Total de visualizações de página

sábado, 19 de fevereiro de 2011

PRÊMIO CAIO MAIS UMA VEZ MUITO PRESTIGIADO

A cerimônia de entrega do prêmio Caio em mais uma edição, a sua 11ºedição, realizada na sexta-feira(18),no Expo Center Norte, em São Paulo, reuniu as mais expressivas personalidades do turismo nacional.Entre os jornalistas convidados, esta jornalista(colunista de turismo do Jornal de Hoje-Natal), Rogério Almeida da revista Fácil Nordeste de João Pessoa, Marden da Mota Couto , diretor do jornal Turismo de Minas de Belo Horizonte,Marcos Jr Oliveira, correspondente do Rio do Diário do turismo on line de São Paulo,Claudio Vinagre da revista Business de Salvador,Vinicius Martins da Vitrine hoteis de São Paulo. Os jornalistas convidados receberam apoio e assistência da jornalista Renata Lelis da Sílaba Comunicação.

PERSONALIDADES DO ANO PRÊMIO CAIO 2010

Uma noite muito agradável no espaço Expo Center, em São Paulo. Neste ano , a 11ºedição do Prêmio Caio contou com a presença das mais expressivas personalidades do turismo nacional. Recebendo prêmio de personalidade do ano prêmio Caio, a primeira dama da hotelaria, a empresária Chieko Aoki, presidente da Blue Tree hotels, também na área de marketing recebendo o prêmio, Toni Sando, diretor executivo do São Paulo CVB.

Uma noite muito prestigiada por representantes da Academia Brasileira de eventos, hoteleiros e convidados além da imprensa especializada convidada de Minas Gerais, Natal (esta colunista jornalista )PB, Bahia, Rio e SP.

NATAL GANHA PRÊMIO CAIO COMO O SEGUNDO MELHOR DESTINO DE EVENTOS

A prefeita de Natal, Micarla de Sousa que estava tão aguardada não foi ao prêmio Caio 2010





, em São Paulo, mas o secretário de turismo de Natal, Tertuliano Pinheiro prestigiou o evento realizado no Expo Center Norte, representando a prefeita e recebeu o troféu Jacaré de Prata, contemplando Natal como segundo melhor destino de eventos. Em primeiro lugar ficou Porto Seguro e em terceiro Maceió. O evento contou com as mais expressivas autoridades do turismo nacional e imprensa especializada de todo o país. Esta colunista viajou a convite do prêmio Caio.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Ministro confirma Natal como cidade-sede da Copa de 2014


“Natal está mais do que confirmada como cidade-sede da Copa do Mundo de 2014”. A frase foi dita pelo Ministro dos Esportes, Orlando Silva, que esteve reunido com a prefeita de Natal, Micarla de Sousa, na tarde desta quinta-feira (17), no Palácio Felipe Camarão. O ministro esteve em Natal para verificar o andamento das obras e definiu como positivo o trabalho que vem sendo feito pela Prefeitura do Natal.

A prefeita de Natal garantiu que todos os prazos estão sendo cumpridos. “Nós estamos lutando para fazer de Natal a cidade mais bela entre todas as sedes da Copa. Este Mundial será diferenciado e Natal ganhará com conceitos de sustentabilidade porque vemos que esta é uma grande possibilidade de crescimento”, enfatiza a prefeita.

Para o ministro Orlando Silva, não há dúvidas que a capital potiguar irá sediar o Mundial da Fifa. “Estou muito confiante e fiquei muito feliz em ver que Natal, assim como o Nordeste, será um berço para o Mundial. A Copa induz desenvolvimento e está confirmadíssima como uma das cidades-sede”, disse o ministro dos Esportes.

A conversa com a prefeita, segundo o ministro, foi muito positiva, visto que a Prefeitura do Natal mostrou que a principal intervenção de mobilidade urbana está com projeto básico pronto e projeto executivo em fase final. “O contrato para a execução das obras executivas acabou de ser assinado e nós teremos o início destas obras dentro de alguns meses. Sendo cumprido rigorosamente, o cronograma vai permitir que, um ano antes da realização da Copa, as obras das principais intervenções de mobilidade urbana estejam concluídas”, completou o ministro Orlando Silva.



Crédito fotos: Frankie Marcone

DUE ASSUME ASSESSORIA DA GRAMADO ADVENTURE 2011 - SPORTS & FAIR

Agência será responsável pela comunicação e relações com a imprensa na América Latina, divulgando a feira, competições e eventos paralelos
A DUE Relacionamento com a Imprensa será a agência responsável pela divulgação nacional e internacional do Gramado Adventure 2011– Sports & Fair, que acontecerá de 03 a 10 de julho na Serra Gaúcha. Entre diversas atividades, o evento terá competições esportivas, espetáculos artísticos, uma feira de negócios e o lançamento de um projeto de incentivo a intercâmbios e parcerias entre agentes e operadoras de turismo de aventura. “Estamos empolgados e trabalhando num ritmo acelerado para informar ao mercado e a imprensa sobre as novidades do evento, observa o diretor da DUE, Leo Ribeiro.
A agência já deu início aos trabalhos, começando com a realização de um Media Training junto aos organizadores do evento. Vamos produzir conteúdo para a imprensa do Brasil e países da América Latina, nas áreas de esporte, turismo de aventura e negócios”, afirma Ribeiro. Além da divulgação através de releases, famtours, coletivas, contatos com jornalistas e organização da sala de imprensa, a agência também ficará responsável pelo conteúdo das redes sociais, através do projeto da Tríade Eletrônica. Jornalistas importantes do segmento esportivo, turístico e de negócios serão convidados para cobrir o evento.
Faremos essa edição e a próxima, portanto será uma grande responsabilidade, uma vez que o evento tem que ser firmar como um dos principais do país em seu segmento”, avalia Ribeiro. Segundo ele, devido à diversidade de atrações, será necessária uma logística de imprensa bastante complexa e organização antecipada. Outro fator importante são as redes sociais, que exigirão produção de conteúdo, captação de seguidores e ações promocionais. Queremos atrair os olhares do mercado para as potencialidades que o evento traz numa região rica para esportes de aventura”, completa. Antes do evento, acontecerão lançamentos no RS e SP para imprensa e patrocinadores.

RIO 2016 INICIA PROCESSO PARA CADASTRAMENTO E SELEÇÃO DE LOCAIS DE TREINAMENTO PRÉ-JOGOS

Processo vai levar benefícios do evento para outras cidades do Brasil,

que poderão receber Delegações Olímpicas e Paraolímpicas



O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Jogos Paraolímpicos Rio 2016 lançou nesta quinta-feira, dia 17, um projeto que estenderá a experiência do maior evento multiesportivo do mundo a outras cidades do Brasil. O Processo para Cadastramento e Seleção de Locais de Treinamento Pré-Jogos vai identificar instalações esportivas em todo o país que atendam aos requisitos técnicos e recomendações das Federações Internacionais para que os Comitês Olímpicos e Paraolímpicos Nacionais possam trazer seus atletas para o país-sede antes dos Jogos, visando à concentração e o aperfeiçoamento do treinamento e sua aclimatação às condições locais.



Participaram do evento realizado na sede da Rio 2016 o Presidente do Comitê Organizador, Carlos Arthur Nuzman; o Diretor de Esportes, Agberto Guimarães; o Presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), Andrew Parsons; o Presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Municípios (ABM), Waldenir Bragança; além do Superintendente Executivo de Esportes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Marcus Vinícius Freire, que deu um depoimento sobre a importância da oferta de Locais de Treinamento Pré-Jogos para uma Delegação Nacional.



“O investimento pra receber essas delegações é um investimento para o futuro. A hora em que você faz um upgrade numa instalação você também qualifica os profissionais para usá-la depois e aí vem o legado para as cidades que se preparem para receber as delegações, e também tem a questão financeira porque a instalação vai cobrar pelos serviços que prestar.”, disse Marcus Vinícius.



Instituições esportivas municipais, estaduais e federais, instituições de ensino públicas e privadas, instituições militares, clubes esportivos particulares, empresas do ramo esportivo e outros que possuam instalações enquadradas nos requisitos técnicos poderão participar do processo. Os interessados podem se inscrever a partir desta quinta, 17/02, até o dia 5 de abril através do preenchimento online do formulário disponível no site oficial Rio 2016: www.rio2016.com/treinamentoprejogos.



O processo de cadastramento e seleção, dividido em várias fases (ver “Entenda o Processo”), culminará em janeiro do ano que vem com a assinatura do Termo de Compromisso pelas instalações esportivas que tenham cumprido as exigências do regulamento, e o posterior lançamento do Guia de Locais de Treinamento Pré-Jogos Rio 2016 durante os Jogos Olímpicos Londres 2012.



“Receber uma Delegação Olímpica ou Paraolímpica movimenta as cidades social e economicamente. Estas cidades podem passar a atuar como pólo de desenvolvimento esportivo em seu estado ou região e crescer como indústrias do esporte. É também uma oportunidade de divulgação e promoção nacional e internacional do potencial esportivo e turístico da cidade. Esse projeto é uma peça fundamental na disseminação dos benefícios e da experiência dos Jogos para todo o país”, disse Carlos Arthur Nuzman.



Agberto Guimarães ressaltou que o potencial esportivo de uma instalação pode ser muito maior do que até mesmo seus proprietários imaginam: “Um ginásio pode abrigar esportes de quadra como basquete, handebol, vôlei sentado, goalball, mas também judô olímpico e paraolímpico, taekwondo, halterofilismo, esgrima entre outros, desde que se adquiram os respectivos equipamentos esportivos. Da mesma maneira, uma cidade litorânea pode oferecer locais de treinamento para vôlei de praia, vela olímpica e paraolímpica, triatlo olímpico e paraolímpico e maratona aquática”.



Uma Comissão Avaliadora multidisciplinar, formada por até 15 membros do Comitê Organizador Rio 2016, com apoio do COB, CPB e Ministério do Esporte, avaliará a adequação dos locais às exigências do regulamento. A oferta de Locais de Treinamento Pré-Jogos através da publicação do guia é uma das responsabilidades da Rio 2016 com o Comitê Olímpico Internacional e um serviço aos Comitê Olímpicos e Paraolímpicos Nacionais, que, então, podem entrar em contato com os locais indicados para firmar acordos de uso das instalações esportivas para programas de treinamento.



Fotos do evento de lançamento estarão disponíveis no banco de imagens do site oficial Rio 2016: www.rio2016.com/sala-de-imprensa/banco-de-arquivos





ENTENDA O PROCESSO DE CADASTRAMENTO E SELEÇÃO DE LOCAIS DE TREINAMENTO PRÉ-JOGOS



Quem pode participar



Instituições esportivas municipais, estaduais e federais, instituições de ensino públicas e privadas, instituições militares, clubes esportivos particulares, empresas do ramo esportivo, entre outros, que possuam instalações que se enquadrem nos requisitos técnicos de participação.

Requisitos obrigatórios

Para participar, os interessados deverão atender obrigatoriamente aos seguintes requisitos detalhados no regulamento disponível em www.rio2016.com/treinamentoprejogos:



A. Transporte/localização



A instalação (Local de Treinamento Pré-Jogos) deverá estar a uma distância máxima de 150km, em estrada pavimentada, de um aeroporto regional atendido por voos regulares das empresas aéreas instaladas no país.



B. Meios de hospedagem



A instalação deverá estar a uma distância máxima de 30km, em estrada pavimentada, de meios de hospedagem qualificados para atendimento dos Comitês Olímpicos Nacionais e Comitês Paraolímpicos Nacionais. A cidade deve oferecer meios de hospedagem classificados nas categorias 3, 4 ou 5 estrelas segundo o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem do Ministério do Turismo.



C. Infraestrutura de serviços médicos e de emergência



C1. A Instalação deverá oferecer serviço de UTI móvel com equipe paramédica disponível no local de treinamento para atendimento ao Comitê Olímpico Nacional/Comitê Paraolímpico Nacional durante todo o período de uso da mesma.



C2. O tempo de deslocamento da instalação até hospital(ais) que possua(m) os departamentos e serviços listados no regulamento do processo para cadastramento e seleção deve ser de no máximo 30 minutos. Será considerado o conjunto de hospitais, laboratórios, clínicas etc. que somados os departamentos e serviços atendam ao pré-requisito, desde que o tempo de deslocamento de cada um até a instalação não exceda 30 minutos.



Etapas do processo



17 de fevereiro a 5 de abril de 2011 – Os interessados poderão se inscrever através do preenchimento completo online do Formulário de Inscrição disponível no site oficial Rio 2016 www.rio2016.com/treinamentoprejogos.



17 de fevereiro a 5 de abril de 2011 – Pré-Seleção. Os interessados devem preencher o Formulário de Pré-Seleção online, comprovando o atendimento aos requisitos de participação, e enviar eletronicamente toda documentação exigida no regulamento



15 a 22 de abril de 2011 – No dia 15 de abril os participantes habilitados a passar a fase seguinte serão convidados a participar do Seminário de Orientação, a ser realizado no dia 5 de maio de 2011 na cidade do Rio de Janeiro. Os mesmos terão até o dia 22 de abril para confirmar sua presença e informar o nome do(s) representante(s).



5 de maio de 2011 – O Seminário de Orientação tem como objetivo principal orientar os responsáveis por potenciais Locais de Treinamento Pré-Jogos quanto às próximas fases do processo, direitos e deveres, oportunidades, etc. A presença de representante da instalação pré-selecionada é pré-requisito para participação nas fases subsequentes do processo.



5 a 13 de maio de 2011 – Os participantes do Seminário de Orientação deverão apresentar o Termo de Adesão, no qual os responsáveis pelos potenciais locais de treinamento aceitam e concordam com as condições do regulamento e confirmam sua intenção de continuar no processo. Anexo ao Termo de Adesão, o Termo de Cooperação deverá ser assinado pelo representante legal da instalação e pela autoridade pública municipal competente, já que o projeto depende também de um conjunto de serviços e infraestrutura inerentes ao município.



5 de maio a 1º de julho de 2011 – Preenchimento do Formulário Descritivo pelos candidatos. Este formulário conterá questionário referente à infraestrutura da instalação esportiva e da cidade, e servirá de suporte para eventuais visitas técnicas que se façam necessárias.



18 de julho a 21 de outubro de 2011 – Visitas técnicas aos candidatos a Locais de Treinamento Pré-Jogos Rio 2016. Caberá à Comissão Avaliadora o julgamento da necessidade ou não de realização de visita técnica e a determinação da data de cada visita.



25 de julho a 4 de novembro de 2011 – Elaboração e envio aos candidatos do Relatório de Inspeção contendo intervenções sugeridas.

16 de dezembro de 2011 – Prazo final para apresentação, pelos candidatos, de orçamento e cronograma iniciais para as obras de intervenção necessárias para adequação da instalação aos requerimentos das Federações Internacionais dos esportes para os quais oferecerá Locais de Treinamento Pré-Jogos, bem como todos os requerimentos contidos no regulamento.



13 de janeiro de 2012 – Divulgação da lista dos Locais de Treinamento Pré-Jogos que tenham cumprido as exigências do Regulamento.



16 a 27 de janeiro de 2012 – Prazo para envio do Termo de Compromisso assinado pelo responsável da instalação.



Julho de 2012 – Lançamento do Guia de Locais de Treinamento Pré-Jogos durante os Jogos Olímpicos Londres 2012 e distribuição aos Comitês Olímpicos e Paraolímpicos Nacionais.



Abril de 2013 a julho de 2015 – Acompanhamento das construções e reformas das instalações com necessidade de adaptações ou que precisem ser construídas.

Café Genot da Livraria Siciliano é citado no Estadão

O suplemento Paladar do jornal O Estado de São Paulo desta quinta-feira, dia 17, enfatizou o sucesso das cafeterias parceiras. A matéria ressaltou que tanto na cafeteria Genot da Livraria Siciliano, em Natal, quanto no Ritual Coffee Roasters, em São Francisco, se degusta exatamente o mesmo café: grãos de um lote da Fazenda Serra Negra, no Cerrado mineiro. O chamado “Sharing Coffees”, projeto do especialista em cafés Ensei Neto, divide um mesmo lote entre cafeterias brasileiras e estrangeiras, a modalidade começou a ser testada no ano passado e desde então vem rendendo ótimos resultados

ABAV e SEBRAE oferecem, a partir de amanhã, mais de 200 vagas em cursos de Educação à Distância

Amanhã, dia 18, o PROAGÊNCIA II – um convênio da ABAV e SEBRAE Nacional - oferece vagas para os cursos de Educação à Distância “Gestão de Roteiros no Turismo Receptivo” e “Gestão de Empresas de Agenciamento e Operações Turísticas”.



O curso “Gestão de Roteiros no Turismo Receptivo” visa consolidar os profissionais como operadores de Receptivo tendo como foco a criação de roteiros turísticos locais, individuais ou em grupos. Também vai mostrar aos participantes formas de valorizar os atrativos turísticos do local e zelar pelas questões relacionadas à sustentabilidade do destino. É direcionado a operadores e agentes de viagens e será ministrado pelo consultor Carlos Silvério ao longo de três semanas, com carga horária de 20h.



Já o “Gestão de Empresas de Agenciamento e Operações Turísticas” irá ensinar como gerenciar a empresa de maneira eficiente, adequando-se aos desafios do mercado de maneira otimizada, direcionando objetivamente a estratégia de vendas da empresa e garantindo sustentabilidade econômica, mantendo-se dentro do planejamento financeiro anual. É direcionado a gestores de agências de viagens, ministrado pelo tutor Victor Lamas, com carga horária de 35h desenvolvidas ao longo de cinco semanas.



Para este ano já estão previstas cinco novas turmas, duas em março e três em abril, finalizando a meta de 30 turmas do PROAGÊNCIA II. Ao todo, serão mais de 520 vagas só em 2011. Neste mês de março, especificamente, serão 100 vagas para o curso de “Gestão de Roteiros no Turismo Receptivo” e 120 para “Gestão de Empresas de Agenciamento e Operações Turísticas”, explica o Diretor do ICCABAV/PROAGÊNCIA Antonio Azevedo.



“A participação na nova edição dos cursos em 2011 proporcionará uma oportunidade de se reciclar e se atualizar. Em 2010 tivemos 1.812 inscritos em 25 turmas que a ABAV e o SEBRAE proporcionaram e os depoimentos foram muito bons. Quem participa e conclui as turmas recebe um certificado digital .”, complementa Valéria Barros, Gestora do PROAGÊNCIA no SEBRAE Nacional.



Para participar do método de Educação à Distância, é necessário que o aluno possua disponibilidade de dedicação diária de uma a duas horas e tenha internet banda larga. As atividades são disponibilizadas através de plataformas de estudos onde o aluno acessa o conteúdo programático e pode participar de chats e bate-papo com o professor e outros alunos.



Após o processo de seleção que inclui critérios como ser agente de viagens, um agente de viagens por empresa em cada turma E 50% das vagas reservadas para abavianos, todos os alunos inscritos serão comunicados sobre o início das turmas, ambas previstas para começar em 21 de março.

Interessados de todo o Brasil podem participar e muitos já aprovaram o método de ensino.

Desde 2009, o PROAGÊNCIA já abriu 2.120 vagas para capacitação de agentes de viagens de diversas regiões do país. “Foi uma experiência incrível. O conteúdo foi muito rico. Abri minha visão diante de todos os meus projetos, alguns ainda em fase de desenvolvimento...” elogiou a agente de viagens Márcia Cavaler, de Tubarão-SC, aluna do curso “De Agente a Consultor de Viagens” realizado em agosto passado.



“O curso é muito bom, interativo e com certeza, anotei algumas idéias para serem implementadas em minha pequena empresa” comentou o agente Luis Eduardo Barros, de Taguatinga-DF, que participou da mesma turma.



As inscrições são gratuitas e ocorrem de 18 de fevereiro a 04 de março no Portal da ABAV (www.abav.com.br).



No Portal também está disponível o detalhamento dos demais cursos de Educação à Distância do PROAGÊNCIA II.

ARGENTINA PARTICIPA DO WORKSHOP DA CVC PRÓXIMA SEMANA EM SÃO PAULO



Marco no calendário – Mais do que uma tradição, a participação do turismo oficial da Argentina no 17º Workshop & Trade Show CVC 2011, na próxima semana (dias 23 e 24/2), atesta o evento como importante marco do calendário promocional do destino no Brasil. Com a presença do ministro do Turismo, Carlos Enrique Meyer, localidades e produtos da Argentina confirmam o peso do mercado emissivo brasileiro para o turismo do país vizinho. Num estande que ocupa área de 120 metros quadrados, no Expo Center Norte, em São Paulo, a Argentina reitera aos profissionais que atuam na intermediação de viagens novidades que aguardam o visitante na próxima temporada de inverno. Mas, exalta, ainda, a capacidade de sua infra-estrutura de receber bem com diversidade em atrativos em todas as estações do ano. Liderada pelo Instituto Nacional de Promoção Turística – Inprotur, integram a missão argentina: Bariloche, Buenos Aires, Córdoba, Mendoza e Salta. Sobre o evento: www.cvc.com.br/workshop2011.

Balanço positivo – No saldo entre chegada de turistas à Argentina e saída de argentinos rumo a outros destinos, dezembro de 2010 revelou movimento favorável às divisas do país. No último mês do ano, o desembarque de estrangeiros em solo argentino somou 243.012 visitantes, número 16,4% superior às chegadas de dezembro de 2009. Por outro lado, as saídas registradas alcançaram a marca de 134.965 pessoas, alta de 12,1%, no mesmo período de comparação. O resultado é um saldo positivo no ingresso de turistas na Argentina de 108.047 visitantes. Os turistas que desembarcaram nos aeroportos de Ezeiza e no Aeroparque deixaram na economia do país US$ 371,6 milhões apenas no mês de dezembro de 2010, cifra 13,5% acima da ingressada em idêntico mês do ano anterior. No que se refere à procedência, o viajante que escolheu a Argentina como destino se encontra assim distribuído: 25,5% se deslocaram da América do Sul como um todo; 25% são provenientes da Europa; 24,6% são brasileiros; enquanto Estados Unidos e Canadá respondem por 11,7%; Chile por 7,5% e as outras localidades do mundo por 5,8%. Informações mais detalhadas: www.indec.gov.ar

Trem das nuvens – No próximo dia 3 de março tem início a nova temporada de operações do Trem da Nuvens, atração da Província de Salta, no Norte da Argentina. Depois de passar por uma reforma em suas instalações, o trem aumentou o número de passageiros atendidos de 10 mil para 20 mil, em 2010 e a expectativa para este ano é alcançar o fluxo de 30 mil usuários. O Trem das Nuvens percorre 434 quilômetros e seus trilhos atingem em seu percurso até 4.200 metros acima do nível do mar. Sobre o destino, acesse: www.salta.gov.ar

Mais hotéis – De acordo com dados do Observatório Turístico da Cidade de Buenos Aires, a metade dos alojamentos que foram inaugurados no ano passado, um total de 20, se referem a hotéis da categoria butique, pequenos estabelecimentos de luxo que estão localizados, principalmente, nos bairros portenhos de Palermo e San Telmo. Considerando-se que o número de turistas que visitaram a Argentina em 2010 atingiu a casa dos 10 milhões, o que representou um gasto total de US$ 3,5 bilhões, os novos alojamentos na capital do país – principal porta de entrada para os visitantes – representaram opção para todos os gostos e bolsos. Ao longo de 2011 estão previstas inaugurações de 4 hotéis butique nos bairros de Porto Madero, Congreso e Recoleta. Sobre Buenos Aires, saiba mais em www.bue.gov.ar

Pelos emergentes – Jaramillo, Fitz Roy e Puerto Deseado são as localidades argentinas recentemente inseridas no Programa de Fortalecimento e Estímulo a Destinos Turísticos Emergentes (PROFODE) que há 3 anos é desenvolvido pelo Ministério do Turismo da Argentina. Assim, técnicos do Ministério e da Secretaria de Turismo de Santa Cruz, onde estão as localidades beneficiadas pelo Programa, realizam um trabalho conjunto a fim de incrementar a capacidade de gestão turística dos destinos, revitalizar projetos turísticos, além de estimular as relações institucionais entre os setores público e privado. Tudo com o objetivo de melhorar a oferta turística do destino, promover o empreendedorismo e aprimorar o funcionamento e o aproveitamento da capacidade instalada e identidade local, baseada na preservação do patrimônio natural e cultural. A implantação do Programa em cada um dos referidos destinos demandará 2 anos. Pesquise em www.santacruzpatagonia.gov.ar

Mais informações sobre o destino, acesse www.argentina.travel

Foto: Trem das Nuvens - crédito: Secretaria de Turismo da Argentina

SERHS NATAL É DESTAQUE NO UOL VIAGENS


O SERHS Natal Grand hotel, resort potiguar cinco estrelas é destaque de capa em matéria do Portal Viagens do Uol. No link http://viagem.uol.com.br/ traz matéria sobre a cidade de Natal, com seus atrativos, passeios e história. O SERHS Natal é indicado para se hospedar na cidade do sol.



SOBRE O SERHS



Todos os 396 apartamentos têm, uma varanda com vista para o mar. São equipadas com TV de tela plana de cristal líquido, internet banda larga, linha telefônica, frigobar e uma mesa de trabalho. O hotel também conta com uma grande estrutura de lazer e entretenimento. Em área de aproximadamente 10 mil m2, estão uma quadra poliesportiva, o "Kids Club - Aldeia Ecológica"– com personagens que visam conscientizar o público infantil sobre a responsabilidade ambiental, uma piscina com mil m2 e capacidade para 1 milhão de litros d'água, três jacuzzis, piscina para crianças, piscina para a prática de natação e pólo aquático e o sofisticado Kensho SPA Zen, com uma área de 940 m².





SERHS Natal Grand Hotel

www.serhsnatalgrandhotel.com

Via Costeira Senador Dinarte Mariz, 6045

Ponta Negra - NATAL

CEP: 59090-002 (RN-Brasil)

TOLL FREE: 0800 702 2441
Tel. (0055) 84 4005 2000




Sobre o SERHS Villas da Pipa Hotel



O SERHS Villas da Pipa Hotel ocupa uma área de 3 mil m2, com 22 Vilas que possuem entre 100 e 300m2 cada, equipadas com sala de estar, cozinha americana e 02 suítes com TV 20 polegadas, internet WI-FI, linha telefônica, frigobar. Cada Vila, conta com piscinas privativas, rede na varanda e churrasqueira.

Fica localizado a 71 Km do Aeroporto Internacional Augusto Severo e a 90Km de Natal, 300 metros da Praia da Pipa e a 200 metros do Centro da Pipa.



SERHS Villas da Pipa Hotel

Rua da Mata, 529 A

Pipal – RN - Brasil

Tel/ Fax: (55) 84 3246-2615
E-mail: info@serhsvillasdapipahotel.com

WEB: www.serhsvillasdapipahotel.com

Switzerland Tourism lança versão do site oficial para o mercado brasileiro

O Switzerland Tourism, organização que promove a Suíça como destino de férias, viagens e congressos, apresenta a partir de hoje seu portal oficial turístico no idioma português para o mercado brasileiro: www.MySwitzerland.com/pt



O portal oferece milhares de páginas com informações sobre a Suíça como destino de férias, viagens e congressos. Sete pontos principais de navegação auxiliam o usuário a encontrar exatamente o que ele procura, como informações sobre o país e seus habitantes, seus hábitos e costumes, cultura, assim como as 200 atrações turísticas mais importantes do país.



Mais de 1600 webcams permitem visibilidade precisa sobre os quatro ângulos da Suíça. Além disso, o internauta pode baixar gratuitamente inúmeros aplicativos para iPhone e podcasts em áudio e vídeo com informações sobre eventos, temperatura dos balneários, guias das principais cidades suíças e inúmeras sugestões de viagens. O portal também oferece diariamente boletins de esportes de inverno sobre mais de 240 estações, com as mais recentes previsões meteorológicas.



Uma viagem interativa e divertida pela Suíça durante dois, três ou cinco dias conduz o turista aos destinos mais variados. Ofertas especiais e informações completas sobre a Suíça como destino ideal para organização de congressos e reuniões estão também disponíveis para consulta. Através de links relacionados, é possível reservar diretamente hotéis e acomodações de férias.



A primeira impressão é a que fica...



O portal MySwitzerland.com é um dos sites suíços mais visitados pelos internautas internacionais. Para muitos usuários on-line no mundo inteiro, esta é a maneira de estabelecer o primeiro contato com a Suíça e, consequentemente, ter as primeiras impressões sobre o país. Muitos turistas suíços também fazem uso das informações oferecidas para planejar suas viagens e férias.

RAMZI ELALI EM BRASÍLIA

O secretario Estadual de Turismo do Rio Grande do Norte, Ramzi Elali, participa hoje de duas reuniões importantes para o setor, em Brasília. A primeira, com membros do Conselho Deliberativo da Fundação Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI), será um encontro preliminar para discutir ações preparatórias para realização da BNTM. A outra, será uma audiência coletiva com o ministro do turismo (MTur) Pedro Novais com a participação de todos os secretários estaduais.



De acordo com Ramzi a reunião com o presidente da CTI, Bismarck Maia, irá discutir a participação dos estados e as atividades integradas das secretarias e, principalmente, tratar do planejamento da BNTM 2011. “As divulgações e convites para os participantes do evento serão potencializadas. Iremos acertar também todos os detalhes do projeto e investimentos a serem realizados desde já”, afirmou Ramzi. A audiência coletiva com o ministro Pedro Novais será a oportunidade para os secretários conhecerem todo o planejamento do Ministério do Turismo e os investimentos para os Estados.

ACADEMIA BRASILEIRA DE EVENTOS EMPOSSA QUATRO NOVOS ACADÊMICOS

Foi realizada ontem(16) numa solenidade muito bonita a posse de quatro novos acadêmicos da Academia Brasileira de Eventos, no Expo Center Norte, em São Paulo. A Academia existe há cinco anos,para estimular os profissionais que atuam no âmbito de evento, turismo e negócios. A Academia é presidida por Antonia Marisa Canton e conta com 29 acadêmicos, mas a meta é chegar aos 40





. Na noite de ontem foram empossados: Gérard Bourgeauseau, diretor de relações institucionais da rede Windsor de hotéis,Mário Padovan, publicitário, responsável pela criação e projetos de grandes feiras,Mário Beni, professor titular em Turismo pela ECA/USP, membro da OMT-Organização Mundial do Turismo e Enid Câmara, diretora da Prática Eventos e presidente do Skal Internacional de Fortaleza. Entre os acacadêmicos, Paulo Gaudenzi, Raimundo Peres, Eraldo Alves Cruz e Sérgio Junqueira.

Esta colunista participou da solenidade e encontro os colegas jornalistas Rogerio Almeida de João Pessoa e Marden de Minas Gerais.

Universitários Braztoa já estão divulgando o 35º ECB nas agências de viagem

O “Universitários Braztoa”, programa que está em sua quarta edição, está percorrendo desde o início do mês agências de viagem da capital e da Grande São Paulo. Treze estudantes de turismo da FATEC, Universidade Anhembi Morumbi, USP (Butantã / USP-Leste) e IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) visitam os agentes com o objetivo de divulgar o 35º Encontro Comercial Braztoa e apresentar as novidades do evento, assim como captar inscrições desses profissionais. Caso o agente queira fazer a inscrição depois, os estudantes dão todas as informações sobre como proceder. Até o dia 18 de março, o agente que quiser receber a visita dos universitários pode enviar e-mail para cadastramento@braztoa.com.br, aos cuidados de Dandara, ou ligar na entidade (11.3259.9500).



Como na edição anterior, os agentes de viagem que fizerem sua pré-inscrição terão entrada gratuita. Aqueles que utilizam as caravanas BRAZTOA serão beneficiados com tarifas diferenciadas. Nas caravanas rodoviárias de cidades próximas (como Santos e Campinas), o valor será a metade da edição de setembro (custará R$ 20,00). Já para os agentes que vierem de mais longe, chegando na sexta e voltando no sábado, o valor é de R$ 50,00, incluindo pernoite. As inscrições são feitas exclusivamente pelo site www.braztoa.com.br.



Blog

Desde a edição passada, a imprensa encontra todas as informações sobre os eventos da BRAZTOA no endereço www.eventosbraztoa.wordpress.com, reunindo as novidades dos associados e dos demais expositores.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

DEPARTAMENTO DE TI DA TREND OPERADORA GANHA NOVOS INTEGRANTES E TREINAMENTO INTENSIVO

O sábado foi intenso para os mais de 30 colaboradores do departamento de TI (tecnologia da informação), sendo que destes, 15 acabaram de ingressar na área. Todos se reuniram em São Paulo (SP) no último sábado (12) para um dia inteiro de treinamento e troca de informações.

O objetivo foi fazer um alinhamento de toda a equipe para apresentar a nova estrutura e a metodologia de trabalho, através de palestras e dinâmicas de grupo. Comandada por Marcos Cumagai, Diretor de TI da TREND, a reunião trouxe Hélcio Honda, Diretor da Honda Consulting para falar sobre Governança de TI.

Emanoel Lima, Gerente de Arquitetura de Sistemas, comandou uma palestra sobre Gestão do Conhecimento; Renato Pereira, Gerente de Projetos, que falou sobre projetos para o novo ano e Paulo César Rodrigues, Gerente de Operações demonstrou como vai atuar o seu núcleo na empresa.

“O evento atingiu todos os objetivos propostos pois envolveu os integrantes da equipe, criou sinergia entre as áreas, multiplicou conhecimentos técnicos, estabeleceu novas métricas e novos desafios para os próximos anos”, afirmou Cumagai. “A nova estrutura, metodologia e ferramentas implantadas permitirão grandes ganhos de produtividade no desenvolvimento das soluções e na entrega aos nossos clientes”.

O Diretor-Presidente da empresa, Luis Paulo Luppa, que esteve presente no evento, entregou um capacete de corrida ao Diretor Cumagai, representando o trabalho em equipe, a velocidade, o comprometimento e a exatidão com os prazos, que comparou com as voltas que acontecem numa verdadeira corrida de Fórmula 1.

Vale lembrar que todo esse trabalho visa melhorar ainda mais o sistema da TREND Operadora que é 100% online e tido como um dos melhores do mundo, já premiado internacionalmente. Com a inclusão de novos produtos e novas melhorias, o aumento da equipe era uma necessidade premente, e esse treinamento veio para deixar esse time mais alinhado, diminuir o tempo das demandas e aparar as arestas dos sistemas, tanto internos, quanto externos.

A TREND Operadora além de possuir um sistema 100% online, tanto para agentes de viagens quanto para os hoteleiros que compõe seu portfólio, possui o seu faturamento e o acompanhamento de vendas completamente integrados e que podem ser acessados até remotamente, sendo um dos mais modernos do mercado. Após essa reunião só basta esperar muitas novidades em seu sistema para 2011!

TRADUTORES E INTÉRPRETES ESTÃO ENTRE AS PROFISSÕES MAIS PROMISSORAS DOS PRÓXIMOS ANOS

A carreira de tradutor e intérprete terá o seu boom em 2014? As expectativas em torno do ano em que o Brasil sediará o maior evento esportivo do mundo, vão de boas a melhores. Para Jayme Costa Pinto, coordenador do Departamento de Tradução e Interpretação da Alumni, reconhecido como um dos melhores cursos do mercado, a profissão de tradutor e intérprete pode ser considerada promissora para os próximos anos. Segundo o coordenador, a demanda do mercado por esses profissionais não é algo recente e tende a continuar por muitos anos, não apenas por conta dos eventos esportivos internacionais que serão sediados no país, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, mas pelo crescimento econômico e pelo aumento da importância do Brasil no cenário internacional. “Os tradutores têm um ótimo mercado no Brasil impulsionado, principalmente, pela cidade de São Paulo, que realiza mais de 90 mil eventos por ano e 75% das maiores feiras do país”, afirma.

Em média, a cidade de São Paulo realiza um evento a cada 6 minutos, entre congressos, feiras, convenções, shows e grandes festas. Além disso, é o maior centro econômico do mundo e foi eleita pela segunda vez o melhor destino da América Latina para se fazer negócios, segundo o estudo anual elaborado pela América Economia Intelligence. O potencial da cidade ainda vai mais longe, pois além de ser o maior destino de eventos internacionais das Américas, figura entre os Top 20 destinos para eventos no mundo, ultrapassando cidades como Madri, Sidney, Atenas e Vancouver. “Os eventos internacionais contribuirão para o crescimento da demanda do mercado de tradutores, porém essa área é promissora em todas as épocas do ano e vai além da Copa do Mundo”, finaliza.

TRADUTORES E INTÉRPRETES ESTÃO ENTRE AS PROFISSÕES MAIS PROMISSORAS DOS PRÓXIMOS ANOS

A carreira de tradutor e intérprete terá o seu boom em 2014? As expectativas em torno do ano em que o Brasil sediará o maior evento esportivo do mundo, vão de boas a melhores. Para Jayme Costa Pinto, coordenador do Departamento de Tradução e Interpretação da Alumni, reconhecido como um dos melhores cursos do mercado, a profissão de tradutor e intérprete pode ser considerada promissora para os próximos anos. Segundo o coordenador, a demanda do mercado por esses profissionais não é algo recente e tende a continuar por muitos anos, não apenas por conta dos eventos esportivos internacionais que serão sediados no país, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, mas pelo crescimento econômico e pelo aumento da importância do Brasil no cenário internacional. “Os tradutores têm um ótimo mercado no Brasil impulsionado, principalmente, pela cidade de São Paulo, que realiza mais de 90 mil eventos por ano e 75% das maiores feiras do país”, afirma.

Em média, a cidade de São Paulo realiza um evento a cada 6 minutos, entre congressos, feiras, convenções, shows e grandes festas. Além disso, é o maior centro econômico do mundo e foi eleita pela segunda vez o melhor destino da América Latina para se fazer negócios, segundo o estudo anual elaborado pela América Economia Intelligence. O potencial da cidade ainda vai mais longe, pois além de ser o maior destino de eventos internacionais das Américas, figura entre os Top 20 destinos para eventos no mundo, ultrapassando cidades como Madri, Sidney, Atenas e Vancouver. “Os eventos internacionais contribuirão para o crescimento da demanda do mercado de tradutores, porém essa área é promissora em todas as épocas do ano e vai além da Copa do Mundo”, finaliza.

Natal Convention capta 20% da meta de associados para o ano

Pousada Castanheira, Natal Resgate, Aram Praia Hotel, Lucgraf Editora, Castelo Casado Iluminações e Iluminar Som e Luz se associaram ao Natal CVB em fevereiro

Com a entrada de mais seis empresas no quadro de associados, o Natal Convention & Visitors Bureau – Natal CVB – comemora os números positivos do recém-criado setor de captação de mantenedores, que em menos de dois meses já atingiu 20% da meta para 2011. São oito novas empresas associadas de janeiro até agora.
Pousada Castanheira, Natal Resgate, Aram Praia Hotel, Lucgraf Editora, Castelo Casado Iluminações e Iluminar Som e Luz são as empresas que se associaram à entidade em fevereiro.
Para a gerente executiva do Natal CVB, Alessandra Torres, esse resultado é reflexo da credibilidade da marca Natal Convention junto ao empresariado do segmento de negócios, que está comprovando, através dos muitos eventos realizados, o quanto o setor movimenta a economia da cidade na baixa estação.
“Criamos um setor específico para prospecção de novos sócios para mostrar a importância da participação das empresas no fortalecimento da instituição e, como consequência, no crescimento da economia local”, aponta Torres.

Caribe será o destino neste Carnaval




Cada vez mais a procura por destinos internacionais aumenta, e no Carnaval não será diferente. O Caribe é um dos lugares mais procurados pelo natalense, uma vez que está mais barato viajar para a ilha caribenha, Punta Cana, do que se hospedar em um resort no Litoral do Nordeste

As agências de Natal estão sendo procuradas por natalense que querem descobrir e conhecer um destino novo. Segundo Murillo Felinto, operador do voo charter Natal/Caribe, este pacote chegou para satisfazer o público norte-riograndense. “ Estive semana passada em Mossoró, Recife, João pessoa, onde a receptvidade foi maravilhosa. Senti que essas cidades precisavam de uma nova opção de destino”, revelou Felinto.

O pacote para Punta Cana está sendo comercializado através das agências de viagem, no valor R$ 3.999,00 e pode ser dividido em até 12 vezes.

Espanhóis interessados em implantar fábrica de painéis solares se reúnem com secretário Benito Gama e prefeito de Lajes

Empresários espanhóis interessados em implantar no Estado uma fábrica de placas para painéis de energia solar se reuniram ontem, 15, à noite, com o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado do Rio Grande do Norte, Benito Gama e o prefeito de Lajes, Benes Leocádio. Da reunião também participou Maria Cristina Silva, diretora-geral da empresa Geotécnica, que intermedia negócios estrangeiros no País.
A posição geográfica de Lajes e o interesse do prefeito Benes Leocádio em abrigar uma fábrica que possibilitará a oferta de 400 empregos diretos foram determinantes, de acordo com a diretora da Geotécnica, para a indicação de Lajes para abrigar o empreendimento. O município está localizado a apenas 120 quilômetros de Natal e está disposto a ceder grande área e oferecer incentivos fiscais para atrair os investimentos.
Depois de se reunir com o prefeito Benes Leocádio e a diretora da Geotécnica em Recife, os espanhóis Luis Marco Pardo e Ángel Blanco, diretores de investimentos internacionais da empresa Fluitecnik Sunergy se reuniram nesta terça-feira com o titular da Sedec, Benito Gama.
De acordo com o prefeito de Lajes e também presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), o secretário demonstrou interesse na atração do investimento para o Rio Grande do Norte e expôs alguns dos incentivos fiscais que o Governo oferece.
Ainda segundo Benes, Benito Gama mostrou que a produção de painéis solares a preços bastante competitivos, como asseguram os espanhóis, pode possibilitar a utilização da energia solar na agricultura familiar, a exemplo do que acontece no Sul e Sudeste do País, inclusive no programa Minha Casa, Minha Vida.
INDICAÇÃO
Ao explicar por que indicou Lajes para receber o empreendimento, a diretora da Geotécnica, Maria Cristina Silva, observou que “o prefeito Benes Leocádio é empreendedor, demonstrou interesse, está disposto a disponibilizar uma grande área e oferecer incentivos”.
Ao final da reunião na Sedec, ficou acertado que os empresários espanhóis apresentarão dentro de 30 dias apresentarão um projeto para implantação do empreendimento. De acordo com os seus diretores de investimentos, o grupo Fluitecnik Sunergy tem tecnologia e pode colocar no mercado painéis com preços que representam entre 20% e 30% dos praticados atualmente no mercado.
No encontro na Sedec, o prefeito Benes esteve acompanhado do vice-prefeito Mário Madruga e do presidente da Câmara Municipal de Lajes, César Militão.

AZUL FAZ PROMOÇÃO: A PARTIR DE R$ 29,00 O TRECHO ENTRE RIBEIRÃO PRETO E CINCO CIDADES BRASILEIRAS

Promoção é válida somente até 15/03



A Azul Linhas Aéreas Brasileiras desde ontem (15/02) está vendendo passagens promocionais para os trechos de Ribeirão Preto-SP para Campinas (SP), Rio de Janeiro/Galeão (RJ), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Navegantes (SC). As tarifas são válidas por trecho e a promoção é somente para voos diretos operados pela companhia. A reserva é obrigatória, a qual deve ser realizada no período de 15/02a 15/03/11. As viagens deverão ser realizadas no período de 01/03 a 30/04/11.

A compra pode ser feita pelo site www.voeazul.com.br, por meio do Call Center (11 4003-1118), nas lojas da Azul ou consultar um agente de viagem.



Origem / Destino
Origem / Destino
A partir de:

Ribeirão Preto/SP
Campinas/SP
R$ 29,00

Ribeirão Preto/SP
Rio de Janeiro/Galeão
R$ 49,00

Ribeirão Preto/SP
Curitiba/PR
R$ 69,00

Ribeirão Preto/SP
Brasília/DF
R$ 69,00

Ribeirão Preto/SP
Navegantes/SC
R$ 69,00




* Tarifa válida por trecho. Promoção válida somente para voos operados pela AZUL, no período de 01/03 a 30/04/2011. Reservas são obrigatórias, as quais devem ser realizadas no período de 15/02 a 15/03/2011. Tarifas sujeitas às regras tarifárias e disponibilidade de assentos.

“CIRCUITOS BRASILEIROS” É O NOVO CONCEITO DE VIAGENS DA CVC

Operadora lança novos roteiros pelo Brasil e apresenta a série de viagens “Descobertas”, rumo a cartões-postais do Brasil que até então careciam de opções de pacotes formatados para a família

Aguinaldo Gonçalves, gerente de “circuitos brasileiros”, ao lado de Lucia Helena Gonçalves, que chega à CVC com o desafio de criar novas viagens de experiências, e Cleyton Armelin, diretor comercial e de vendas nacionais


Durante a realização do Workshop & Trade Show CVC 2011, que acontecerá nos próximos dias 23 e 24 de fevereiro, no Expo Center Norte, em São Paulo, mais de 12 mil agentes de viagens terão a oportunidade de conhecer, com exclusividade e em primeira mão, um novo conceito em viagens terrestres idealizado pela operadora. Trata-se da programação “Circuitos Brasileiros”, nova nomenclatura para os roteiros rodoviários da operadora, sob a gerência de Aguinaldo Gonçalves, ligada à Diretoria Comercial e de Vendas Nacionais.

Nesta modalidade de viagens terrestres, categoria em que a CVC iniciou suas atividades em 1972, além de novos roteiros, a grande novidade é o lançamento da “Série Descobertas”, que consiste em “viagens de experiências” para destinos turísticos que são verdadeiros cartões-postais da natureza, ainda pouco conhecidos pela maioria dos turistas e cujo acesso ainda é difícil também pela ausência de pacotes formatos para a família. “Nesta série, turistas de todas as idades poderão conhecer com conforto, assistência e estrutura de uma grande operadora, regiões que são acessadas somente por veículos 4x4”, explica Cleyton Armelin, diretor comercial e de vendas nacionais da CVC.

O primeiro lançamento da Série Descobertas é a “Rota das Emoções”, uma viagem de oito dias de duração, inédita no mercado brasileiro por oferecer, em um único roteiro, visitas a três diferentes Estados, com hospedagens e transportes inclusos, destacando quatro cartões-postais brasileiros: Jericoacoara (no Ceará), Delta do Parnaíba e Parque Nacional de Sete Cidades (ambos no Piauí) e Lençóis Maranhenses (Maranhão), com início em Fortaleza (CE) ou em São Luis (MA).

“Este roteiro vai agradar a todos os perfis de clientes - dos jovens aos adultos com crianças e aos turistas da melhor idade, que agora também poderão descobrir destinos até então visitados somente por mochileiros e ecoturistas. O trajeto foi cuidadosamente elaborado, para oferecer experiências de viagem priorizando o conforto para a família”, complementa Lucia Helena Gonçalves, gerente comercial recém-contratada para desenvolver roteiros exclusivos para a série Descobertas, e que nos últimos 10 anos já colaborava com a operadora, no Projeto Minas Gerais. “Optamos por utilizar os veículos 4x4 em trechos pequenos para proporcionar um contato mais intenso com as paisagens intocadas sendo que nos trechos asfaltados vamos utilizar o micro-ônibus que proporciona uma viagem muito mais confortável e prazerosa”, explica Gonçalves.

Os roteiros da Série Descobertas também se diferenciam por oferecerem acompanhamento de guias bilíngues – diferencial que permitirá que a CVC ofereça estes roteiros a operadoras estrangeiras.
Outra vantagem é que estes roteiros podem ser adquiridos por turistas de qualquer região do Brasil, já que as viagens terão sempre início em alguma capital do País, permitindo ao agente de viagem acrescentar trechos aéreos da cidade de origem do passageiro até a cidade de início do roteiro. Este primeiro roteiro será comercializado por 10x de R$ 198.

Até junho de 2011, a CVC lançará 20 novos roteiros para esta série de viagens, com opções para regiões como São Miguel do Gostoso e Mossoró (RN), Pantanal (MT), Península de Maraú (BA), cânions do Rio Grande do Sul (RS) e o interior de Santa Catarina (SC).



IMPORTANTE – AVISO DE PAUTA À IMPRENSA

O tarifário “Rota das Emoções” será distribuído aos agentes de viagens no Workshop CVC.
No dia 23 de fevereiro, das 19h às 20h, a Secretaria de Turismo de São Luis realizará, em parceria com a CVC, coquetel de lançamento desta novidade para cerca de 100 convidados. O encontro acontecerá na Sala Vip do Workshop CVC, ao lado da entrada principal do pavilhão, com a presença confirmada do Ministro do Turismo, Pedro Novais, e de autoridades de turismo dos Estados contemplados neste novo roteiro – Ceará, Maranhão e Piauí. Também estarão presentes na ocasião: Guilherme Paulus (presidente do Conselho de Administração da CVC), Valter Patriani (presidente da operadora CVC), Cleyton Armelin (diretor comercial e de vendas internacionais), Lucia Helena Gonçalves (gerente comercial para o produto Descobertas da CVC), Liviomar Macatrão (secretário de turismo de São Luis), Tadeu Palácio (secretário de turismo do Maranhão), Silvio Leite (secretário de turismo do Piauí) e Bismarck Maia (secretário de turismo do Ceará).



SERVIÇO:
17º Workshop & Trade Show CVC 2011
Feira de Exposições e Bolsa de Negócios
www.cvc.com.br/workshop2011
Data: 23 e 24 de fevereiro de 2011
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Branco
Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme – São Paulo – SP.
Horário de funcionamento para visitantes: das 13h às 19h.

Signa é a mais nova parceira da MRS Logística, no modal de transporte ferroviário

A Signa, empresa especializada no desenvolvimento de softwares para todos os modais de transporte (rodoviário, aéreo, marítimo de cabotagem e ferroviário) é a mais recente parceira da MRS Logística.
“Nossas soluções farão parte do gerenciamento dos procedimentos logísticos da MRS Logística, uma das líderes do transporte ferroviário, segmento econômico que vai faturar R$ 4 bilhões em 2011”, afirma Jônatas Filgueiras, gerente comercial da Signa.
Segundo estimativa da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), o o modal ferrovia, tido antes como o patinho feio dos transportes no Brasil, está passando por uma expansão acelerada.
Segundo o presidente da Abifer, Vicente Abate, em declarações recentes à imprensa, o faturamento da indústria ferroviária nacional é estimado em R$ 4 bilhões para 2011 e deve saltar de cerca de 30 mil quilômetros para 41 mil quilômetros até 2020.
Quanto aos vagões de carga, que dão sustentação ao modal de transporte ferroviário, a previsão da Abifer para 2011 é atingir um patamar de aproximadamente 5 mil novos vagões.
As estimativas se antecipam à segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) que prevê um investimento de R$ 43,9 bilhões em ferrovias, entre os anos de 2011 e 2014.
O governo vai incentivar o desenvolvimento de um moderno sistema ferroviário integrado e de alta capacidade. Para fazer a ligação de áreas de produção agrícola e mineral aos portos, indústrias e mercado consumidor.
“Aí é que os softwares da Signa se tornam referência para ajudar a MRS Logística e as empresas do setor, a ampliar sua competitividade ao gerar ganhos de controle e padronização”, afirma Jônatas Filgueiras, gerente comercial da Signa.
Os softwares da Signa ajudam a integrar diferentes áreas comerciais das empresas de transporte ferroviario, com diferentes tipos de carga e de destinação, numa forma rápida, dinâmica e em tempo real.

MGM Operadora começa a trabalhar com a empresa espanhola Pullmantur

Operadora e companhia selaram acordo de trabalho, no qual a MGM passa a vender pacotes terrestres e marítimos da empresa


A MGM Operadora tem uma grande novidade para seus clientes e parceiros. Trata-se do novo fornecedor da Operadora, a Pullmantur – conhecida empresa espanhola de cruzeiros marítimos e viagens terrestres. “O nosso acordo de trabalho já está fechado. Neste início do ano promoveremos treinamentos com os nossos colaboradores e parceiros, para apresentar o mais novo serviço da MGM e, em breve, já estaremos comercializando os pacotes para os principais destinos da Pullmantur”, adianta Jaqueline Rodrigues, gerente comercial da MGM Operadora.

A entrada da Pullmantur no rol de fornecedores da MGM significará um aumento na vendas nos pacotes da Operadora. Na parte terrestre, a MGM passa a comercializar mais opções e destinos de viagens pela Europa, como por exemplo, para Espanha e Portugal, além de outros roteiros como Marrocos, Oriente Médio, Caribe, República Dominicana e Cancun.

Já na parte marítima, a empresa espanhola conta com uma frota de seis navios que fazem roteiros pelo Mediterrâneo, Báltico, Atlântico, Caraíbas e Posicional, que engloba quatro roteiros. “Com a Pullmantur, a MGM ofertará dezenas de viagens a mais. É um significativo crescimento no número de produtos e serviços”, diz Ediana Moura, responsável pelo departamento MGM Marítimo. A frota da Pullmantur é formada pelos transatlânticos Sovereign, Empress, Zenith, Ocean Dream, Horizon e Bleu de France.

Além disso, as viagens marítimas estão ganhando a preferência dos turistas brasileiros durante as férias de verão. Só na temporada 2010-2011, 20 navios percorrerão a costa do país. Estima-se que cerca de 850 mil passageiros devem embarcar, o que representa um aumento de 23% em relação à temporada anterior. Serão mais de 1,7 mil escalas em 20 localidades do Brasil.

“As vendas de viagens marítimas nos meses de novembro e dezembro registraram um aumento em torno de 67% em relação ao mês de outubro. Este resultado é reflexo da grande procura dos brasileiros por viagens de navio, que acaba se tornando um roteiro muito vantajoso, com diversos atrativos e diferencias a preços acessíveis”, finaliza Ediana Moura.

Além da Pullmantur, o departamento MGM Marítimo também trabalha com as empresas Costa Cruzeiros, Ibero Cruzeiros, Carnival, Princess Cruises, Cunard, Australis, Skorpios, Antartic, Nomads, Holland América, Silversia e Crystal Cruises.

Mais informações: www.mgmoperadora.com.br.

1º Fórum Nacional de Gestão Hoteleira abre inscrições

Evento reúne os principais gestores do país no segmento, em Curitiba (PR)

Estão abertas as inscrições para o 1º Fórum Nacional de Gestão Hoteleira, evento que vai realizar um “Raio X” da Hotelaria brasileira e mostrar se o setor está de fato preparado para enfrentar os desafios da contemporaneidade. Nos dias 15 e 16 de março, em Curitiba (PR), os principais executivos do setor vão discutir com o público as principais tendências e práticas do mercado hoteleiro do país. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.forumgestaohoteleira.com com valores diferenciados até 18 de fevereiro.

Promovido pela Mapie Especialistas Estratégicos em Serviços e Hôtelier News, com organização da ADN Eventos e patrocínio da Pmweb, o Fórum reúne pela primeira vez profissionais referência no segmento, concentrando em apenas dois dias os temas presentes no atual cenário da hotelaria brasileira, como: desenvolvimento, processo de expansão e as tendências do setor hoteleiro no país além de temas com foco no aprimoramento profissional com palestras sobre vendas, liderança, marketing digital, representação comercial, revenue management e cases de sucesso.

“A criação do Fórum Nacional de Gestão Hoteleira permite a discussão de temas relevantes para o setor além de mostrar as novas ferramentas de administração que vão estar em evidência nos próximos anos”, comenta a executiva da Mapie, Carolina Sass de Haro. “O evento é importante porque promove reflexões significativas da hotelaria brasileira em um momento tão especial que o país vive economicamente ao se aproximarem grandes eventos esportivos”, completa a executiva da Mapie, Tricia Neves.

A programação do Fórum é composta por palestras e painéis que promoverão a intervenção da plateia. É o caso do painel: “Desenvolvimento hoteleiro: a expansão das redes no Brasil e as diversas alianças estratégicas”, com os diretores de Desenvolvimento Abel Castro (Accor América do Sul), Eduardo Camargo (InterContinental Hotels Group) e Julio Gavinho (Hyatt Brasil). A exemplo dessa discussão, outro painel do dia será: “Os grandes hoteleiros – as tendências da hotelaria para os próximos anos: mudanças, investimentos, gestão e novas ferramentas” que vai trazer Alexandre Gehlen (Diretor Geral da InterCity Hotéis), André Monegaglia (Diretor Geral da Allia Hotels) e Jayme Canet (Presidente da Hotéis Deville).

É possível inscrever-se em duas modalidades de participação: Standard; ou Premier, que dá direito a um lugar em área mais à frente no auditório, acesso wi-fi à internet, material diferenciado, livro, serviço de sala, prioridade nas perguntas e almoço na área VIP com o palestrante que estiver presente no dia do evento (sujeito a disponibilidade).

O 1º Fórum Nacional de Gestão Hoteleira acontece no hotel Deville Rayon e conta com o apoio do Curitiba Convention & Visitors Bureau (CCVB), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PR) e hotel Deville Rayon. Mais informações: www.forumgestaohoteleira.com.


Serviço:

1º Fórum Nacional de Gestão Hoteleira
Datas: 15 e 16 de março de 2011
Horário: das 8h às 18h30
Local: Hotel Deville Rayon (Av. Sete de Setembro, 1424 – Centro) - Curitiba/PR
Informações e inscrições: www.forumgestaohoteleira.com


Programação do 1º Fórum Nacional de Gestão Hoteleira:

15 de março (terça-feira)

08h - Credenciamento e Welcome Coffee
08h30 - Abertura
08h35 - Palestra: Excelência em servir!
Com Claudia Marino – Gerente de Hospedagem do Fasano Rio
09h30 - Hotel Solution Business Coffee
10h15 - Palestra: Liderança como base do sucesso
Com Marcelo Pirani - Diretor Geral da Cennarium Training
11h20 - Palestra: Como obter lucro em Alimentos & Bebidas?
Com Marcelo Traldi - Professor do Senac e Escritor na área de A&B
12h30 - Almoço no Deville Rayon
13h50 - Painel: Desenvolvimento hoteleiro: a expansão das redes no Brasil e as diversas alianças estratégicas
Com a participação de: Abel Castro – Diretor de Desenvolvimento da Accor América do Sul; Eduardo Camargo – Diretor de Desenvolvimento da InterContinental Hotels Group;
Moderadora: Carolina Sass de Haro – Diretora da Mapie
15h15 - Hotel Solution Business Coffee
17h05 - Painel: Os grandes hoteleiros – as tendências da hotelaria para os próximos anos: mudanças, investimentos, gestão e novas ferramentas
Com a participação de: Alexandre Gehlen – Diretor Geral da InterCity Hotéis; André Monegaglia – Diretor Geral da Allia Hotels; Jayme Canet – Presidente da Hotéis Deville.
Mediador: Peter Kutuchian – Hôtelier News

16 de março (quarta-feira)

08h - Welcome Coffee
08h30 - Palestra: O Fortalecimento do Destino
Com João Luiz dos Santos Moreira - Presidente da Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux
09h30 - Hotel Solution Business Coffee
10h15 - Palestra: Hotel Independente: quais os caminhos para a melhor rentabilidade?
Com Gustavo Syllos - Diretor de Marketing & Vendas da Hotéis Slaviero
11h20 - Case: O Sucesso de Hotel Independente
Com Antonio Dias - Diretor geral da Royal Palm Hotels & Resorts
12h30 - Almoço no Deville Rayon
13h50 - Painel: Internet Marketing para Hotéis Independentes: por onde começar?
Com a participação de: César Nunes – Diretor Comercial da Royal Palm Hotels & Resorts; Luciana Burger – Online Media Sales Executive Microsoft Advertising; Waléria Fenatto - Diretora da Mark Up Consultoria.
Mediador: Tárik Potthoff – Diretor Geral da Pmweb
15h15 - Hotel Solution Business Coffee
17h05 - Palestra: Estratégia em ação: a importância da Gestão Empresarial – Case Natura
Com Daniel Levy - Diretor de Sistemas de Gestão da Natura

Turismo de Portugal seleciona fotos para exposição em São Paulo

Autor do melhor retrato ganha viagem com tudo pago para uma semana nas Pousadas de Portugal

Turistas e fotógrafos – profissionais e amadores – poderão participar de uma exposição especial sobre as Pousadas de Portugal, no Consulado de Portugal, em São Paulo, entre os dias 28 de março e 20 de abril. Para se inscrever basta mandar a imagem (tendo as Pousadas como tema) para concurso.pousadasdeportugal@yahoo.com.br.
As fotos selecionadas serão expostas juntamente com 13 imagens das Pousadas de Portugal clicadas por renomados fotógrafos portugueses. O prazo de inscrições vai até o dia 25 de fevereiro. Não é necessário enviar a imagem em alta resolução para a seleção, no entanto, as fotografias escolhidas terão de ser reenviadas com 300 DPI e qualidade suficiente para serem impressas em tamanho 50 cm x 50 cm. A escolha do melhor retrato será feita pelos visitantes da mostra.
O concurso fotográfico conta com o apoio da TAP, que concederá os bilhetes aéreos ao vencedor, e da Avis, que oferecerá um carro para o trajeto entre as Pousadas.

Mais informações em pelo e-mail: concurso.pousadasdeportugal@yahoo.com.br

Para conhecer melhor as Pousadas de Portugal acesse o site www.pousadas.pt

Visita do Ministro dos Esportes, Orlando Silva a Natal está suspensa

De acordo com informações do gabinete do Ministro Orlando Silva, a visita agendada para esta quarta-feira, 16 em Natal está suspensa. A visita ao Rio Grande do Norte será remarcada em breve.

MSC Orchestra convida hóspedes a cuidarem do corpo e mente em alto mar Cruzeiro temático “Qualidade de Vida” chega a 4ª edição



Já dizia o antigo ditado popular: corpo são em mente sã. Para manter o corpo em perfeito equilíbrio com a mente, nada melhor do que se dedicar a alguns cuidados e, melhor ainda se for a bordo do luxuoso navio MSC Orchestra. Essa é a proposta do 4º cruzeiro temático Qualidade de Vida, que está repleto de atividades relaxantes como automassagem, workshops, palestras, aulas de yoga, alongamento, meditação, hidroginástica, entre outros eventos.
“Começar o dia com uma caminhada pelo convés e ter como cenários o mar e a linha do horizonte, é um privilégio que não faz parte da nossa rotina. Isso será possível com o temático Qualidade de Vida, que pretende fazer com que o passageiro se desligue do mundo lá fora e se concentre em atividades prazerosas, com a consciência de que corpo e mente devem estar em harmonia”, destaca Dr. Artur Zular, coordenador do temático e consultor científico do Instituto Qualidade de Vida, com 40 anos de tradição no segmento.
Como essa é uma preocupação cada vez mais presente no nosso dia a dia, a MSC aposta neste nicho que conquista cada vez mais adeptos. Para Adrian Ursilli, diretor Comercial e de Marketing da MSC Cruzeiros no Brasil, a prova disso é o temático já estar na sua quarta edição, conquistando cada vez mais hóspedes: “Com a correria e o stress presentes na nossa rotina, a procura pelo temático vem aumentando consideravelmente e, hoje em dia, o Qualidade de Vida é um sucesso de vendas. Ficamos muito felizes em ajudarmos a proporcionar aos nossos hóspedes o equilíbrio que tanto se procura nos dias de hoje, a bordo de uma das frotas mais modernas do mundo”, finaliza o executivo.

O MSC Orchestra oferece uma perfeita e única mistura de design, conforto e segurança. O navio possui 1.275 cabines, 16 andares, três piscinas (duas para adultos e uma para crianças), quatro jacuzzis, cinco restaurantes – sendo que um é especializado em comida chinesa, o “Shangai”-, 12 bares, um teatro, espaços esportivos para jogging, minigolfe, quadra poliesportiva, além de muito lazer e descontração na discoteca, cyber café, cafeteria, área de lojas e muito mais para quem quer sair da rotina.














Sobre a MSC Cruzeiros
A MSC Cruzeiros possui os navios mais modernos do mundo, com uma frota composta atualmente por: MSC Splendida e MSC Fantasia (os maiores navios já construídos por uma empresa armadora europeia), MSC Poesia, MSC Orchestra, MSC Musica, MSC Sinfonia, MSC Armonia, MSC Opera, MSC Lirica, MSC Melody e MSC Magnifica, inaugurado em março de 2010. A frota realiza cruzeiros durante todo o ano, pelo Mediterrâneo, e durante temporadas no Norte da Europa, no Oceano Atlântico, no Caribe, na América do Norte e Canadá, na América do Sul, no Oceano Índico, e no Sul e Oeste da África. A MSC Cruzeiros é a única empresa no mundo a receber o prêmio "6 Golden Pearls" ["6 Pérolas Douradas"], do Bureau Veritas, em reconhecimento ao seu alto nível de gerenciamento de qualidade e proteção ambiental. A companhia também possui as certificações ISO 9001 e ISO 22000 pela qualidade e segurança dos alimentos em terra e a bordo. A MSC Cruzeiros se preocupa com o bem-estar das crianças, e como empresa líder de mercado, socialmente responsável, acredita que pode atuar de forma positiva nas regiões onde opera. Para isso, a empresa recentemente firmou uma parceria com o UNICEF para investir em um projeto comunitário, oferecendo às crianças que moram em comunidades carentes no Brasil uma educação de alta qualidade. Para mais informações acesse www.msccruzeiros.com.br.

Parceria do Centro de Convenções com o Natal Convention






O executivo Nailson Azevedo, diretor da Coohotur, a cooperataiva que administra o Centro de Convenções de Natal, disse que a captação do Congress of the International Society of Biomechanics (Congresso Internacional da Sociedade de Biomecânica) é fruto do que chama de “parceria salutar” entre o Centro de Convenções de Natal e o Natal Convention Bureau. A estratégia de as duas entidades atuarem em parceria vem rendendo resultados positivos para o turismo de eventos potiguar.

O Congress of the International Society of Biomechanics acontecerá em 2013, e deverá reunir na capital potiguar mais de 2.000 participantes nacionais e internacionais. Para sediar o evento, Natal disputou com países como a Austrália, Estados Unidos e China. Para Nailson, o trabalho desenvolvido pelo Centro de Convenções de Natal e a infraestrutura do equipamento foram itens essenciais para somar com o Convention Bureau na captação do Congresso.

O congresso terá a participação de centenas de estudantes de graduação, especialização, mestrado e doutorado, assim como cientistas brasileiros, poderão estabelecer contato com os mais renomados cientistas do mundo nessa área.

Arituba Turismo estima crescimento de 20% no setor internacional




Operadora espera mandar mais de mil potiguares para o exterior ainda nos primeiros meses do ano.



A Arituba Turismo, controlada pelo empresário Abdon Gosson, está prevendo um crescimento de 20% para 2011 em relação ao ano passado. Só com os pacotes do Carnaval em Orlando e a Semana Santa em Paris, a operadora deve mandar mais de 1.000 potiguares para o exterior nos primeiros quatro meses deste ano.

O balanço positivo leva em conta a estabilidade do real frente a moedas internacionais e o crescimento da renda da classe média brasileira. Para Gosson, o setor de turismo vive uma crescente. "Nossos pacotes para o Carnaval em Orlando e a Semana Santa em Paris, que estão quase esgotados, mostram que nem nossos prognósticos mais otimistas estavam errados”, analisou o empresário. A expectativa é que também aumente a procura pelo turismo exótico para países como China, Hungria, Áustria, República Checa.

MINISTRO DOS ESPORTES CHEGA HOJE A NATAL E CUMPRE AGENDA-TEM ENCONTRO COM O SECRETÁRIO DE TURISMO DO ESTADO, RAMZI ELALI

Quarta-Feira, 16 de Fevereiro


Chegada a Parnamirim/RN – Vôo GOL, proveniente de Recife/PE
Local: Aeroporto Internacional Augusto Severo – Parnamirim/RN


Audiência com a Prefeita do Natal – Micarla de Souza


(após a reunião)






23:15h
Quarta-Feira, 16 de Fevereiro


Chegada a Parnamirim/RN – Vôo GOL, proveniente de Recife/PE
Local: Aeroporto Internacional Augusto Severo – Parnamirim/RN


Audiência com a Prefeita do Natal – Micarla de Souza





Audiência com a Governadora do RN, Rosalba Ciarlini
Pauta: Acompanhar o cronograma de execução da matriz de responsabilidades, com vistas à Copa do Mundo de Futebol de 2014
Participantes:
• Secretário Extraordinário para Assuntos Relativos à Copa do Mundo – Demétrio Torres
• Secretário de Estado do Esporte e Lazer – José Joacy Bastos
• Secretário de Estado do Turismo – Ramzi Elali
• Secretária de Estado da Infra-Estrutura – Kátia Pinto
• Deputados Federais: Fábio Faria, Felipe Maia e demais Deputados convidados

Local: Governadoria – Centro Administrativo – Lagoa Nova


Coletiva de Imprensa
Local: Auditório da Governadoria – Lagoa Nova





Embarque para Fortaleza/CE - vôo TAM
Local: Aeroporto Internacional, Augusto Severo – Parnamirim?RN

UnP recebe embaixadora da Suécia

A Universidade Potiguar, através do curso de Relações Internacionais, vai recepcionar a embaixadora da Suécia, Annika Markovic, na quinta-feira (17/02), 11h, na sala 119 da unidade Roberto Freire. Na ocasião, a embaixadora explanará para os alunos sobre os negócios que serão ser firmados entre o Rio Grande do Norte e o seu país de origem.



Desde 1990, Markovic trabalha no Ministério dos Negócios Estrangeiros sueco. Suas atribuições na sede incluem o primeiro-secretário do Departamento de Políticas, Divisão das Nações Unidas, além de ser responsável por assuntos de desarmamento e não proliferação relacionados a armas de destruição em massa, entre outras atribuições. Antes de ingressar no Ministério, a embaixadora foi auditora da Auditoria Conselho Nacional e economista da Constituição Nacional de Pesquisa de Defesa Sveriges Ambassad Promemoria.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

MENSAGEM DA GOVERNADORA ROSALBA CIARLINI ROSADO, LIDA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA NA SESSÃO DE 15 DE FEVEREIRO DE 2011

Cumprindo determinação constitucional, dirijo-me à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para dar-lhe ciência da situação do Estado, bem como para expor algumas diretrizes que nortearão nossa Administração em médio prazo.
Neste primeiro contato com Vossas Excelências, Senhores Deputados e Senhoras Deputadas da 60ª Legislatura, a Governadora transmite-lhes sua calorosa saudação, e manifesta a convicção de que Legislativo e Executivo se irmanam na identificação dos problemas que hoje atormentam a vida administrativa do Estado, e se unem para equacioná-los e resolvê-los.
Desincumbindo-me, entretanto, e por inteiro, do dever de relatar a situação atual do Estado, não posso deixar de trazer oficialmente ao conhecimento da Assembléia o quadro de grave desordem das finanças estaduais, pedindo colaboração e auxílio para empreendermos juntos a árdua e urgente tarefa de saneamento financeiro do Estado.
O equilíbrio das finanças públicas não deve ser visto como mero esforço, sempre louvável, de compatibilizar despesas e receitas, algo que possa ser buscado sempre sem muita pressa, adiado em nome de soluções incertas de um futuro não mensurável. Este equilíbrio não é abstração contábil, nem utopia de simples retórica: ele é absolutamente indispensável para alicerçar a ação governamental, garantindo a execução plena de programas e ações em benefício da população.
É preciso registrar, ademais, que a desordem nas finanças estaduais, de algum tempo para cá, deixou de ser um problema local, tornando-se objeto de preocupação nacional, notadamente em razão de seu cômputo no déficit público global. Em razão disso, os Estados em situação de irresponsabilidade fiscal são passíveis de graves sanções por parte do Governo Federal, especialmente com a vedação de transferências voluntárias de recursos.
Chamo a atenção da Assembléia Legislativa para este ponto, anotando que a não participação da União em nossos projetos de investimento inviabiliza qualquer esforço na direção do desenvolvimento. Posso afirmar que os recursos federais devem estar presentes na quase totalidade de nossos programas, se não em todas as nossas ações voltadas para a infraestrutura e progresso econômico.
Por tais razões, tenho como prioridade absoluta o ordenamento das nossas contas públicas e o saneamento financeiro do Estado. A desordem financeira resulta, invariavelmente, em enormes prejuízos, não para o Governo isoladamente, mas para toda sociedade. O equilíbrio das contas públicas deve, portanto, ser buscado por todos os Poderes e demais Instituições autônomas, tornando-se uma prática disseminada na estrutura governamental inteira, a partir da exigibilidade e compreensão da sua importância pelos dirigentes superiores.
Assim exige o interesse público, que paira acima dos interesses individuais e de grupos.
Todo o nosso esforço, nesses primeiros meses de Administração, será, pois, de busca tenaz do saneamento de nossas contas públicas. Precisamos urgentemente restaurar a saúde financeira do Estado, para que possa manter-se de pé diante da rotina do dia a dia. Só assim será possível restabelecer o crédito do Governo, hoje destroçado, podendo o Estado atuar como agente de desenvolvimento econômico, agindo com recursos próprios seus na modernização infraestrutural da economia, com possibilidade de alavancar e apoiar a iniciativa privada na exploração de nossas potencialidades.
Lamento comunicar à Assembleia, contudo, que estamos em situação de desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal, com excessivo comprometimento das nossas receitas correntes líquidas com despesas de pessoal. Conforme dados do último período de apuração, encerrado aos 31 de dezembro do ano passado, o Poder Executivo ultrapassou o limite legal, comprometendo 49,26% das receitas com gastos de pessoal, uma margem de ilegalidade de 0,26%. Temos o dever de, no corrente quadrimestre, retornar à situação de responsabilidade fiscal, usando todos os mecanismos postos à disposição do Governo pela legislação federal pertinente.
Este, a propósito, um compromisso do qual o Poder Executivo não se vai afastar por um instante sequer. O cumprimento das leis será a nova rotina no Rio Grande do Norte, substituindo o pernicioso hábito de descumpri-las sob os mais variados disfarces. O Governo será intransigente na defesa da legalidade, nada obstante eventuais dissabores internos e externos que o cumprimento desse seu dever elementar possa causar.
A Governadora do Estado manifesta publicamente sua confiança de que, nesta empreitada permanente, contará com o apoio e a ajuda do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Tribunal de Contas, do Ministério Público, e de toda a sociedade.


Referi-me há pouco, Senhor Presidente, ao destroçado crédito do Governo, que alcança e diminui a autoridade do Estado, e aniquila sua capacidade de investir. Desde o inicio de nossa gestão, percebemos que a dívida de curto prazo, a nós legada pela administração anterior, era assustadoramente gigantesca. Nada obstante o esforço da equipe de transição, não tínhamos um levantamento do montante preciso dessa dívida e, muito menos, um seu perfil, ou seja, quanto, por qual razão, e a quem o Estado estava devendo. Informações nos chegavam de que o Governo anterior estava cancelando empenhos, até mesmo os referentes a despesas liquidadas, para gerar saldo orçamentário para as despesas de pessoal e, com isso, poder pagar a folha do 13o salário e a de dezembro. Mas só ao assumir o novo Governo, foi possível identificar, com precisão, a real situação do desequilíbrio da execução orçamentária em 31 de dezembro de 2010.
Este reiterado descumprimento da Lei, porém, que gerou tal desequilíbrio orçamentário e financeiro, e exatamente porque procedimento ilegal, não levou a saldo orçamentário suficiente para empenhar e liquidar toda a despesa de pessoal, tendo sido necessária autorização judicial para pagar, mesmo sem ter orçamento para tanto.
Isto só levou ao agravamento do caos. Usaram-se recursos de todas as fontes (royalties, fundos de recursos com destinação específica etc) para pagar a folha de pessoal e outras despesas correntes, gerando dívida do Governo dentro do próprio Governo, e mais e renovadas transgressões às leis, as quais vedam a utilização de recursos de determinadas fontes para pagamento de pessoal. Há uma correspondência legal entre cada receita e a despesa que deve financiar, e como um dos princípios basilares do Orçamento Público é o equilíbrio entre a receita e a despesa, impõe-se a conclusão de que o Governo anterior gastou acima do limite autorizado na Lei Orçamentária e, como consequência óbvia, faltaram recursos para empenhar, liquidar e pagar todas as despesas realizadas em 2010.
Equacionar tais problemas tem sido difícil. Anuncio à Assembleia que identificamos uma dívida de curto prazo de R$ 810.212.644,42. Deste total, R$ 511.593.896,85 referem-se às dívidas que devem ser pagas com recursos ordinários do Tesouro do Estado; R$ 193.618.747,57 referem-se às dívidas com recursos de outras fontes (convênios, operações de crédito etc), parte das quais decorre da inadimplência do Estado com relação ao aporte tempestivo da contrapartida de recursos próprios em convênios com o Governo Federal, em execução ou já executados; e, finalmente, R$ 105.000.000,00 são as contrapartidas, reajustes de contratos e acréscimo de serviços de obras contratadas pela CAERN, que o Governo do Estado se obriga a pagar a título de subscrição de aumento de capital dessa Empresa.
Para que Vossas Excelências, Senhoras Deputadas e Senhores Deputados, possam ter um parâmetro de comparação, só o montante referente à dívida com recursos ordinários do Tesouro é maior do que toda a dotação incluída no Orçamento deste ano de 2011 para as despesas de custeio das atividades de todo o Poder Executivo (Administração Direta e Indireta): aquela dívida, como disse, é de pouco mais de 511 milhões de reais, enquanto o orçado para custeio em 2011 são exatos R$ 422.934.606,06. Isso significa que, se o Governo pudesse pagar no correr de 2011 toda a dívida que herdou, não teria recursos para custear nenhuma de suas atividades este ano (combustível, energia, telefone, água, contratos de terceirização de mão de obra de limpeza, vigilância, serviços gerais, todo material de consumo etc). Teríamos, então, Polícia sem gasolina, telefones cortados, repartições públicas às escuras, o caos financeiro acrescido do caos físico, real, palpável e sentido pela população.
Não é demais registrar, igualmente, que toda esta dívida não foi incluída no Orçamento de 2011, e para pagá-la serão necessárias suplementações orçamentárias, com a consequente anulação de outras rubricas do atual Orçamento, ou seja, comprometer-se-ão tanto as receitas que ingressarem no caixa do Tesouro, quanto as dotações orçamentárias de 2011.
Então, é necessário estabelecer critérios para o pagamento dessa dívida, a começar pela análise da regularidade do processo da despesa quanto aos aspectos da legalidade e da legitimidade. A partir daí, aplicar parâmetros de interesse público, de conveniência administrativa, do porte da dívida por credor, tudo de forma transparente, com a breve promulgação de Decreto que regulamentará esses procedimentos, e obrigará a publicação de cada termo de acordo de pagamento firmado com o credor no Diário Oficial do Estado.


Com relação à questão dos investimentos, ainda durante a campanha eleitoral firmei o compromisso de racionalizar a máquina administrativa e os procedimentos do Governo, objetivando reduzir as despesas de custeio e, com isso, destinar mais recursos para o investimento produtivo. Evidentemente, em razão do quadro de desequilíbrio encontrado, esse esforço terá que ser redobrado.
Mas o Governo já se está debruçando sobre essa questão para, em primeiro lugar, mapear todas as ações de investimento que se encontram paralisadas em razão da falta de aporte de recursos, principalmente aquelas ameaçadas de perder as verbas federais por força de descumprimento de prazos de execução. Essa situação é particularmente dramática na área de investimentos em obras de saneamento básico, cujo diagnóstico inicial aponta uma generalizada estagnação decorrente da falta de recursos de contrapartida e de erros crassos de projeto.
Assim, com o mapeamento geral da situação, vamos definir critérios de urgência de alocação de recursos e um cronograma de liberação que permita a execução sustentada das obras. É o caso, que tenho por particularmente ilustrativo, das obras de esgotamento sanitário de Pirangi, Pium e Cotovelo, financiadas com recursos do PRODETUR/BID, para as quais já definimos um cronograma de liberação da contrapartida do Governo para garantir a sua execução, que se arrasta desde 2006.


Certo é que a execução orçamentária no atual Governo se fará com seriedade, responsabilidade e honestidade. Desde já, e como medida preventiva, iniciamos a execução do Orçamento com um contingenciamento de 30% nas despesas de custeio e de investimento do Poder Executivo. Esta medida preventiva se justifica porque a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) já nos informou que as transferências do Fundo de Participação dos Estados (FPE) em 2011 serão menores do que está projetado no nosso Orçamento: ao invés dos R$ 2.638.665.000,00 previstos e orçados, haverá uma redução estimada de cerca de R$ 272.000.000,00, ou seja, aproximadamente 10,3 % a menos.
Não podemos repetir 2009 e 2010, quando a estimativa de receita do FPE nos Orçamentos respectivos também foi maior do que a efetivamente transferida ao Estado pelo Governo Federal, gerando um enorme déficit financeiro. Como o Governo do Estado continuou gastando como se nada tivesse acontecido, o resultado não poderia ser diferente do que hoje estamos vivenciando: dívidas sem fim!
A diretriz do Governo, que resumidamente exponho à Assembleia, é, portanto, a racionalização dos gastos e redução das despesas de custeio. Quanto aos investimentos, o esforço será no sentido de estabelecer critérios de alocação de recursos para maximizar os resultados, ou seja, focar nos projetos cujos prazos de execução estejam sob maior risco, inclusive de perda dos recursos de outras fontes de financiamento.


Como já é do conhecimento público, fui recebida em Brasília pela Senhora Presidenta da República, Dilma Rousseff, a quem expus o esforço que estamos empreendendo para impor ordem financeira ao Rio Grande do Norte. Meu objetivo outro não foi, ao procurar Sua Excelência, senão lhe assegurar a firmeza de nossa determinação em administrar com seriedade, responsabilidade e honestidade, pedindo o apoio do Governo Federal para o êxito da missão que o povo do Rio Grande do Norte nos confiou.
Empenhando à Presidenta da República nossa própria credibilidade, recebemos garantias de que o Governo da União não estará ausente nesta árdua luta dos norte-rio-grandenses.
Expus a Sua Excelência que alguns projetos farão o diferencial Rio Grande do Norte, notadamente o Aeroporto de São Gonçalo e o aproveitamento, em grande escala, da energia eólica para geração de eletricidade.
Deparamo-nos com uma primeira dificuldade, que já expomos ao Governo Federal em busca de solução. O cronograma de implantação dos parques eólicos do Leilão de Fontes Alternativas de 2010 prevê o inicio da operação já em janeiro de 2013, mas a Estação Coletora de João Câmara II, responsável pelo recebimento e distribuição da energia gerada está em descompasso com este cronograma, posto que esta só entrará em funcionamento em setembro de 2013. Assim, os parques ficarão impossibilitados de entregar energia ao Sistema Integrado Nacional por cerca de 8 meses, o que resultaria em sérios prejuízos para os investidores e para o Rio Grande do Norte, e riscos para os empreendimentos.
Não nos podemos omitir em questões como esta. A energia eólica merecerá toda e a mais especial atenção do Governo. Investimentos de 8 bilhões de reais no setor demonstram que temos aqui no Estado o equivalente a uma Itaipu de energia eólica. Não pouparemos esforços e os recursos possíveis para ver o êxito dessa parceria que transformará o Rio Grande do Norte, inclusive com a importação dos equipamentos pelo Porto de Natal.
Quanto ao Aeroporto de São Gonçalo, cujo término a Presidenta Dilma proclamou ser uma questão de honra, o Estado não pode assistir passivamente à sua construção. E não pode precisamente porque esta passividade põe em risco também este empreendimento.
O Governo Federal já investiu no Aeroporto mais de 150 milhões de reais, mas o Estado não tomou qualquer providência de sua alçada para viabilizar finalmente a grande obra. É preciso equacionar urgentemente o problema do abastecimento de água e esgotamento sanitário, tratar do suprimento de energia elétrica e providenciar os acessos rodoviários.
A situação dos acessos é dramática. A obra foi contratada no valor de mais de 76 milhões de reais, a que se devem acrescer os custos estimados de desapropriações e reajustamento contratual, elevando para R$ 99.393.000,00 o montante que o Estado precisa alocar para esta tarefa de sua responsabilidade. Situação semelhante, a propósito, atinge todas as obras de rodovias a cargo do DER: para concluí-las, o Estado precisa disponibilizar recursos da ordem de R$ 417.562.000,00.
As desapropriações da área do próprio Aeroporto de São Gonçalo não estão plenamente resolvidas, havendo pendências judiciais há anos, o que pode comprometer o contrato de concessão a ser celebrado pela União Federal.
Além de expor à Presidenta da República tais questões, estive tratando do edital e da concessão no Tribunal de Contas da União, buscando agilizar sua anuência ao modelo de contrato, tendo obtido garantias de que a análise da Corte se fará com brevidade, desde que alguns obstáculos, dentre eles os de ordem jurídica a que me referi, sejam removidos.
Outro tema de especial relevância envolve a realização de jogos da Copa do Mundo de 2014 em Natal.
O atual governo se deparou com um quadro de risco iminente, com obrigação imediata de honrar compromissos financeiros assumidos pelo Governo anterior com projetos e consultorias da ordem de R$ 7,1 milhões. Os pagamentos devidos foram feitos, para afastar a ameaça de exclusão sumária de Natal dos jogos.
Resta agora assegurar o interesse dos investidores, sendo dever do Estado oferecer garantias financeiras firmes ao empreendimento de construção do novo estádio, e isto sem dúvida será feito.
Com referência à Copa do Mundo, o Governo do Estado agirá em parceria e cooperação com a Prefeitura de Natal, cooperação que desde logo asseguro à Prefeita Micarla de Souza. A Copa de 2014 e as obras que são correlatas ao evento são do Rio Grande do Norte porque são de Natal, e são de Natal porque têm o apoio de todo o Rio Grande do Norte.


Estes grandes projetos evidentemente não vão inibir outras ações do Governo na economia, inclusive as iniciativas voltadas para os micro e pequenos empreendedores, como o Programa Mão Amiga – crédito para aquisição de ferramentas de trabalho.


Senhor Presidente, malgrado as dificuldades, o atual Governo já inicia um esforço para recuperar a capacidade de investimento público, reduzindo, num primeiro momento, despesas de pessoal e de custeio, e pondo fim ao descontrole na execução das atividades governamentais. Para tanto, desenha-se um projeto de remodelação da estrutura organizacional do Governo e de introdução de um novo modelo de gestão pública, centrado na busca de resultados e de qualidade na prestação dos serviços públicos, aferidos através do estabelecimento de metas e indicadores de desempenho. As providências legislativas necessárias serão oportunamente propostas à Assembleia.
Na área de recursos humanos, não nos vamos afastar do compromisso de valorização do servidor público, que é parceiro de todas as ações do Governo, e a quem creditaremos todo nosso êxito. Isto, evidentemente, não impede que busquemos afastar de nossa rotina as inconsistências nas folhas de pagamento, identificando e extirpando pagamentos indevidos e acumulações ilegais.
Prosseguiremos com as obras da Escola de Governo, recompondo, para tanto, o Fundo de Desenvolvimento do Servidor Público Estadual (FUNDESP), cujos recursos foram indevidamente usados pelo Governo passado.


Especial atenção deve ser dada ao estímulo constante à produção econômica. Objetivo fundamental é dotar o Estado de infraestrutura de transportes moderna e eficiente. Estamos entre os portos de Pecém no Ceará e Suape em Pernambuco, e já que sofremos o dano do atraso em relação aos outros Estados, a nossa luta agora será dura e permanente para tornar os portos do Rio Grande do Norte competitivos, inclusive com a construção de novo porto no litoral norte.
A produção de petróleo e gás no Estado se fará sob uma nova visão com relação à Petrobras. Não vemos a Petrobras apenas como empresa que explora nossas riquezas, mas como agente de desenvolvimento, que buscaremos atrair para ser nossa parceira permanente.
Na área de mineração, já temos atraído, e os investimentos já se estão anunciando, empresas importantes no setor de cimento e cal siderúrgico, além do aproveitamento de argilas, mármores e granitos.
Mensagem especial tem o Governo para o empresariado. Não é ele concorrente nem adversário do Governo: é aliado na construção do desenvolvimento. A segurança jurídica lhe será garantida, inclusive no que se refere às questões ambientais, com os processos de licenciamento tratados na forma da lei, sem excessivos e inúteis entraves burocráticos.
Nossa política ambiental terá sempre por norte a proteção do meio ambiente e a recomposição dos danos a ele causados, e seu gerenciamento está fundado na ética administrativa, na agilidade de estudos e decisões, na igualdade no tratamento a todos, sem qualquer privilégio, sempre presente a segurança a que os investidores têm direito.
Na área de tecnologia, precisamos marcar um encontro com o futuro. Em campos específicos como o da energia eólica, com o Centro Tecnológico de Energia Eólica que já se vai tornando realidade, o Estado vai qualificar, nos próximos anos, cerca de vinte mil técnicos. Não nos omitiremos, pois a tecnologia de ponta aqui desenvolvida fará a nossa grande diferença.
Tornar realidade as ZPEs - Zonas de Processamento de Exportação – é missão que abraçaremos com obstinação. As ZPEs já anunciadas pelo Governo Federal, em Macaíba e Assu, só se tornarão concretas se o Estado adotá-las como prioridade, e para isso é preciso dividir tarefas com a Bancada Federal do Rio Grande do Norte, à qual convoco para mais esta luta.


Recordando outro compromisso de campanha, devo uma palavra acerca do programa de esgotamento sanitário do Estado. Como já me referi acima, apesar de todas as dificuldades iniciais, foi possível ao Governo alocar recursos para a retomada das obras de saneamento de Pium, Cotovelo e Pirangi, em Parnamirim, paralisadas há algum tempo. De igual forma, estamos viabilizando os recursos para as obras do saneamento da Redinha e Sanvale, em Natal, bem como para a conclusão do prolongamento da Avenida Prudente de Morais, também na Capital.
Sob a responsabilidade da CAERN, há obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água em andamento ou a iniciar com recursos já alocados no valor de R$ 759.820.822,83. São recursos federais, postos a nossa disposição, beneficiando Natal, Mossoró, e inúmeros outros Municípios do Estado, que aguardam contrapartida do Estado no valor de R$ 105.031.714,07. Desafio do Governo é economizar cada real para atender a este compromisso com a saúde de nossa gente.
No campo do abastecimento de água, a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos tem importantes obras em andamento ou projetadas, que demandam responsabilidade financeira para sua concretização. Refiro-me ao Sistema Adutor Alto Oeste, composto por duas adutoras, totalizando aproximadamente 320 km de extensão, e que abastecerá com água tratada 25 municípios, 2 distritos e 65 comunidades rurais. Igualmente relevante é o Sistema Adutor Seridó, com captação no Açude Gargalheiras, e que abastecerá com água potável os Municípios de Acari e Currais Novos, e as comunidades rurais de Gargalheiras, Bulhões, Barra Verde e Brejuí.
Também importante é o reforço do Sistema Produtivo da Adutora Monsenhor Expedito, com implantação de uma bateria de poços tubulares na margem esquerda do riacho Boa Cica, construção de adutoras de interligação e obras complementares, com o objetivo de ampliar a garantia de água ao Sistema Adutor Agreste/Trairi/Potengi. Igualmente inadiável é o Sistema Adutor Santa Cruz – Mossoró: com captação no reservatório da Barragem Santa Cruz do Apodi, o novo Sistema garantirá o abastecimento através do aumento da oferta de água para a cidade de Mossoró e secundariamente para Apodi, Dix-Sept Rosado e Felipe Guerra. Já o Sistema Adutor Parelhas - Carnaúba dos Dantas abastecerá com água tratada a sede do Município de Carnaúba dos Dantas, e as comunidades rurais de Santo Antônio da Cobra e Juazeirinho.
Alia-se a tudo isso a construção das barragens de Oiticica, em Jucurutu, Porto Carão, em Pendências, e Sussuarana, em Mossoró: a primeira está licitada e incluída no PAC, e as demais, destinadas a combater a penetração do fluxo salino no Rio Açu e no Rio do Carmo, têm projetos desenvolvidos na SEMARH.



Atenção prioritária dá o Governo às ações na área de agricultura, pecuária e pesca.
Já é possível anunciar nossos principais projetos no setor para os próximos quatro anos, especialmente pela identificação de fontes de financiamento disponíveis. Assim, estamo-nos preparando para disponibilizar dois milhões de mudas de cajueiro anão, e recuperar doze mil hectares de pomares de cajueiros em decadência, enquanto pretendemos revitalizar mil hectares de sisal, com aproveitamento integral dos componentes de suas folhas, com inicio de formação de um parque artesanal. Na mesma linha, buscaremos incrementar a cultura do coco, e apoiar a fruticultura irrigada, estimulando a diversificação de produtos e a exportação de frutas frescas.
Tarefa urgente é a de recuperar a posição do Rio Grande do Norte como maior produtor de camarão, hoje lamentavelmente perdida, com a meta de ultrapassar as 40 mil toneladas/ano. Para tanto, urge implantar as estações de alevinagem de Itajá e Apodi, dotando-as de condições para produção de 25 milhões de alevinos/ano cada.
Com a melhoria do rebanho caprinovino e o aumento do rebanho efetivo, pretendemos superar a marca de um milhão de cabeças. Todo esforço será empreendido para o melhoramento genético do rebanho bovino do Estado, com intensas campanhas voltadas para sua sanidade e melhoria das condições alimentares.
A conclusão do Terminal Pesqueiro Público – TPP de Natal brevemente será realidade, mas precisamos urgentemente de recursos para construir o viaduto de acesso, ligando-o à Via de Contorno. Nosso Governo já trata dessa questão com o Governo Federal.
Nesses primeiros 45 dias de Governo, garantimos o pagamento do débito para com o Programa Garantia Safra, não quitado pelo Governo passado, assegurando o benefício a mais de 25 mil produtores do RN. Isto está ensejando um aporte de recursos financeiros em circulação no Rio Grande do Norte da ordem de 15 milhões de reais, e, para o ano de 2011, o benefício será estendido a mais de 35 mil produtores rurais.
Já lançamos o Programa Banco de Sementes, atingindo 132 municípios, beneficiando 31 mil produtores, os quais receberão cerca de 400 toneladas de sementes a um custo aproximado de 3,5 milhões de reais para os cofres do Estado. Igualmente, lançamos o Programa Terra Pronta, em parceria com a Petrobrás e Prefeituras, a ser implantado em dezessete Municípios do Estado.
Finalmente, já assinamos um Termo de Cooperação com importante instituição japonesa, visando à capacitação técnica de mão de obra voltada para a pesca do atum em alto mar.
Na área rural, ainda devo referir algumas ações relevantes a cargo da Secretaria de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária.
No que diz respeito à regularização fundiária, precisamos empreender difícil e penosa revisão do quanto foi feito até agora, em virtude da má qualidade dos cadastros e levantamentos de campo que foram executados. Além disso, estaremos dando início, já agora dia 17 de fevereiro, aos trabalhos de cadastramento e georeferenciamento dos Municípios de Santana do Matos e São José de Campestre. Esse trabalho vai gerar para o Estado, o Governo Federal e os Municípios um produto final com planta georeferenciada de todas as glebas rurais, instrumento importante de planejamento do desenvolvimento local e regional.
Contamos com a parceria firme e importantíssima do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Um convênio de R$ 1.501.920,00 com contrapartida do estado de R$ 170.820,00 foi aditado. Este convênio estava ameaçado pela falta de pagamento da primeira parcela dessa contrapartida do Estado, da ordem de R$ 72.000,00 desde dezembro de 2009. Pagamos a primeira e a segunda parcelas dessa contrapartida, e ainda este mês de fevereiro estaremos entregando às nossas equipes técnicas veículos novos para os trabalhos de campo, GPS e computadores.
Somente nesses primeiros 45 dias, já foram autorizadas 7 operações de crédito fundiário para aquisição de terras, num volume de recursos da ordem de R$ 1.092.917,52. Foram beneficiadas diretamente 34 famílias. Até dezembro de 2011, a nossa meta é atender 1.200 famílias em 200 projetos de assentamentos, espalhados em cerca de 80 municípios do Rio Grande do Norte: serão investidos recursos da ordem de 27 milhões de reais em aquisição de terras e obras de infraestrutura.


Com foco no desenvolvimento social, podemos pôr em destaque a preparação de dez mil jovens para o mercado de trabalho, através do Programa Projovem Trabalhador, com investimentos federais e estaduais da ordem de 17 milhões de reais. Outros 19 milhões de reais serão investidos no Projovem Urbano, contribuindo para a conclusão do ensino fundamental e qualificação profissional de seis mil jovens em dezesseis Municípios do Estado.
O Governo do Estado participará efetivamente da qualificação de mão de obra para a Copa de 2014, com recursos do PLANSEG/COPA, com dezoito diferentes modalidades de cursos e público alvo de dez mil e quatrocentas pessoas.
A Secretaria do Trabalho e Ação Social desenvolve projeto para aprimoramento da gestão do Programa Bolsa Família, em articulação com outros órgãos públicos, para melhorar o processo de acompanhamento das famílias, dentro dos critérios inspiradores do Programa. Já quanto ao Programa do Leite, buscaremos sua estabilidade, inclusive financeira, mantendo a oferta de 155 mil litros diários de leite à população carente.
Na área de habitação, nossa prioridade será o Programa Minha Casa, Minha Vida, com a construção de 1.140 unidades em 36 Municípios do Estado. Já através do Programa ProMoradia será possível a construção de 2.200 unidades habitacionais, 1.900 unidades sanitárias, e 3.290 regularizações fundiárias em 130 Municípios. Estamos prevendo 2.000 melhorias habitacionais em todo o Estado através do Cheque Reforma, e a implantação de 5.590 unidades no âmbito do Programa Subsídios Habitacionais, totalizando recursos da ordem de R$ 127.500.000,00.


Na área de turismo, nada obstante as dificuldades financeiras, foi possível, já em janeiro, a participação do Estado nas Feiras internacionais de Oslo, na Noruega, e Madri, na Espanha. São eventos importantes para a divulgação externa de nossas potencialidades turísticas, e a participação do Estado se deu sem ônus para os cofres públicos, graças à confiança do empresariado do setor. Ainda nesses primeiros 45 dias, retomamos as tratativas com o BID em torno de contrato de empréstimo de 75 milhões de dólares para o PRODETUR, para financiamento de importantes obras, inclusive de esgotamento sanitário em vários Municípios do Estado.
Já estão com procedimento licitatório aberto os projetos de capacitação profissional voltada para o turismo em Arez, Baía Formosa, Canguaretama, Rio do Fogo e São Miguel do Gostoso; ampliação do Centro de Turismo de Natal; projetos executivos de reurbanização da Avenida Baía dos Golfinhos, em Pipa, onde pretendemos erguer um Centro de Convenções adequado às características locais, bem como o projeto do Parque do Cajueiro, em Pirangi.


Todo cuidado temos dedicado à educação no Rio Grande do Norte.
Precisamos efetivar concurso público para 3.664 professores, o que será concretizado tão logo tenha o Estado possibilidade financeira e legal para as nomeações. Enquanto isso, buscaremos implementar medidas que possibilitem o cumprimento de direitos e deveres dos profissionais da educação, como pagamentos em débito desde o ano passado (hora suplementar e professor temporário), aposentadorias represadas, promoção vertical e horizontal, licença prêmio, que serão escalonadas seguindo critérios a serem agendados e definidos objetivamente.
Estamos buscando o apoio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN - para colocar a Secretaria de Educação do Estado na Rede de Educação Tecnológica, considerando o princípio de integração entre a Educação Básica e Superior. O ponto de partida será a qualificação dos professores e técnicos da Secretaria em relação à Educação Profissional (meta do Programa Brasil Profissionalizado). Concretamente, já há o compromisso do IFRN em disponibilizar professores do seu quadro para iniciar a estrutura da Rede que se envolverá com a Educação Técnica de Nível Médio.
Já a Universidade Federal do Rio Grande do Norte nos apoiará tanto na formação de professores, como na estruturação de cursos em áreas de elevada competência e excelência da Universidade, como informática, tecnologia da informação, licenciaturas em geral. A Universidade Estadual também estará inserida neste processo de aprimoramento da educação pública do Rio Grande do Norte.
Uma primeira e básica preocupação neste momento é o acompanhamento sistemático da Secretaria de Educação no inicio do ano letivo, com vistas a minimizar as ausências de professores e passar orientações pedagógicas às escolas. Um Plano de Ações foi traçado para esse fim e estará em vigor nas primeiras semanas do ano letivo. A exigência é a de garantir a presença do aluno na escola e apoiado em atividades curriculares, tais como oficinas de leitura e de produção de textos, atividades nos laboratórios de informática, orientações sobre o uso e a conservação do livro didático, visitas orientadas às bibliotecas, programa de qualidade de vida e educação física, debates sobre temas contemporâneos como educação para a paz, educação e teatro, educação e lazer, e apresentação de cartilhas de prevenção do uso de entorpecentes.
Estamos anunciando o repasse de recursos financeiros para as escolas, por meio do Programa Autogerenciamento das Escolas – PAGUE, no valor de R$ 1. 596.231,76; repasse para as Diretorias de Educação – DIREDs, no valor de R$ 1.238.000,00; e para o Programa Estadual de Transporte Escolar, em regime de colaboração com as Prefeituras, no valor de R$ R$ 24.799.396,00, beneficiando 62.194 alunos do ensino médio e fundamental.
Como indispensável ferramenta de trabalhado, iniciamos a reestruturação pedagógica e técnico-administrativa da Secretaria de Educação, para torná-la mais ágil, eficiente e preparada para dar o suporte necessário ao Projeto de Educação do Estado, que estamos construindo.


Já no campo da cultura, vamos convocar e apoiar a Conferência Estadual de Cultura, em fina sintonia com as diretrizes do Ministério da Cultura, articulando as esferas federal, estadual e municipais, com a conceituação e definição de um novo marco institucional e legal para a área.
Estamos concluindo o projeto de criação da Escola Potiguar das Artes (Liceu de Artes e Ofícios), concedendo tratamento formal, com aprovação do Conselho Estadual de Educação, e respeitadas as normas emanadas do Ministério da Educação, para os cursos que já funcionam na Fundação José Augusto:
• Instituto de Musica Waldemar de Almeida,
• Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão,
• Centro Experimental de Teatro,
• Ateliê de Artes Plásticas, e
• Reinstalando a antiga Escola Candido Portinari, iniciando nas linguagens artísticas crianças de 5 a 12 anos.
Novos cursos técnicos também estão sendo propostos:
• Desenho, sobretudo voltado para o artesanato, que precisa reencontrar seu caminho enquanto arte e economia, e
• Arte Tecnológica, que nos ajudará a ver, produzir e utilizar a arte que usa as tecnologias. Estamos falando de multimídias, interatividade, arte digital e eletrônica.
Devolveremos à Gráfica Manimbu a condição de editora. Em principio, 40 títulos, dos quais 10 cordéis, já estão escolhidos para integrar a Coleção Cultura Potiguar em 2011.
Este ano de 2011 marcará o retorno da Orquestra Sinfônica do Estado, cujas atividades estão suspensas há mais de um ano, e do Coral Canto do Povo, orgulho norte-rio-grandense.
Quanto às Casas de Cultura no interior, estabeleceremos treinamentos, indicadores, agendas e avaliações, que possam medir a eficiência e o trabalho de mobilização nos 29 municípios contemplados com tais equipamentos.
Registro, enfim, que dos 8 milhões de dividas que a Fundação Jose Augusto tem a saldar, R$. 2.314.000.000,00 são débitos com artistas, produtores, grupos de teatros, grupos de cultura popular, oficineiros, brincantes, repentistas, cantores, músicos, prêmios do patrimônio vivo, pontos de cultura e Projeto Seis e Meia. O Governo assegura aos 152 credores que honrar estes compromissos será também sua prioridade.