feito através do Diagnóstico do Enoturismo Brasileiro”, comenta Luciana.
O primeiro Diagnóstico do Enoturismo Brasileiro, um estudo inédito, foi realizado a pedido do Ibravin, com o patrocínio do Sebrae, pela enóloga e consultora em Marketing e Turismo do Vinho Maria Amélia Duarte Flores, e aponta o diferencial e os principais atrativos de cada polo produtor de vinhos em quatro regiões diferentes do País, avaliadas de julho de 2010 a fevereiro de 2011. O livro teve a co-autoria de Andiara Flores, mestre em Direito Ambiental, abrangendo também a análise da paisagem e preservação da cultura e meio ambiente.
Para obter os dados foram visitados cada um dos “destinos turísticos” que têm a vitivinicultura como atrativo. A conclusão é que existem roteiros variados e para todas as classes sociais. Entre os destinos de enoturismo do Brasil, Maria Amélia destacou sete, em especial o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul. “A Serra gaúcha é hoje referência em enoturismo. Depois do Napa Valley (Califórnia), o Vale dos Vinhedos é uma das regiões mais organizadas em turismo do vinho no mundo”, diz a pesquisadora. Ela aponta que a infraestrutura turística das cidades gaúchas oferece a preservação da essência do viver do interior, além de ter “hotéis de todos os níveis, restaurantes de vários estilos, vinícolas de portas abertas e pessoal qualificado”.
O estudo ainda revela como grandes destinos para a prática de enoturismo a cidade São Roque, em São Paulo; o Caminho do Vinho – Colônia do Mergulhão, no Paraná; e o Pampa Gaúcho. “Uma região com menos de 30 anos de existência, mas um potencial ilimitado”, assim descreve a enóloga, sobre as terras produtoras de vinho no Sul do Estado. Ela ainda relata que o Pampa Gaúcho oferece aos visitantes estâncias e o viver campeiro, vinculado ao turismo de compras, já consolidado nos free-shops.

24º Festival do Turismo de Gramado
De 22 a 25 de novembro
Serra Park- Gramado
Salões
10º Salão de Ecoturismo e Turismo Aventura
9º Salão de Tecnologia para o Turismo
8º Salão de Turismo Rural
7º Salão de Turismo Saúde
6º Salão de Turismo Esotérico, Místico e Religioso
5º Salão de Turismo Cultural
4º Salão GLS
1º Salão da Acessibilidade para o Turismo
1º Salão de Enoturismo

Accor chega a 90 contratos de desenvolvimento no Brasil



Grupo tem o ambicioso plano de chegar a 250 hotéis no país até 2016. Parceiros da Accor estão comprometidos com investimento de USD1,5 bilhão.


 
A Accor, líder mundial em operação hoteleira e líder de mercado no Brasil, anuncia o número recorde de 90 contratos de implantação, projetos que devem ser entregues até 2016. O Grupo será responsável por um incremento de 13.819 novos quartos e pela geração de mais de 3.600 empregos diretos. Com estes empreendimentos, a Accor consolida a sua liderança no país e fortalece ainda mais sua posição de destaque na América Latina.

Para Roland de Bonadona, COO da Accor para a América Latina, a expansão do setor hoteleiro vem sendo impactada positivamente pelo bom momento político e econômico do Brasil, sinônimo de maiores investimentos e elevada confiança dos investidores. “Do ponto de vista econômico, o Brasil vive um momento que favorece bastante os negócios em geral e a hotelaria em particular. A ascensão da classe C, a demanda crescente dos grandes centros e a proximidade de grandes eventos como a Copa do Mundo da FIFA e as Olimpíadas, que, apesar de não influenciarem as decisões de negócios da Accor, têm puxado os investimentos em infra-estrutura no país” explica.

Em 2012 o Grupo será responsável pela inauguração de 22 novos hotéis no Brasil / 3,068 quartos (11 dos quais já foram abertos). A Accor também celebrou desde janeiro a assinatura de 19 novos contratos, sendo 42% no modelo de franquia.

Atualmente a empresa tem como ambição de desenvolvimento para os próximos anos abrir 4.000 novos quartos a cada ano no Brasil ou o equivalente a 25 hotéis por ano no País. Por intermédio de seus parceiros, a Accor investirá aproximadamente US$ 1,5 bilhão até 2016 no Brasil.

Aquisição do portfolio sul-americano do Grupo Posadas
 
Recentemente a Accor anunciou a aquisição do portfolio sul-americano do Grupo Posadas por US$275 milhões. Quando finalizada esta transação, a Accor América Latina agregará às suas operações 2,600 novos quartos (15 hotéis) e uma carteira de desenvolvimento de 2,000 novos quartos (14 hotéis).

Uma vez que 19 dos 29 hotéis estão localizados no Brasil, o grupo irá chegar a 27,812 apartamentos (167 hotéis) e uma carteira de desenvolvimento de 15,104 apartamentos (98 hotéis), reforçando as marcas dos segmentos Up e Midscale que atuam na região: Sofitel, Pullman, Novotel e Mercure.

Hotéis que serão abertos em 2012


ibis Contagem
ibis Itu
ibis Novo Hamburgo
ibis Passo Fundo
ibis Vitória Praia de Camburi
Mercure Salvador Boulevard
ibis Mossoró
ibis Sertãozinho
ibis Barretos
ibis Feira de Santana
ibis Recife


34 anos de história do grupo Accor no Brasil

Ao longo de mais de três décadas no Brasil, a Accor vem oferecendo serviços de qualidade e projetos inovadores em hotelaria, turismo e serviços. A proposta do Grupo atende todos os segmentos, do luxo ao supereconômico, com marcas dedicadas e altamente reconhecidas pelos viajantes. Somente em 2011 a empresa foi responsável pela abertura de nove novos hotéis no país, um incremento de aproximadamente 1.400 quartos, e pela assinatura de 26 novos contratos de implantação e mais três grandes contratos para o desenvolvimento dos primeiros 25 ibis budget no Brasil, um recorde de desenvolvimento.

A experiência e o conhecimento de mercado do Grupo não foram os únicos fatores que transformaram a Accor no grupo hoteleiro número 1 do Brasil. Suas marcas têm conquistado cada vez mais mercados porque os consumidores e parceiros confiam no modelo de negócios da Accor. Cada projeto leva em consideração peculiaridades que vão da escolha da melhor localidade até a construção, decoração, manutenção e operação efetivas dos hotéis. Na Accor, cada hotel é projetado como se fosse único.

O Grupo também entende a importância de ter em seus hotéis e em suas áreas de suporte os melhores profissionais do mercado, por isso dedica significativos recursos para oferecer perspectivas reais de crescimento profissional aos seus colaboradores. Não à toa há 19 anos criou a Acadèmie Accor, primeira universidade corporativa da América Latina, e pelo 15º ano a Accor foi eleita uma das “Melhores Empresas para Trabalhar – Brasil” pelo Instituto Great Place to Work.

Cuidados especiais é o que também recebem os investidores do Grupo. Para cada um deles, há vantagens que garantem a rapidez de retorno sobre o capital investido, entre elas sistemas de reservas global (TARS), equipes de vendas regionais, apoio de marketing e tecnologia, gestão da operação, além de um programa de fidelidade consistente e pioneiro na hotelaria, o Le Club Accorhotels, que oferece vantagens e recompensas em mais de 2.500 hotéis no mundo inteiro.

Em 2011 a Accor América Latina foi responsável pela venda de 5,5 milhões de diárias, das quais 2,2 milhões (40%) ocorreram através de seus canais de distribuição, dos quais mais de um milhão por intermédio dos sites accorhotels.com e marcas. O programa de fidelização Le Club Accorhotels foi responsável por 1,6 milhão de reservas no mesmo período. É esse cuidado, somado ao know-how em hospitalidade da Accor, que faz da estadia em seus hotéis uma experiência diferenciada e torna o investimento de seus parceiros algo seguro e certo.

Cruzeiro vietnamita apresenta baía de Halong na ABAV – A Feira de Turismo das Américas


Participações de destinos exóticos e experiências diferentes para o turista brasileiro serão apresentadas durante a 40ª edição da ABAV – Feira de Turismo das Américas, entre os dias 24 e 26 de outubro, no Riocentro (RJ). Pela primeira vez no Brasil, a empresa Indochina Sails Cruise, do Vietnã, participa do evento em busca do público sul-americano e brasileiro.

“Queremos apresentar a este público a baía de Halong, no Vietnã, um lugar exótico a 170 quilômetros de Hanói, com várias ilhas e ilhotas e considerado Patrimônio Mundial da UNESCO”, diz a diretora de Vendas e Marketing da Indochina Sails Cruise, Le Phuong Nhi.

O cruzeiro da empresa é feito num luxuoso navio de madeira que remete à antiguidade com o conforto da época atual. “Iremos promover nossa marca: Indochina Sails – a primeira companhia que oferece luxuoso cruzeiro na baía Halong, no Vietnã”, complementa a diretora.

“Temos grande interesse em conhecer o mercado brasileiro e, se possível, nos estender ao sul-americano. É com prazer que vamos promover na feira um pedaço do Vietnã ao mundo. Um lindo país da Ásia, rico em patrimônio e cultura, que oferece incrível beleza natural e pessoas amáveis e hospitaleiras”, conclui Le Phuong.

ABAV – A Feira de Turismo das Américas

Maior e mais importante feira de turismo do continente, que acontecerá neste ano de 2012, entre os dias 24 e 26 de outubro, no Riocentro, Rio de Janeiro (RJ), a ABAV – A Feira de Turismo das Américas constitui excelente oportunidade para negociações e relacionamento com profissionais do trade turístico. O evento, palco que expõe a maior diversidade de produtos, serviços e destinos voltados à indústria de viagens e turismo, é parceiro da maior feira de turismo do mundo, a ITB Berlim (Alemanha) e da ITB Academy, e prioriza em sua estratégia de crescimento facilitar o entrosamento entre buyers e suppliers, além de muito networking. Com a presença de expositores de cerca de 50 países, a ABAV 2012 apresenta uma série de novidades e, também, é ponto para encontros de entidades públicas e privadas e importantes acordos internacionais.

Este ano, o Evento ABAV tem patrocínio do Sebrae e Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC (Vila do Saber); Equador (Sala de Imprensa); México (canais de comunicação – portal e newsletter). E apoio do Instituto Brasileiro de Turismo – Embratur (Programa Compradores Convidados), Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas – Abracorp, Associação Portuguesa de Agências de Viagem e Turismo – APAVT, associações da América Latina – AAAVYT/ Argentina, ACHET/Chile, ABAVYT/Bolívia, ANATO/Colômbia, ASATUR/Paraguai e Audavi/Uruguai.




quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Estácio oferece curso de Produção e Gestão de Cerimoniais e Eventos Sociais



            A Estácio Natal abre inscrições para os cursos livres de capacitação, oferecidos a preços acessíveis e com cargas horárias de 16 a 32 horas. Entre eles, está o de “Produção e Gestão de Cerimoniais e Eventos Sociais”, ideal para profissionais e estudantes de Hotelaria, Gastronomia, Eventos, Turismo e demais interessados em planejar, produzir e organizar eventos.
            A capacitação acontece de 22 de outubro a 12 de novembro na Estácio FAL, enquanto a FATERN disponibiliza o curso com mesma carga horária concentrada nos dias 20 e 21 de outubro. O programa abrange todo o universo da gestão de cerimoniais e eventos sociais, desde a definição e história até o conteúdo prático, que envolve o cronograma das atividades, serviços e parceiros, terceirização e contratação da equipe técnica, decoração, iluminação, som, alimentos e bebidas. Inscrições e informações no site www.estacio.com.br.

Turismo atua para enfrentar exploração de crianças e adolescentes




Policiais militares do DF conheceram as ações do MTur para banir este tipo de crime no país

Sensibilizar os policiais militares do Distrito Federal para os problemas da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (ESCA) nos equipamentos turísticos e formar multiplicadores para enfrentar esse crime. Foi com esse intuito que o coordenador-geral de Turismo Sustentável e Infância (TSI) do Ministério do Turismo, Adelino Neto, ministrou palestra ontem (25) durante o 8º Curso de Especialização em Policiamento Turístico, promovido pelo 5º Batalhão de Política Militar do Distrito Federal (PMDF), na Universidade Paulista (UNIP), em Brasília.

O coordenador lembrou que esse tipo de exploração é um problema mundial e viola os direitos humanos. Litorais, regiões de fronteiras, Pantanal e Amazônia são os locais no Brasil onde há maior incidência de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes, um crime com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Código Penal Brasileiro.

As vítimas normalmente são pessoas de baixa renda e escolaridade reduzida, e que não têm acesso às políticas públicas adequadas. Do outro lado, estão as redes de exploradores e intermediários que se aproveitam dessas fragilidades para praticar seus crimes.

“É preciso criar uma força de enfrentamento e proteção à ESCA. Temos que combater esses crimes, que além do lado social prejudicam também os destinos turísticos e, consequentemente, a economia do país”, defendeu Neto.

Para a sargento Ângela Santos, a palestra deu uma visão mais ampla do problema que atinge crianças e adolescentes. “Infelizmente, a exploração sexual não é somente de fora pra cá. É um problema regional que acontece ao nosso lado, no nosso dia a dia”, afirmou.

Prevenção
Desde novembro de 2004, o Ministério do Turismo vem trabalhando com o Programa Turismo Sustentável e Infância, que tem por objetivo prevenir a exploração sexual desse segmento nas cadeias turísticas brasileiras. As ações do MTur envolvem a realização de seminários, campanhas de sensibilização e a participação em projetos de  inclusão social por todo o país. A ideia é formar multiplicadores e conscientizar a sociedade sobre este problema.

Trabalhos nesse sentido estão sendo feitos especificamente nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA 2014. “Nosso objetivo é banir a exploração sexual infantil do cenário do turismo brasileiro”, disse Adelino Neto.

Assessoria de Comunicação- Ministério do Turismo

Alunos recebem certificados profissionais em Salvador



MTur destinou R$ 2 milhões para ação de qualificação no estado da Bahia
 Na próxima quinta-feira (27), Salvador (BA) vai entregar 546 certificados para alunos qualificados profissionalmente nos cursos de cozinheiro, garçom, caixa, camareira e recepcionista. A cerimônia acontecerá no Centro de Convenções da Bahia, às 14h.
A qualificação é fruto de um convênio entre o Ministério do Turismo e a Secretaria de Estado de Turismo da Bahia. O investimento da pasta na ação é de R$ 2 milhões. Ao todo, são 4,3 mil vagas para os cursos de garçom, cozinheiro, barman, recepcionista, camareira/arrumador, caixa e artesão. Até o momento, foram qualificadas 1.869 pessoas.
Os alunos que receberão os certificados no evento de amanhã são das regiões de Salvador, Cachoeira, Mata de São João, Vera Cruz, Itaparica, Lauro de Freitas e Camaçari.

Assessoria de Comunicação- Ministério do Turismo

GASTO DE ESTRANGEIROS CRESCE 5% ESTE ANO




De janeiro a agosto de 2012, o ingresso de divisas por meio de viagens internacionais no Brasil foi de US$ 4,55 milhões

O gasto dos estrangeiros no Brasil, entre os meses de janeiro e agosto, foi 5,2% maior que no mesmo período do ano passado. O acumulado chegou a US$ 4,55 milhões, enquanto os visitantes internacionais deixaram aqui, US$ 4,33 milhões nos primeiros oito meses de 2011. Os dados são do balanço de pagamentos do governo com o setor externo, divulgados nesta terça-feira (25) pelo Banco Central.

Já o total de divisas que ingressaram no país por meio de viagens internacionais em agosto foi 7,5% menor que o valor do mesmo mês do ano passado. O montante caiu de US$ 586 milhões para US$ 542. Para o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Flávio Dino, “mesmo com a retração do último mês, estamos no caminho para bater o recorde histórico”.

O crescimento da entrada de divisas por meio de viagens internacionais cresceu 173% desde 2003, quando a Embratur passou a cuidar exclusivamente da política de promoção turística do Brasil no exterior. De US$ 2,479 bilhões em 2003, o valor saltou para US$ 6,775 em 2011. Segundo dados da OMT (Organização Mundial do Turismo), no mesmo período, o fluxo de dólares por turismo no mundo cresceu 96%, ou seja, o crescimento do Brasil foi superior a média mundial.

“Exploração do pré-sal exige investimentos em segurança”, diz John Amos



Presidente da ONG SkyTruth e um dos palestrantes do VII CBUC recomenda que governos, empresas e cientistas aprofundem suas políticas e estudos para fazer diagnóstico e definir ações mais corretas que possam ser executadas em casos de acidente.

O geólogo norte-americano John Amos, presidente da organização não governamental SkyTruth, disse que governo e empresas devem manter em dia seus planos de inspeção e de execução para informar a sociedade, com transparência, sobre os avanços da exploração dos campos de petróleo e do pré-sal, tecnologias adotadas e mapas de contenção caso ocorram vazamentos. “Isso requer do governo e da indústria investimentos significativos de recursos e o compromisso com a segurança”, alertou Amos, um dos primeiros a mapear a extensão do vazamento de óleo ocorrido no ano passado na bacia de Campos (RJ) Ele foi um dos palestrantes do VII Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC), que acontece em Natal até a próxima quinta-feira, dia 27. O CBUC é realizado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

O alerta de Amos, entretanto, não serve somente para governo e empresas que exploram petróleo e seus derivados. Segundo ele, os cientistas também têm que aprofundar seus estudos e técnicas para identificar qual o melhor plano de ação a ser usado em casos de vazamento. “No Golfo do México, em 2010, o vazamento estava ocorrendo no fundo do mar, a 1.524 metros (5000 pés) abaixo da superfície, e agimos borrifando dispersantes químicos dentro da nuvem de óleo e na mancha de óleo na superfície. Isso fez com que muito do óleo afundasse na água, que acabou sendo transportada de forma imprevisível pelas correntes marinhas”, disse. Essa ação, de acordo com Amos, acabou sendo criticada porque o vazamento de óleo acabou sendo mais tóxico e afetou as pessoas e a vida marinha numa extensão maior. “Cientistas ainda estão estudando esses impactos”, afirmou.

Amos fez ressalvas à exploração do pré-sal brasileiro e também do subsal, porque considera ambas as técnicas desafiadoras – geralmente acontecem em águas profundas e os poços são mais difíceis de perfurar com sucesso. “O óleo e o gás desses poços estão sob maior pressão e qualquer problema ou falha no design e construção de um desses poços pode resultar em sérios problemas, como explosão”, ressaltou.

No VII CBUC, Amos abordou o tema “Possíveis impactos com a exploração de petróleo no pré-sal brasileiro e águas profundas e recentes incidentes internacionais” dentro do painel “A relação das mudanças climáticas globais, perda de biodiversidade e as recentes catástrofes ambientais”.

Confira a entrevista concedida por Amos à Fundação Grupo Boticário.

1- Quais as áreas em águas profundas que hoje em dia estão em risco devido à exploração de petróleo no Brasil?

No Brasil, a expectativa é que a maior atividade em alto mar continue a se concentrar nas bacias de Campos e Santos, nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. A atividade de exploração em águas profundas nessas áreas irá cada vez mais apontar a complexidade e desafios tecnológicos que o subsal e o pré-sal trazem ao longo da faixa leste, em águas profundas nas margens dessas bacias. Mas as plataformas de perfuração também atuaram no ano passado nas águas profundas da bacia do Espírito Santo, e próximo à costa do Sergipe e da Bahia onde a plataforma continental é muito estreita. Algumas plataformas têm também operado em águas rasas nos estados do Amapá, Maranhão, Rio Grande do Norte e Santa Catarina.

2- Qual impacto que essa exploração pode trazer à biodiversidade?

Por ser geólogo, e não biólogo, não conseguirei responder a essa pergunta. Porém, posso dizer que nossos estudos no Golfo do México mostram que pequenos vazamentos e derramamentos de óleo são comuns.  O intenso desenvolvimento da costa é necessário para apoiar as atividades em alto mar, mas esse desenvolvimento traz consigo atividades impactantes como o processamento de óleo e gás, armazenamento e meios de transporte, que alteram radicalmente o meio ambiente devido à destruição direta e à degradação indireta do habitat. Se levarmos em consideração a área atual de exploração no Brasil, entre as regiões do Rio de Janeiro e São Paulo, estimamos que as unidades de conservação localizadas num raio de 1.000 quilômetros correm risco.
  
3- Quais os desafios da exploração em águas profundas?

A exploração do pré-sal e do subsal é tecnicamente desafiadora. Acontece geralmente em águas profundas, e os poços são mais difíceis de serem perfurados com sucesso. Há grande risco financeiro e grande risco de segurança. Como vimos no Golfo do México, os problemas são mais difíceis e demoram muito mais tempo para serem consertados quando acontecem em águas muito profundas. Além disso, os poços de subsal são perfurados milhares de metros mais abaixo da terra do que os de pré-sal, então o óleo e o gás desses poços estão sob maior pressão e, portanto, são mais difíceis de serem controlados: qualquer problema ou falha no design e na construção de um poço de subsal é mais provável de resultar em sérios problemas, como uma explosão, do que em poços de pós-sal mais rasos e com menor pressão.

5- Quais regiões podem ser afetadas em caso de acidente?

É muito difícil de prever qual área seria afetada caso acontecesse um derramamento muito grande de óleo. Depende muito de onde o problema está localizado, das ações que as correntes de ar e marítimas fazem e de como agimos diante de um vazamento. No Golfo do México em 2010, o vazamento estava ocorrendo no fundo do mar, 1.524 metros (5.000 pés) abaixo da superfície, e agimos borrifando dispersantes químicos dentro da nuvem de óleo e na mancha de óleo na superfície. Isso fez com que muito do óleo afundasse na água, que acabou sendo transportada de forma imprevisível pelas correntes marinhas. Muitas pessoas criticaram essa abordagem, alegando que isso fez com que o vazamento de óleo fosse muito mais tóxico e prejudicial às pessoas, frutos do mar e vida marinha. Os cientistas ainda estão estudando isso. Por fim, pessoas e negócios ao redor de todo o país podem ter sido afetados. O comércio de frutos do mar embalados na Virginia, a 1,2 mil quilômetros (800 milhas) do Golfo do México, foi financeiramente afetado pelo vazamento ocorrido.

6- Como proteger as áreas destes impactos se boa parte dessa exploração é feita pelo Governo? Como prevenir a ocorrência de acidentes nessas áreas?

A melhor solução é usar menos petróleo, pois assim precisamos escavar menos. A próxima coisa a se fazer é ter certeza de que as regulamentações do governo, inspeções e ações de execução sejam dignas de confiança, publicamente transparentes e acompanhem os avanços globais mais recentes em exploração, resposta aos acidentes e tecnologia para a limpeza de vazamentos de óleo. Isso requer do governo e da indústria um investimento significativo e sustentado de recursos e o compromisso com a segurança. Nós também precisamos executar trabalhos científicos a fim de saber a melhor forma de agir quando os vazamentos acontecerem. Será mesmo uma boa ideia usar dispersantes químicos? Se assim for, em quais condições? Existe uma nova tecnologia de limpeza que mostre garantia e que deveria ser desenvolvida?